Jefferson Cavalcante

1 - 25 do total de 30 pensamentos de Jefferson Cavalcante

É tão engraçado perceber a efemeridade da vida,
O tempo passa voando, hoje é o passado de amanhã e,
É o futuro de um passado que já passou.

O tempo em si, não causa dor nem tristeza,
O que ele causa são percas....
Percas de dinheiro, de amores ou apenas perca de tempo.

Durante um tempo você faz milhares de coisas que ficarão sempre com você,
Ou, que serão apenas uma lembrança, numa gaveta esquecida,
E não há nada mais gostoso que lembrar dos bons momentos....

Durante um tempo você constói uma família,
A cada dia bloco a bloco é posto, edificando um castelo de sentimentos.
O ruim é quando descobrimos que o tempo separa os blocos.

Na vida, você pode ter amigos de longa data ou amigos de uma semana,
O que importa é que são amigos, e cada um lhe dá o melhor,
A felicidade de estar um ao lado do outro, dividindo alegrias, tristezas, conflitos e paz

Quando vários amigos se unem, é uma alegria sem tamanho;
Se fala sobre tudo e ao mesmo tempo sobre coisa alguma, o propósito é passar o tempo;
Sabe, aquele tempo.....

Quando percebemos que o tempo não volta atrás, vemos o quanto deixamos de fazer;
Quantas vezes deixamos de falar sorrindo, ou sorrir em silêncio;
É o tempo realmente “Não Pára”...

Exceto para aqueles que se agarram a esperança de um minuto passar devagar
Vai ser engraçado rezar, para ter de volta o tempo estático da aula de física
Para lembrar de todos fazendo nada, cada um na sua individualidade.

O difícil será perceber que o tempo passou
Que não estaremos ao alcançar rápido dos olhos
Mas, quando a saudade apertar, lembraremos que sempre terá alguém ali torcendo pela nossa felicidade, que não está no mirar dos olhos, mas nas linhas do coração

Este ano vai ser inesquecível, agradeço a todos os meus amigos por serem os blocos do meu sólido castelo.

Jefferson Cavalcante
9 compartilhamentos

Somos seres errados, somos seres humanos, e é essa imperfeição que nos faz acordar para sermos perfeitos por que é o vazio de nossos quadros que procura os melhores pintores e que arrancam os sorrisos que melhor lhe cabem....

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

Não ame infinitamente, o infinito é restrito quando a vida é longa,
As pessoas mudam a vida muda, as circunstâncias tornam-nos mais fortes e o amor infinito torna-se apenas uma frase bonita de se dizer.

Que me perdoem os românticos que nunca pararam pra refletir
Mais NINGUÉM ama ALGUÉM eternamente.

É óbvio. É só seguir pela linha de que muitas vezes nem nós mesmos nos amamos, como podemos amar alguém só pelo simples desejo de gostar, de dedicar nosso afeto.

EU não amo ninguém eternamente, pois o eterno é uma sombra pesada, um fardo que depois de pronunciado tem que ser cumprido. Para amar alguém infinitamente tem de amá-la além da própria vida, fundir sua vida nesse alguém e viver em função dele.

Prefiro dizer que amo INCONDICIONALMENTE. Amor sem restrições aberto à tudo, críticas, sugestões e etc.... Amor irrestrito, livre de preconceitos, que sabe voar, mas sabe voltar, que procura outros amores enquanto o outro dói, não amores carnais, quem sabe amor pela própria vida, amor pelo bem.

FIM. Fim é condição, então, Que seja eterno enquanto dure

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante
1 compartilhamento

AMOR GRAMATICALMENTE INCERTO ®...

Não tenho mais direito a achar nada....
Tudo que penso é numa constante vaga
Achar, verbo transitivo. Quem acha, acha alguma coisa? Eu só queria achar alguém!
Por que o meu achar tonto, decerto, ousa ser intransitivo, fingir que não precisa de complemento e que nada lhe falta.....?

