Kamylla Cavalcanti

51 - 75 do total de 155 pensamentos de Kamylla Cavalcanti

"[...]Descobri da forma mais dolorida que amor não se cobra...cobrá-lo seria transformá-lo em um sentimento forçado negando assim sua essência que vem da naturalidade e espontaneidade, pois quando se ama é atordoador e impossível não deixá-lo jorrar."

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“Na verdade eu não te conheci...eu te reconheci em todos os meus sonhos de menina mimada e mulher resolvida...”

Kamylla Cavalcanti
21 compartilhamentos

“A única maneira de te esquecer é me amando...pq se decidir me amar de maneira nenhuma aceitarei as migalhas que queres me dar...”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

"Amo escrever...
Nasci pra isso...
E agora consigo soltar tudo pra fora...
Quem quizer compartilhar do que sente comigo visita meu blog...me siga que te seguirei...
http://cronicasdeanjos.blogspot.com/

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

É só me beijar...cala a boca e me beija...é só me amar...pára de me olhar com esse olhar que transborda desejo...é só me amar...é só tirar minha roupa com a boca é só mentir que me ama...é só cantar com tua voz rouca em meus ouvidos...não precisa promessas, planos, declarações melosas tipo: sempre sonhei em te encontrar...apenas faça amor comigo...das maneiras mais nossas...com suor, com gemidos, sem fórmulas,sem regras,sem histórias de passados distantes...é só cumprir a única promessa que me importa a de um dia sermos únicos um para o outro...com quem você vai passar o resto da vida não me importa, hoje quero você pra mim, hoje você é minha eternidade...hoje você é meu pra sempre...hoje nesse quarto escuro só existe você no meu mundo e eu no seu...não me conte suas histórias, hoje nossas vidas começam e terminam...não pense em meu sofrimento apenas me sinta, apenas encoste tua cabeça em meus seios...apenas deslize tuas mãos em minhas costas...apenas morda meus lábios e sorrindo o assopre...Nascemos amantes...morreremos amantes...nascemos sonhadores...morreremos sonhadores...nascemos fadados a uma noite...morreremos sentindo essa noite.

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23
1 compartilhamento

Preciso de vocÊ agora...ao alcance dos meus olhos, embora que longe do coração...preciso de suas histórias de mentiras sinceras...preciso de seu sorriso consolador e de suas maneiras infantis de me dizer que há graça em sofrer...preciso de vocÊ...preciso de seus olhos transparentes de alma...preciso de sua solidão irremediável...preciso de seu abraço longo e acolhedor...preciso tanto de vocÊ...preciso tanto dos teus trejeitos,das tuas canções e do teu perfume inundando meu quarto...preciso te ouvir nem que seja pra dizer o quanto o trabalho tem te enfadado nem que seja pra dizer que não tem durmido bem e o quanto está cansado...preciso de vocÊ...preciso de vocÊ por que simplesmente sinto fala de MIM.

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

[...] Estavas fadado a ir embora e eu inútil, desarmada,confusa nada podia fazer...do que adiantaria te dizer tudo que guardo...qual destes seria o maior alívio saber que partiste sem saber ou que partiste mesmo sabendo...não sei e talvez nunca saberei, o tempo não é algo que se possa voltar atrás...as palavras mesmo que ditas em minha mente não saíram naquela hora...ficaram presas em mim e se hoje elas gritam você já não está aqui para ouvi-las...Me dizias o quanto era bom me ouvir...o quanto te sentias bem perto de mim...mas não sabes o QUANTO tua simples respiração me devolvia a paz que nunca senti, mas era minha em algum lugar no tempo essa paz era só minha...”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“Hoje só quero encostar a cabeça nos teus ombros doloridos e descansar minha alma cansada,me leva ao mar e então perguntarei com lágrimas a ele o porque de tanto medo, não quero dizer nada não há nada a ser dito só sentido, quero sentir o vento me enxugar os olhos, quero sentir as ondas me limpar a alma, quero sentir tuas mãos nas minhas comunicando entre elas que tudo está bem, que tudo um dia ficará bem...de olhos pesados de tantas dores quero ver minhas feridas abertas e entender que elas talvez nunca sararão, porque tudo ta mais latente, tudo em passado, presente já me leva a seguir por entre pedras que me ferem os pés...quero sangrar, sangrar até precisar de transfusão, transfusão de amor, transfusão de olhares compreensivos e compassivos, transfusão de sentimentos que me convençam que ainda há o que esperar dessa vida tão imensamente carrasca e descabida que me leva a me perder todos os dias...”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

