Jéssica T.

1 - 25 do total de 128 pensamentos de Jéssica T.

Talvez eu esteja ficando louca, talvez a roupa do corpo seja pouco para esconder a dor, as marcas que o tempo deixou. Rompantes de insanidade passando como tempestade, faz tanto barulho mas não traz a verdadeira realidade. As luzes dos raios, os raios do sol não fazem mais que cegar quem já quase nada consegue enxergar. De abrupto a noite vem tornar mais insuportável o estado em que se encontra, e se vê cada vez mais perdida, cada vez mais tonta com o mundo a girar e nada do que sofre passar.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Eu sou assim, mesmo vendo o fim ainda insisto e acredito em possíveis recomeços.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

E quando tudo o que a gente é não basta?
E se o melhor que eu tenho para dar não for o suficiente?
Como sobreviver sabendo que você não basta pra uma pessoa que completa seu mundo só com um sorriso?
Eu tentei ser melhor por você. Consegui por um tempo ser exemplar, mas depois entrei em decadência total, aquela não era eu.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Não deixei de ter certeza de que você me amou,
mas tenho certeza agora, de que não me ama mais.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Tem coisas que não se implora e o amor é a principal delas. Se ele não me ama, não posso fazer nada que não esteja ao meu alcance. E se o que eu fizer não bastar, tentar insistir na não vontade dos outros é um erro grave e eu já errei demais nessa vida, eu tô querendo é acertar.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

O que resta pra alguém que não é amado?
Beber vodka e fumar até pôr os bofes pra fora..
Ver romances malfadados sozinho na madrugada..
Ir pra uma festa e passar o rodo?
Enfiar as mágoas nas mangas e nunca mais tirá-las de lá, e ficar como num dia quente no qual você não pode tirar o casaco pra não mostrar as cicatrizes…
E tudo fica desesperador como quando acaba a vodka e você não está chapado ainda, ou quando se está com insonia e o cigarro já acabou. Misturemos tudo então: Você chega da balada, não está bêbado, apenas levemente embriagado, o que te torna mais sensível. Vê que o cigarro acabou e que não consegue dormir, então liga um romance meia boca que te faz entender o porque de estar só. Acaba dormindo ali no sofá mesmo, babando na almofada, tendo sonhos bizarros, amanhã… Cara, amanhã é outro dia.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Sempre que eu te vejo sinto o amor em mim renascer, por isso mesmo não estando juntos, não imagino que o que eu sinto um dia vá morrer.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Pedi tantas desculpas que cansei. Quer perdoar, perdoa. Se não, beleza. Vou continuar vivendo igual.
Me perdoando ou não, eu sei que não vou ter você, talvez seja melhor assim. Só não sei se esse caso mal resolvido é melhor do que o fim confirmado por ambos. Pra mim, não acabou, vou ser pra sempre iludida quanto a isso.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Você passa por mim e eu me sinto no olho de um furacão.
Eu paro de respirar, sufoco, asfixio e morro por dentro, por te ver e nem poder falar contigo.

Jéssica T.

Eu queria poder saber se alguma vez te doeu quando eu ia embora. Se sentia minha falta quando eu sumia.

Jéssica T.

Eu tenho medo de que num momento a vida me deixe sem que eu tenha dito pra você que eu te amo.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

O tempo passou, nunca mais te encontrei.
Vivi com alguém, deixei esse alguém partir, mas incrível… você continua aqui.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Foi com ele que descobri que os olhos realmente são as janelas da alma, atalhos para o coração, reveladores de sentimentos…

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Sem expectativas nem nada, mas tá foda manter o controle sabendo que vou te ver daqui a pouco.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Bate aqui na minha casa qualquer hora, nem precisa ligar. Me pega de surpresa, me faz correr pra arrumar o cabelo, me deixa a flor da pele, se mostra presente que eu me dou inteira pra você.. assim, de presente. Não me deixa falar, cala minha boca, prende meus braços, impede meus gestos, me ama até eu não pensar em mais nada no mundo. Seja meu refúgio que eu serei teu abrigo, faz de mim tua morada que eu vou de mudança pro teu corpo.