O meu “achar” precisa dos advérbios de lugares que andei
Das interjeições que escutei
E das conjunções que não liguei.....

Já procurei outras palavras que tentem suprir a grande necessidade de um adjunto pra viver bem junto, ao adnominal eu ...... Procurei o verbo esquecer, quem sabe o entender, tentar, viver.... Mas o que mais deu certo em mim foi um pronome chamado você.....

Você é o objeto direto que faltava em mim. Aquele que eu chamo de possessivo: MEU, o demonstrativo: Esse, o oblíquo: convosco, consigo. É, o mundo é mesmo estranho morro de ciúmes quando um artigo vem de metido completar você, meu substantivo concreto que me causa algo abstrato. Você é o adjetivo em mim.....

Pena que tudo isso seja apenas na voz ativa, você me joga na passiva e eu fico na reflexiva, pra você eu sou um termo acessório, uma conjunção integrante uma oração subordinada substantiva condicional, pra você eu sou um ponto e vírgula, para mim você é tudo que fica dentre as aspas. Mas, de novo você quer a metida da vírgula, ela é mais legal está em tudo, quem não gosta da vírgula? ela deixa uma frase engraçada ou não... Agora o ponto e vírgula quem sabe usar? Ele é só uma caricatura da vírgula que está sempre limitado pelo ponto final na sua cabeça.....

Acho que as vezes você me conjuga errado, eu queria ser o ter
Mas você quer ter Um SER
Então prefiro SER TE para poder assim TE SER, TE TER
Para assim SERMOS E TERMOS a nossa felicidade,
Mas meu amor é algo banal
E enfim vejo que nosso destino é o ponto final.

Jefferson Cavalcante
2 compartilhamentos

Nós somos a letra ®...
O que são as letras perante as palavras e o que são palavras fronte as orações, períodos, versos, estrofes, sonetos... A resposta? Elas são a base de tudo, não haveria lindos sonetos de amor eterno se cada letra não fosse justaposta com um coração sincero.

É isso que somos! SOMOS AS LETRAS DO MUNDO fazemos parte de um livro onde nos colocamos de forma embaralhada, confesso. Mas, quando encontramos a letra certa, ou as letras certas, formamos uma linda palavra e esse é o momento precursor de uma história, o surgimento da primeira palavra.

Somos pequenos grãos de areia, assim como, as letras somos ímpares e não nos damos com qualquer letra, nem adianta forçar uma junção, pois não fará o menor sentido... Já por outro lado, podemos encontrar letras que nos unam para sempre da mesma forma que o sempre se uniu para representar o infinito.

Somos o motor de ignição do mundo, somos a base e, ao mesmo tempo, o topo. Passamos despercebidos, somos usados sem o menor pudor, e nem por isso deixamos de ter confiança de que em algum dia, alguém nos usará mesmo que num verso disputado por palavrões em um muro só pra declarar o amor que sente por outrem.

Quantos de nós ainda esperam ansiosamente pelo dia em que encontrarão com as letras de ALGUÉM? E, por este desenvolver, do nada, quatro letras que formam a bomba mais abstrata e mais forte do mundo: o AMOR.

E com este ALGUÉM aprender a conjugar a nova palavra e a cada dia fazer a palavra ganhar uma nova força pelo passado que viveram, pelo presente que vivem e pelo futuro que viverão para assim dizer: Amei, Amo, Amarei!! Mas, o melhor de tudo é perceber que a cada dia o tempo nos ensina novas palavras como Obter, Vencer e etc...

Nascemos A e durante nossa vida passamos a ser B,F,H,P,T, X e por fim Z é nesse momento que “atamos as duas pontas de nossa vida”e o nosso alfabeto terminou. Mas, é a partir de agora que recomeçaremos nossa contagem. E assim, recomeçar e recomeçar, quantas vezes for preciso! Por que ruim não é passar diversas vezes pelo Z, e sim, nunca ter saído do A, ou ainda, ter passado por este sem nunca ter encontrado nenhuma letra que fosse importante, pois seria nesse motivo que se deixaria de ser letra, e passaria ao símbolo mais triste: O ponto final.

