Luís de Camões

Luís de Camões

Poeta português
76 - 100 do total de 92 pensamentos de Luís de Camões

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

Luís de Camões

1 As armas e os Barões assinalados
Que da Ocidental praia Lusitana,
Por mares nunca de antes navegados
Passaram ainda além da Taprobana,
Em perigos e guerras esforçados,
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo reino, que tanto sublimaram;

2 E também as memórias gloriosas
Daqueles Reis que foram dilatando
A Fé, o Império, e as terras viciosas
De África e de Ásia andaram devastando,
E aqueles que por obras valerosas
Se vão da lei da morte libertando:
Cantando espalharei por toda a parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.

(Os Lusíadas canto primeiro - 1 e 2)

Luís de Camões

E aqueles que por obras valerosas
Se vão da lei da morte libertando:
Cantando espalharei por toda a parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.

Luís de Camões

154 Mas eu que falo, humilde, baixo e rudo,
De vós não conhecido nem sonhado?
Da boca dos pequenos sei, contudo,
Que o louvor sai às vezes acabado.
Nem me falta na vida honesto estudo,
Com longa experiência misturado,
Nem engenho, que aqui vereis presente,
Cousas que juntas se acham raramente.

(Os Lusíadas)

Luís de Camões
Inserida por Lenisil

3 Cessem do sábio Grego e do Troiano
As navegações grandes que fizeram;
Cale-se de Alexandre e de Trajano
A fama das vitórias que tiveram;
Que eu canto o peito ilustre Lusitano,
A quem Neptuno e Marte obedeceram.
Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
Que outro valor mais alto se alevanta.

(Canto primeiro de "Os Lusíadas")

Luís de Camões
Inserida por Lenisil

Amor...
É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Luís de Camões

Feliz daquele que no livro da alma não tem páginas escritas.

Luís de Camões
Inserida por inoue

Muda-se o ser, muda-se a confiança.

Luís de Camões

Eu sou um velho moço

Luís de Camões

É fraqueza entre ovelhas ser leão.

Luís de Camões
Inserida por pensador

Nos perigos grandes, o temor
É maior muitas vezes que o perigo.

Luís de Camões

Basta um frade ruim para dar que falar a um convento.

Luís de Camões

Ó glória de mandar! Ó vã cobiça
Desta vaidade a que chamamos fama!

Luís de Camões
Inserida por pensador

Da tensão danada nasce o medo.

Luís de Camões
Inserida por pensador

Vossos olhos, Senhora, que competem
Com o Sol em beleza e claridade,
Enchem os meus de tal suavidade,
Que em lágrimas de vê-los se derretem.

Meus sentidos prostrados se submetem
Assim cegos a tanta majestade;
E da triste prisão, da escuridade,
Cheios de medo, por fugir remetem.

Porém se então me vedes por acerto,
Esse áspero desprezo com que olhais
Me torna a animar a alma enfraquecida.

Oh gentil cura! Oh estranho desconcerto!
Que dareis c' um favor que vós não dais,
Quando com um desprezo me dais vida?

Luís de Camões
Inserida por pensador

Mas todas suas iras são de amor;
todos estes seus males são um bem,
que eu por todo outro bem não trocaria.

Luís de Camões
Inserida por luanamabs

... Mas o que é Deus, ninguém o entende, que a tanto o engenho humano não se estende”.

Luís de Camões
Inserida por PensandoComOCoracao