Jéssica T.

E a saudade tá me espancando,
assim como um dia espanquei seu amor.
Antes eu matava suas esperanças
hoje sou eu que morro esperando
uma notícia sua, uma novidade qualquer,
que seja boa ou ruim, mas seria perfeita
se você tivesse falado de mim.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

E o final da minha história é fácil prever, no lugar do “feliz para sempre”, um “sozinha para sempre” vai ter.

Jéssica T.

Deus deu um nó em nossas vidas, ta difícil desfazer, nem sei se vai ser possível um dia eu te esquecer, ouvir seu nome, lembrar do seu sorriso e não sentir mais nada.
Minhas noites não são mais as mesmas, nada é como antes, me sinto mais viva, mais alerta, porém, mais sensível e triste.
ao me privar de certos sentimentos eu me neguei a felicidade, assumi o risco de viver “em liberdade”, mas não imaginava que o preço a pagar seria tão alto. Posso lidar com a minha vida solitária e triste, mas não posso crer que tenhas sofrido também, jamais me perdoaria por algo de ruim ou pelo sofrimento que te causei, fui egoísta, não quis me envolver pra não sofrer, mas não tinha me dado conta que não depende só de mim o destino do meu coração, hoje mesmo estando “livre” eu queria estar presa em, com, por você.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Os caminhos são diversos
As vontades são incertas
Não há medo de prosseguir
Mas a duvida do por vir é constante.
Traumas de erros passados
anulam a vontade de viver sentimentos,
mas não impede o sonho de um dia
ter a vida sem se lembrar o que é sofrer.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Noites de cigarro e bebida
me empurrando para o fim
não me lembro de quem eu era
e tudo o que lembro, eu quero esquecer.
Noites de agonia sem fim
parece que o sol morreu, não vai mais voltar
assim como você, que resolveu me deixar
e eu não consigo aceitar.

Tenho medo de dormir e não mais acordar
isso seria um alívio até,
mas não suporto pensar
no dia em que não vou mais poder te amar.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Não sou mais inteira. Deixei meus pedaços em cada noite sem dormir, junto deles, migalhas de esperança e juras de amor por você.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Eu queria poder entender o que realmente houve entre nós. Eu sei que algo além da minha compreensão nos envolveu, e ainda não me deixou.

Jéssica T.

Hoje eu queria tomar meu café com o gosto do seu beijo. Queria a manhã chuvosa, banho quente, ficar o dia todo na cama com você, filme de ação, pizza e muito amor e carinho antes de dormir.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Você não vai ligar, eu vou chorar,
mas o orgulho não vai deixar eu te procurar.
Você ta bem, eu não tô, mas vou ficar.
Você aí com seu harém, eu aqui sem ninguém…
Te amei, te amei, agora cansei, cansei.
Não vou ser mais alvo do seu desdém,
você sabe jogar, pois eu sei também.

As juras eram mentiras,
as promessas não foram cumpridas,
você se foi, mas o amor permanece,
mas apesar do tempo e do sofrimento,
toda dor sempre se esquece.

E o brilho de outros olhos
não se ofuscam mais perante o seu,
e o desencanto não vai ser tão ruim quanto pareceu…
Já passei coisas piores ao lado seu.

Oh, amor ! Cresça, mas não em mim.
Oh, amor ! Cresça, mas não em mim.
Pois foi tão difícil, tão doloroso,
arrancar esse sentimento de dentro de mim.
Por muitas vezes pensei que seria o meu fim…

Te gosto amor, te quero amor,
mas não em mim, mas não em mim.
Te gosto amor, te quero amor,
mas bem longe de mim, bem longe de mim!

Jéssica T.
Inserida por teodoriando

Eu fiz da minha dor melodia e cantei pra quem quisesse ouvir. Fiz poemas das angustias, bebi lágrimas e vomitei desespero, depois dormi querendo não acordar e quando acordei, quis viver para sempre, como se nunca mais fosse sofrer, chorar.

Jéssica T.
Inserida por teodoriando