Jefferson Cavalcante
3 compartilhamentos

Vivemos!!!
Isso é fato!
Mas, por qual motivo?
Para o quê ou para quem vivemos?
Existem pessoas que crêem que vivemos a missão que o criador nos designou
Particularmente acho bobagem
Fazemos de nossas vidas o que queremos viver
Será que ter vida é o mesmo que viver?
Acho que não...
Meu dicionário diz que sim vi.ver: v. 1. Intr. Ter vida.
A diferença dos dois está gramaticalmente clara
Vida é substantivo e viver é um verbo, intransitivo por sinal
Logo, podemos concluir que vida é o nome do algo que recebemos ao nascer
Viver é a ação que devemos praticar nos anos seguintes...
Meu dicionário usa umas palavras bonitas para vida:
Atividade interna substancial, por meio da qual atua o ser onde ela existe;
Estado de atividade imanente dos seres organizados.
Devo confessar que eu o detesto
Essa forma categórica de me dizer algo é insuportável
Não me ache demente
Eu sei que ele cumpre o papel dele
Mas, esse insuportável sempre me dá uma sensação de inferioridade,
Ele poderia me dizer: Eu não sei
Mas, ele sempre tem algo a me dizer mesmo que me direcione a outras palavras que eu nem queria saber o significado.
Ele é a vida
É o seco, a essência, o gênese.
Eu o odeio porque sou o viver
O caminhar, o descobrir, o modificar
Será que os seres travam essa luta o tempo todo????
Devemos seguir a vida ou viver
Se temos vida pouco importa
Uma árvore tem vida e pouco faz dela
Mas, se vivemos, podemos construir pontes que nos unam de dentro para fora
Infelizmente, ou felizmente ainda precisaremos da vida para viver....

É isso... O ser humano é como uma casa, pois surge da união do alicerce com a parede.
A vida é o alicerce, nos sustenta, nos deixa à frente do caminho da parede
A parede é a nossa vida, podemos construí-la como quisermos, seja curva, reta, indo de algum lugar à lugar algum... do tanto que não fuja do nosso alicerce, porque senão o resultado será o desmoronamento de um viver construído na farsa de uma vida....

Mas, o ser é composto apenas de alicerce e parede?
Óbvio que não
Depois da parede bem construída precisamos do teto
Para que possamos nos perpetuar pela existência
E o teto é aquele(a) que escolhemos para seguir conosco
Que nos dará proteção e tranqüilidade,

Juntar-se-ão os alicerces e paredes e viverão sob o mesmo teto assim se completarão.
Se bem construídos sobreviverão à chuva
Se não, boas brisas a fará tremer até findar

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante
1 compartilhamento

Frutos da Amizade ®

Três pessoas sob uma árvore falavam sobre suas vidas, sobre tudo que viveram e como viveriam dali em diante. Para que o tempo não apagasse as lembranças resolveram escrever e enterrar os bons momentos e sobre a terra fofa plantarem uma semente. No gesto uma promessa de fortalecimento e crescimento da amizade. Voltaram para suas casas e daquele dia em diante o tempo encarregou-se de afastá-los. Vez ou outra um dos membros ia ver como estava a planta e como forma de salvar aquele sentimento aguavam-na. Muito tempo depois a semente havia virado uma árvore, mas não era frondosa e ereta como as outras. Ela era disforme, rígida, e infrutífera. Os homens contemporâneos resolveram derrubá-la. Os amigos ,agora reunidos, voltaram ao lugar e encontraram apenas o vazio. Sentiram-se tristes era como se a amizade tivesse sido arrancada de seus corações. Não fazia sentido continuar naquela situação de acreditar que ainda resistiria a amizade. Foi nesse momento que um deles avistou uma sacola e nela estavam os escritos que leram e se emocionaram ao lembrarem de tudo que passou e de como chegaram a pensar no fim. Num olhar mais atento viram que dali nascia uma nova planta que cresceu e alcançou imensas alturas.

