Jéssica Medeiros

26 - 50 do total de 61 pensamentos de Jéssica Medeiros

Entre o cuidado e a sabedoria de Deus, e a truculência e ignorância do homem.
Me pergunto, onde esta a tal da semelhança?
Onde a essência se perdeu?

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

És o maior dos meus medos,
Pois conheces as veredas do meu coração,
No mais intimo do meu eu, confesso,
Me tens em suas mãos.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

O Párvulo Imune

Almejando o bruto inocente,
Tento desvirtuar seus costumes,
Faço sutis propostas indecentes,
Mas é um párvulo imune.

É tão criança de si mesmo,
Faz – me sentir cruel,
Um ser humano grotesco,
Indigno do céu.


Céu seria você desabrochar,
Entender que o amanhã pode ser promessa vã,
E você ao me encontrar,
Mostrar que não sou esse ser Leviatã.

Se me mostrares o seu oceano de desejos,
As vontades ainda encobertas,
Anelos em profundezas sucumbidos,
Esse teu mistério que aspirações em mim desperta.

Até os meus despojos serão seus,
Prometo entregar toda a racionalidade que há em mim,
Antecipo que meus sentimentos são réus,
Mataram a paixão e ao amor deram fim.


http://blogdajemedeiros.blogspot.com.br/

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Não tente provar para ninguém que você é capaz, mostre para si msmo, pois quando isso acontecer todos vão saber. A luta só termina quando você enfrentar os seus medos.

Jéssica Medeiros
Inserida por Jessicamdeiiros

Príncipe Asiático do Paquistão


Teus olhos negros, cabelos a combinar,
Batendo na altura da extremidade auricular.
Olhos marcantes mostram as profundezas de quem és tu,
Fixando-os em mim, embora vestida sentia-me de corpo nu.

Lembro que não tínhamos muito a combinar,
Trilhavas em exatas, eu em humanas a andar.
Eu acreditando em Mateus, Marcos e João,
Enquanto fazias três orações ao dia debruçado no alcorão.

Acordava ao meio dia e ia dormir contigo,
Nossas conversas não faziam muito sentido.
Mas adorava te ouvir, por muitas vezes intruso,
Não nos afetava a diferença de 7 horas no fuso.

Sabias me fazer voltar atrás, me desconstruir,
Quantas vezes fez a minha arrogância se esvair.
Eras homem em cada pormenor,
Suas convicções na garganta me davam um nó.

Temia tuas certezas, homem teso ao falar,
Narravas meus defeitos, te covinha me magoar?
Me fazia de menina só para o teu agrado,
Ser eu contigo deveras era um malogro.

Paris, Dubai, França, Itália,
Onde íamos antes de nos ser passado a navalha?
Não vestirei meu casado preto e botas de couro,
Tão pouco me encheras de platina e ouro.

E o vestido florido com o chapéu?
Guarde para a tua prometida aquele anel.
Prometi não contar que estavas apaixonado,
E do que valeu se mesmo assim não está ao meu lado?

Príncipe asiático do Paquistão,
Levou contigo a pureza e leveza do meu coração.
Bem que dizem o quanto sois cruéis,
Somente eu, ou os dois foram fiéis?

Espero que andejes na neve e sente em uma canoa em Madri,
Como disse, inda respiro sem ti.
Faço promessas e aspiro as Ilhas Maldivas,
Restou pra nós, apenas palavras que não foram ditas.

Acesse:
(http://blogdajemedeiros.blogspot.com.br/)

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros
1 compartilhamento

Reclamas da minha arrogância mas não sabes quantas vezes fingi, não perceber tamanha ignorância e imaturidade que há em ti.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

De muito somos entendidos, assuntos por nós conhecidos, do tal de tudo sabemos.
E pra que? Se do nosso íntimo, de nós, não conhecemos.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

No tocante ao se apaixonar, por ti o faço todos os dias.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Embora seja grande a minha dor,
Não poderia deixar de agonizar as delícias do seu amor.

Amor este que me consome e desfaz,
Entenda, antes ter você ao reconquistar a minha paz!

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Até agora sinto o gosto aqueles beijinhos doces que contigo me deliciei.
Não aqueles que se come, mas aqueles que se recebe e dá...

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Estar em teus planos, desejos, em teus anseios me encontrar.
Ah! Viver, é a arte de se esquecer as dores e se entregar.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Tenho pensado em nós, como podíamos ser, se não houvesse transbordado medo, se tivéssemos dado ouvidos ao desejo.

Desejo de ser, de ter e de fazer aquela flama e ardor perdurar.
E quem sabe virar aquele ato de amar.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Amo-te devagar, só para experimentar cada pedacinho do teu ser.
Amo-te devagar, só porque sei que sem ti não sei viver.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Percebo que sua intolerância não é falta nata e sim escassez por tolerar a si mesma.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Por teu amor, viro desordem e regresso.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Prefiro a pura tolice por nunca ter andado em caminhos sombrios, do que a sabedoria daquele que nunca poderá apagar as lembranças as trevas.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Tente entende-la e ficarás louco, coisa deveras, destinada a poucos.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Se Deus não existe, porque você existe?

http://jemedeirosblog.blogspot.com.br/

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Seu eu vim do macaco, porque o Darwinismo é uma teoria e não uma ciência?

http://jemedeirosblog.blogspot.com.br/

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Se a Bíblia é uma utopia, me explique o fato de cientistas apontarem que a origem da vida pode estar no barro.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

No hoje, nunca aja pensando que pode reparar amanhã, o teu hoje é o amanhã de ontem e o ontem nunca volta

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Não estou!
Se me procurar mando dizer que já fui.
As vezes vale a pena deixar pra trás,
o melhor é simplesmente seguir.
Entenda, com ou sem você tanto faz,
foi você que me fez desistir.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Paixão minha, corpo meu,
Boca minha, beijo...

Só se for o seu!

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros

Vencer? O que defini-se por vencer, se não o fato de superar a si mesmo?

Te ultrapassar para mim é o mesmo que nada, o meu muito defini-se na pequenez da palavra EU!

http://jemedeirosblog.blogspot.com.br/

Jéssica Medeiros

Se soubesse onde ia te encontrar, lá, teria procurado antes.

Jéssica Medeiros
Inserida por JeMedeiros