Já havia acendido o terceiro cigarro quando desistiu não queria ficar com àquele cheiro impregnado quando ele chegasse, ele sabia bem que só fumava quando estava depressiva e com crises de solidão irremediáveis, ele sabia tão bem... Tentou colocar uma roupa mais frouxa não queria que ele percebesse que havia emagrecido tanto depois de sua partida, não queria que ele a visse infeliz, queria prová-lo a todo custo que sua falta não a afetou...no dia do encontro pintou e cortou o cabelo como há meses não fazia, desenterrou todas as maquiagens do fundo da gaveta e saiu pra comprar roupas novas... Ainda não havia rasgado as cartas e a fotografia do primeiro encontro ainda estava no porta retrato ao lado da cama, mas disso ele não precisava saber, aliás ele nunca iria saber...
Sentada à espera daquele encontro, o último como já haviam prometido, lembrou-se do início de tudo, de como leu sua história nos seus olhos na primeira vez que o viu, de como voltou para o hotel extasiada, a partir dali tudo foi de uma intensidade nunca antes desvendada, ela era inteira paixão... Aonde foi parar tudo àquilo? E toda aquela sensação de ter completado seu ciclo na terra por ter encontrado tudo que sempre sonhou? Olhava fixamente as pessoas que passavam e se via um pouco em cada uma delas: no casal de adolescentes discutindo que filme iam ver, no outro casal desfrutando o sonho da maternidade e por fim na senhora sozinha a sua frente com jóias desfocadas e envelhecidas, com um olhar de quem se perdeu e nunca mais se encontrou...
Não podia tirar do foco cada palavra que precisava dizer, iria dizer que estava bem que tudo não havia passado de fantasias e que hoje conseguia enxergar tudo melhor, não era pra ser e por isso teve que se render a ordem do destino, hoje ele tinha uma vida... hoje ele tinha construído pra si tudo que sua dor não a deixou construir, hoje ele já estava longe, longe demais pra se sonhar com ele outra vez...
Quando o viu ele estava diferente, seu olhar carregava um cansaço... um cansaço particular de quem sonhou demais, ainda estava bonito como da última vez mas seu sorriso não era o mesmo...talvez porque o sorriso de antes era o sorriso de uma esperança que já não o habitava. E quando se aproximou àquele olhar de antes veio com ele, o mesmo que sem precisar mover o lábio sorria, o mesmo que trazia uma paz tão esquecida... e todas as coisas a se dizer se foram...se foram pra um dia quem sabe voltarem em uma outra estação onde todos esses sonhos a acordem numa noite qualquer.

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23
1 compartilhamento

Amores Impossíveis

Você ama alguém inteiro? Você deseja alguém possível? Então, parabéns você faz parte de uma minoria, a maioria deseja pessoas impossíveis, sei que essa palavra é forte e soa até pessimista mas é verdade. Amar alguém possível não é amar alguém solteiro, carente, amigo, que goste das mesmas coisas que você ou que já tiveram algo no passado que ficou em aberto, amar alguém possível é amar alguém que esteja com o coração aberto mesmo se essa pessoa esteja comprometida, se estivermos sensíveis saberemos que alguma coisa nela está dando sinal de que a tecla play está ligada.
Mas a pior dor do amor está reservada a quem ama os impossíveis, mesmo que você ame alguém que nunca vai sentir nem metade por você quando ela é possível tudo fica em aberto, e a esperança faz agente se arriscar mais, e aí tudo é possível... mas e quando se ama alguém que é feliz? E quando se ama alguém que tem um amor que lhe completa? Que já não lhe falta mais nada? Que você não pode nem dizer que ela não o merece porque sim! Ela o merece! Eles nasceram um para o outro, são felizes e se amam!
Ele casou, ele vai ser pai, ele viajou pra fazer uma segunda lua de mel, o filho deles é lindo e tem o sorriso dela, você vê suas fotos nos perfis da Internet e percebe que não lhe falta nada, e você chora, sente vergonha de si mesma por desejar o fim de um amor tão bonito...
É um amor coberto de vergonha, não se pode declarar, é segredo de túmulo...nesse caso o amor é pecado... o amor é feio pra não dizer errado, a sociedade condena e você nem ousa dividir isso com ninguém, é um assunto delicado demais.
O que resta a quem ama alguém assim? Apenas desistir, a luta é em vão, você nunca fará parte do casal principal da história no mínimo será o antagonista se assim desejar, e tem dor maior que essa? Que mesmo vocês sendo melhores amigos, confidentes, ouvintes das mesmas músicas e com um monte de amigos em comum é pra ela que ele vive por inteiro, é pra ela que ele dedica os melhores dias e noites, é com ela que ele vai embora quando a pista de dança esvazia. A única alternativa é se esconder, é se afastar e o mais difícil se conformar, numa sociedade repleta de contos de fadas irrealizáveis, de comédias românticas cheias de histórias impossíveis e com uma porcentagem de acontecerem de 0,00001%, o conformismo é quase impossível... o que agente quer é lutar, é mostrar a ele que se pode ser mais feliz, que você é bem melhor e mais linda que ela... mas isso é um verdade unilateral, só sua!É duro admitir mas pode ser mera ilusão da nossa cabeça romancista, idealista, ‘sonhista’, você pode ser mais inteligente que ela, mas ela domina futebol e ele adora conversar sobre isso, você pode ser mais bonita que ela mas ela tem um jeito torto de sorrir que ele acha charmosíssimo, você pode ser até mais gostosa que ela, mas é com ela que ele se completa.
Não adianta receitas, questionamentos, guerras... é tudo inútil, é tudo vazio. É para a esquina que se deve ir, a esquina da espera, a espera que esse amor passe, morra, dissolva, por enquanto chorar pode ser um bom remédio, chorar de ciúme, de vergonha, de amor, mas chorar até esse amor decidir parar de pulsar.