Se os seus sentimentos forem apenas físicos eles serão disformes e infrutíferos, então arranque-os deixe apenas o vazio, volte a raiz de tudo, lá estarão os bons sentimento e é de lá que nascerá a nova árvore, não de um novo sentimento, mas de um novo VOCÊ.

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante
1 compartilhamento

“Quando quiserdes dar um presente dê uma arma que, apesar de mal usada, ela terá um fim. Agora nunca dê conhecimento, pois, ele terá um fim antes mesmo de ser usado.”

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

“Os melhores amigos são como os três macacos: Um não te vê, mas te reconhece pela essência; Um não te ouve, mas entende o que você fala mesmo estando em silêncio;
E o outro não fala, mas sabe te escutar e te dizer as coisas mais lindas com a voz do coração ”.®

Jefferson Cavalcante
139 compartilhamentos

“Não gosto de heróis, ninguém pode ser tão perfeito usando uma máscara”

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

“Quando achares que alguém roubou o seu amor lembre que o coração é como um buraco quanto mais se tira maior fica”

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

“Quem queima de febre, morre de frio”

Jefferson Cavalcante
3 compartilhamentos

“ Entra ano e sai ano, as estações mudam e, como diria Einstein, a tolice dos homens permanece”

Jefferson Cavalcante
3 compartilhamentos

Pra toda luz uma sombra,
Pra toda sombra um caminho,
Pra cada caminho uma perda,
Pra cada perda um novo caminho.....

JC®

Jefferson Cavalcante
2 compartilhamentos

Doces palavras em boca de fel
Viperino perfume na boca do céu
Veneno diluído em falsas bondades
Desejo reprimido em tortas verdades

Lancei ao vento a flecha flamejante
Mirei ao léu um tolo viajante
Mas, em brancos sentimentos devolveu:
Toma de volta o presente que me deu

Tão perfeito o estranho parecia
Pedra lapidada noite e dia
Modos arquitetados e respostas ensaiadas
Sorrisos fingidos e retóricas mascaradas

O perfeito errante de altos valores
Era meu revés, o maior dos meus temores
Conseguia revelar meus parcos talentos
Caçoava de meus tormentos

Resolvi eliminar o problema
Armei um pérfido esquema
De anular a vida que havia
No ser que a vida me repudia

Esperei na estrada o momento perfeito
Enclausurei-me e esperei o efeito
Porém, efeito não chegava
Por onde o viajante andava?

Passaram-se tempos aos montes
A vida me escorria como uma fonte
Mas, a inveja ali me segurava
Matá-lo era ao que me dedicava

Mas, o infeliz nem por ali passou
Quando olhava era dia
Em outra olhada o dia acabou
Da macieira eu comia
Pro corpo que ainda restou

O desejo de vingança me atormentava
Persistia enquanto o corpo não enterrava
Resolvi descer da árvore e vi tudo diferente
As casas, a vida, a cara daquela gente

Na certeza de não mais ver o viajante
Quase morro com uma visão errante
Ali na minha frente o infeliz jazia
O que aquele corpo de pedra ali fazia?
Perguntei a um moço ali perto
“Ele é a fonte do nosso deserto”
Na cidade tudo em torno dele girava
O motivo pelo qual na estrada não passava

Aquele covarde me deixou esperando
A hora do encontro eu sempre marcando
E enquanto na árvore eu esperava
Mais o infeliz prosperava

E quanto mais sucesso ele fazia
Mais minha vida se esvaía
Por que eliminá-lo tentei
E melhorar não procurei?

Nada agora faz sentido
O futuro está distorcido
A minha vingança me cegou
No poço que minha inveja me afundou

Eu sequei, a árvore secou
O homem não passou
E eu ali fiquei...
O tempo também passou
E eu não aproveitei

“Foi-se gastando a esperança,
Fui entendendo os enganos
Do mal ficaram meus danos
E do bem só a lembrança”

Jefferson Cavalcante
3 compartilhamentos

A incerteza obscura da espera
Me fez ouvir uma melodia ao longe
Imaginei que seriam do que espero
Mas, o que espero não emite sons
É Mudo!
É Surdo!
Quiçá Cego!