Kamylla Cavalcanti
11 compartilhamentos

Hoje choro por ter dividido momentos únicos com quem não merecia e embora esses momentos fossem só meus, todas as vezes que deles lembrar você vai estar lá rasgando o que ainda sobrou do meu sonho antigo. É tão triste quando tudo termina e não há nada de bom pra se lembrar, as feridas apagaram as risadas...e só sobrou dor, arrependimento e uma vontade louca que o tempo faça o papel de borracha e apague tudo... Não consigo guardar rancor seu, não consigo sentir raiva e alguns amigos me acham boba demais, outros boa demais, outros (o que mais me conhecem) intensa demais, mas a verdade é que ainda espero que você me surpreenda numa noite fria em que eu esteja presa nas minhas lembranças, tentando dormir e sob o efeito do mais novo anti-depressivo lançado no mercado, você me ligaria sem identificação como sempre, eu respiraria fundo e atenderia sem nem suspeitar que fosse você, você diria que está na frente da minha casa e que precisamos conversar, eu relutaria, to acabada e não queria que me visse assim...mas cederia, você me olharia com seus olhos de cansaço por tudo que ainda nem viveu e me pediria desculpas... me convenceria que nunca teve a intenção de me ferir, limparia meus olhos, acariciaria minhas orelhas e pediria para eu sonhar com você mais uma vez.

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23
1 compartilhamento

No início agente se encanta por um sorriso torto mas fofo, um jeito de olhar que esconde uma malícia coberta de inocência, uma maneira de andar atrapalhada e por vezes charmosa... no primeiro contato agente se envolve com as maneiras de falar, com o cuidado em não nos deixar sozinha no meio de uma festa, com a forma preocupada de nos olhar quando dizemos que toda aquela gente está nos sufocando, com o modo carinhoso de ouvir nossas estórias sem nenhuma interrupção... Nosso primeiro pensamento quando chegamos em casa é o quanto ele é bonito e suas mãos pareciam firmes e frias mesmo num ambiente deveras quente, o quanto ele sabia o que dizer mesmo quando agente não falava coisa com coisa, o quanto ele era doce e selvagem ao mesmo tempo...
Mas nada disso nos revela se é amor, o amor se revela quando ele não liga e você passa a noite esperando em vão mas ainda assim ele continua pulsando em você, o amor se revela quando ele se mostra rude, quando o trabalho toma lugar dos passeios de domingo, quando ele já não pergunta sobre você com o mesmo entusiasmo mas ainda assim ele continua encantador, o amor se revela quando ele já não é tão bonito quanto antes, nem tão corajoso, nem tão meigo e ainda assim tudo que ele faz lhe encanta, o amor se revela quando ele já não está tão bem nos negócios, quando ele já não se faz presente e quando esquece o aniversário de namoro mas mesmo assim o modo como você o vê não muda, o amor se revela quando no final do expediente de trabalho no dia em que aquela promoção chega o happy hour não faz mais tanto sentido tudo que você quer é estar nos braços dele, o amor se revela quando tudo na sua vida se encaminha, você está no emprego dos sonhos, seu cabelo não está precisando de nenhum retoque especial, você e sua mãe finalmente andam se entendendo e você está querendo explodir de alegria mas tem que se conter porque ele está passando por problemas no trabalho e brigou com o pai.
O amor se revela quando a crise chega, quando a dor não permite mais passeios, nem viagens, quando o dinheiro se torna escasso e quando a morte leva as esperanças pra debaixo do tapete mas ainda assim você não se ver com ninguém mais além dele. O amor se revela quando agente não encontra justificativas plausíveis para ele existir, ele simplesmente existe!

Kamylla Cavalcanti
2 compartilhamentos

Foi apenas um dia ruim, e dias assim querido você vai ter aos montes, chore tudo que tiver que chorar mas não se perca da certeza de que foi apenas um dia ruim, amanhã mesmo que nada tiver se resolvido terás a convicção que estarás mais perto do fim, pois nada é pra sempre baby, a justiça divina está aí: em não prolongar sofrimentos nem felicidades, ambos precisam de prazo de validade para podermos tirar algo de digno no final, e essa dor que hoje escurece teus dias num amanhã próximo será faísca, poeira, sobra....

Foi apenas um dia ruim e pode durar bem mais se continuares nessa desenfreada mania de trazer todas as dores à tona quando algo sai do teu controle, tudo requer tempo, este tempo que agora te machuca será o mesmo que te trará risos, canções e poemas, é só esperar esse dia passar, pois sim ele passa...

Foi apenas uma pessoa ruim, não foi a primeira nem será a última a te deixar assim, mas foi apenas uma, os sorrisos que conquistaste outrora na sinceridade dos bons ainda são teus, essas lágrimas e esse punhal cravado nas tuas costas foi fruto de apenas uma pessoa, uma pessoa que não merece ser motivo dessa tua solidão irremediável, uma pessoa que daqui a algum tempo será apenas fruto de um pesadelo de uma única noite, acredite quem você amou não existe, quando agente passa a pensar assim, agente acorda, desperta, reluz porque descobrimos que foi apenas uma pessoa ruim e essas pessoas sempre virão e irão embora tentemos nos esconder a todo custo delas.

Foi apenas uma pessoa ruim e há tanto o que ver, há tanto o que sentir e o tempo é curto, essa única pessoa ruim não pode te roubar inúmeros dias bons, essa única pessoa ruim não pode te fazer esquecer das inúmeras boas, essa única pessoa ruim não pode te levar o turbilhão de doces e leves emoções boas que ainda estão por vir.

Foi apenas um dia ruim que assim como os bons vão embora...foi apenas uma pessoa ruim que assim como as boas um dia vão embora...mas se pensarmos bem podemos ocupar o vazio dos nosso dias com lembranças de dias bons, se insistirmos bem podemos preencher a solidão da nossa vida com as lembranças das pessoas boas e assim perceberemos que o que realmente importa o tempo não leva embora.

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23
1 compartilhamento

E eu fico assim olhando seu carro virar a esquina levando dentro dele meus sonhos deletados da memória, minhas esperanças de formar uma família embaçada naquele vidro junto com nosso suor, suor de quem ama demais, suporta demais, deseja demais... ama tanto que esse amor já não cabe entre nós, na vida que você escolheu ele é um intruso, na vida que queria ele é utopia...
Você vem e vai embora e não diz quando vai me devolver de mim, você me leva invisível naquele banco, leva meus risos tão raros, leva minha mania de inventar histórias pra te fazer gargalhar, leva minha vontade de viver numa casinha simples, com um emprego simples, sem muito luxo...só com você.
Não te conto mas meus olhos dizem que ando dormindo muito, vivendo pouco e trocando companhias por livros e músicas acompanhados de choros constantes... Você me lê, eu sinto isso e deixo tua presença calar meu choro... Deixo tua presença inundar minhas lembranças pra sozinha recordar e esquecer que o último encontro um dia pode virá despedida...
Um dia quando de você só restar lembrança ainda assim vai doer, vai doer porque amores bonitos e impossíveis tem que doer... eles sangram, sangram e estancam para novamente voltar a sangrar... E o meu amor hoje tão bem guardado vai esborrar no teu aniversário não comemorado, no reveillon sem teu abraço, no natal sem nossa ceia tão esperada... Você será pra sempre meu desejo de eternidade