Espero que a música toque outra vez
Que o som um dia ouvido retorne
Tola ilusão
Sons não voltam
Sonos não voltam
Sonhos não voltam
Se nada volta, para quê voltar ao que pensava?

Pensamentos: risco de consciência
Devo temer o que penso?
Ou pensar no que temo?
Quando parar de pensar e começar a agir?

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

Agora...
O agora é o momento mais instantâneo da vida
Pois cada momento que há pouco era futuro
E neste momento vivido é agora
E o agora de antes se chama passado.

Agora...
O breve momento de decisão
Na linha tênue entre o que foi e o que será
A hora certa dos ponteiros
O instante perfeito de transcender o presente
E isto não é o futuro!
É a iminência da vida.

A vida dividida pelo tempo é igual a uma unidade de momento: O AGORA!
Quebrar fórmulas perfeitas
Achar as arestas dos círculos
O infinito passa duas vezes pelo mesmo ponto
E esse ponto é Agora!

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

Uma vez me perguntaram qual das operações matemáticas eu mais gostava
Eu disse: Depende!

Todos nós somos uma adição na qual nos acrescentamos e somos acrescentados, somamos esforços e mudamos o mundo, somamos forças e viramos fortaleza, somamos alegrias e viramos felicidade, somamos vidas e viramos eternidade.

Mas, quando algo nos faz mal, somos subtração. Retiramos o que nos faz sofrer, subtraímos sofrimentos e assim por diante. Podemos ser subtração quando temos o desejo da oportunidade e queremos tirar sempre do maior, pois, se for ao contrário, ficaremos negativos.

E quem não gosta de ser uma multiplicação? Amigos, dinheiro, paz tudo multiplicado. Somos seres múltiplos e somos o produto de uma série de fatores.

A divisão é a partilha, a doação, a entrega múltipla de números que não deixam restos. Dividimos experiência, conhecimento, amor, carinho, amizade.

Não era só por isso que minha resposta dependia....

Muitas vezes somamos tudo e não percebemos que nossa ambição está passando dos limites, queremos tanto somar que nos tornamos cegos.

Quando subtraímos experiências de nossa mente ficamos mais indefesos, ficamos menores e perdemos uma parte do que fomos um dia.

Corrermos o risco da multiplicação excessiva de sermos vários e ao mesmo tempo nenhum, corremos o risco de muito nos multiplicarmos e não sermos correspondidos, e ao contrário da matemática, na vida a ordem dos fatores alterará o produto final.

E a divisão, tão doce e, ao mesmo tempo, tão amarga. A divisão nos traz o egoísmo, ninguém quer ser o dividendo, ninguém gosta de dividir seus tesouros pessoais, suas pessoas especiais.

No final, respondi:

- O ser humano é uma equação muito complexa. Temos que medir os limites, as derivadas, devemos ver a raiz de cada ser, definir a função das coisas, montarmos um conjunto de coisas boas. Enfim, somos o maior teorema que já existiu, e o melhor de tudo? Não há fórmula que nos defina, somos diferentes.

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante
1 compartilhamento

Decidi que escrevia textos sem sentido
Resolvi dar um sentido para o que escrevo
Mas, se escrever é colocar sentimentos
E, se sentimentos tivessem sentido,
Não haveria sentido algum em escrever.

Já falei do tempo ao vento
Já me perdi nas bobagens que falei
Já viajei no que escrevi
Já muitos filhos abortei

Enfim sobrou algo,
Um sentido nas coisas sem sentido que escrevia
Era algo estranho
Esse estranho era a essência da poesia

Não canto em versos, pois não me atrevo produzir limitado
Não faço formas
Apenas escrevo o que sinto e sinto o que escrevo
E vivemos nessa simbiose infinita
Nesse relacionamento estranho de posse-possuidor
De caça-caçador
De escrita-escritor

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

Marciano Terrestre

Olha eu não sou daqui,
Não nasci neste mundo
Vim aqui de exploração
Passageiro como esta canção.