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23
1 compartilhamento

“[...]Talvez beber demais, fumar demais, fugir demais nortei as preliminares de uma decisão ainda por tomar, mas no decorrer tudo se mostra como bobagem, porque de alguma forma a sobriedade está na alma e a alma nunca dorme.”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“Foi apenas uma pessoa ruim e há tanto o que ver, há tanto o que sentir e o tempo é curto, essa única pessoa ruim não pode te roubar inúmeros dias bons, essa única pessoa ruim não pode te fazer esquecer das inúmeras boas, essa única pessoa ruim não pode te levar o turbilhão de doces e leves emoções boas que ainda estão por vir.”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“Nada é pra sempre baby, a justiça divina está aí: em não prolongar sofrimentos nem felicidades, ambos precisam de prazo de validade para podermos tirar algo de digno no final, e essa dor que hoje escurece teus dias num amanhã próximo será faísca, poeira, sobra...”

Kamylla Cavalcanti

“Dor na alma não é dor de cabeça, que incomoda mas com um bom analgésico vai embora, dor na alma não é como cólica, dor de dente, dor de coluna ambas tem solução com remédios, fisioterapias, tratamentos e mesmo que os tratamentos sejam longos sabemos no fundo que um dia essas dores vão findar. Dor na alma é de imediato incurável, não há remédio, tratamento, terapia... é tudo meras alternativas, solução mesmo não há.”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“Há dores de um dia, de um mês, de uma estação e há dores de uma vida, dores que não passam, dores vindas de uma perca irreparável, de uma mágoa incurável, de um muro intransponível. Mas aonde está a beleza da vida quando essas dores não nos permitem olhar adiante? A beleza da vida está no poder de superação que cada um carrega dentro de si, a beleza da vida está na nossa insistência, na perseverança em caminhar adiante quando há um passado que tem forças o suficiente para nos deter.”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“No fundo queremos sempre atenção, se eu cortar os pulsos minha mãe vai reparar que não como bem há semanas? se eu dormir o dia todo meu pai vai perceber o quanto preciso de um colo? Se eu faltar o trabalho, fazer terapia, greve de fome ele vai se apaixonar por mim novamente?Não sei, não dá pra saber...”

Kamylla Cavalcanti

“[...]quando nossa alma ta doente pouco importa se alguém vai ligar ou não, agente segue por um caminho em que a solidão já não dói tanto pra dizer a verdade nem a dor dói tanto porque ela vira um terceiro braço e agente se acostuma. Já não há ligações para esperar, nem pedidos de perdões para aliviar, é a sequidão do não-querer sentir mais nada.”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“Agente ouve que ioga, psicanálise, um novo amor, um porre, uma crise de choro, uma viagem, uma conversa franca com o criador e com o melhor amigo alivia, mas pra quê aliviar, deixa sangrar, deixa o suor do cansaço de ter errado mais uma vez, de ter amado mais uma vez quem não merecia, de ter esperado mais uma vez retribuição do muito que se deu, descer pela testa e parar no coração surrado, manchado, dolorido...”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“O amor se revela quando a crise chega, quando a dor não permite mais passeios, nem viagens, quando o dinheiro se torna escasso e quando a morte leva as esperanças pra debaixo do tapete mas ainda assim você não se ver com ninguém mais além dele. O amor se revela quando agente não encontra justificativas plausíveis para ele existir, ele simplesmente existe!”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“E quando se ama alguém que tem um amor que lhe completa? Que já não lhe falta mais nada? Que você não pode nem dizer que ela não o merece porque sim! Ela o merece! Eles nasceram um para o outro, são felizes e se amam!
Ele casou, ele vai ser pai, ele viajou pra fazer uma segunda lua de mel, o filho deles é lindo e tem o sorriso dela, você vê suas fotos nos perfis da Internet e percebe que não lhe falta nada, e você chora, sente vergonha de si mesma por desejar o fim de um amor tão bonito...”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23

“[...]E tem dor maior que essa? Que mesmo vocês sendo melhores amigos, confidentes, ouvintes das mesmas músicas e com um monte de amigos em comum é pra ela que ele vive por inteiro, é pra ela que ele dedica os melhores dias e noites, é com ela que ele vai embora quando a pista de dança esvazia.”

Kamylla Cavalcanti
Inserida por kamylla23