Não adianta tentar
Me vender no zoológico
Isso não é lógico
Quem pagaria por mim?

Não sou atração de circo
Nem adianta me expor
Fiz da mala meu destino
Pinto o mundo com a cor
Que eu quiser!!!!!

Fugi do meu planeta
Escurecido pelo sol
Lá todos brilham tanto
Que não há trevas
Para eu brilhar.

Teleportei às pressas
Pra ninguém me encontrar
Mas, todos me olham
Perguntando o que há?

Não sou vitrine de coisa alguma
Não sou modelo de seguir
Sou apenas um caminho estranho
Um rumo incerto
Um livro em branco
Um mal descoberto

Não agrado os gregos
Tampouco os troianos
Resumos dos fracos humanos

Eu vim de outro planeta
Para aqui residir
É mais fácil errar
E se distrair

Vim de um mundo inalcançável
Minha própria consciência

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

Distúrbios de um monólogo interior

-Quem sou eu? Eu sou eu!
-Mas, quem é eu?
- O eu é eu
- Sou eu!
- Então, você é eu?
- Não, Você sou eu!
- Eu sou você?
- Não, você é eu!
- Mas, seu você é eu, então quem sou eu?
- Eu sou eu, você é você!
- Mas, se eu sou você, então, quem é eu?
- Você é você!
- Você não entendeu!
- Eu entendi sim!
- Não bobo, o Você sou eu!
- Eu vou matar Você!
- Por que eu vai matar você?
- Quem vai te matar é eu!
- Sou eu!
- Tanto faz eu e você agora somos nozes

Jefferson Cavalcante
25 compartilhamentos

Eu sempre existirei em você,enquanto, você permitir! Não me tire nunca da sua mente que eu estarei sempre perto, nem que seja bem dentro da sua mente onde ninguém pode chegar!

Jefferson Cavalcante
Inserida por Jeffersoncavalcante

O amor, a paixão

Sentimentos distintos, cheios de conteúdo
Vivos, prazerosos, ativos dentro da gente
Confusos, inexplicáveis? Sim.
São cheios de dúvidas, mas rodeados de uma certeza
A de que o desejo existe, e não importa em qual sentimento ele se encaixe
Você quer ter aquela pessoa ao seu lado, mesmo que temporariamente
Mas gera uma vontade imensa de compreensão e correspondência
Pois requerem atenção, e se magoados, tornam-se rancorosos
Fazendo assim com que soframos... Mas nada é insuperável
Tudo pode ser conquistado, reconquistado se preciso
Depende unicamente da gente, da necessidade pessoal que sentimos em:
Ser feliz!

Jefferson Cavalcante

É, confesso que a solidão já foi algo insuperável para mim, mas porque pensar assim? Se a vida é tão bonita e lhe guarda tudo de mais perfeito, basta apenas que você enxergue, às vezes tudo pode não passar de uma paranóia, ou não... Pode ser que tudo seja apenas coisa da sua cabeça, mas porque parar pra pensar nisso? O tempo não volta, tenta, corre atrás, seja feliz!

Jefferson Cavalcante

Sempre dei o melhor de mim, e nunca fui bem visto aos olhos de quem sempre amei e fiz de tudo pra agradar, foi preciso mudar, continuar seria martelar em uma coisa que você viu que já não valia mais a pena, mas tudo pode se resolver, acredite em você mesmo, vá fundo, valorize-se, lembre-se em primeiro plano de você, em seguida os outros. Faça o que lhe for conveniente, ninguém pode roubar sua felicidade, e nem pode lhe dar tal sentimento, tudo só depende de você... Então, bola pra frente e pensamento positivo, não há problema que possa mudar sem empenho próprio, tudo só depende de você...

Jefferson Cavalcante