Janilma Lins

1 - 25 do total de 34 pensamentos de Janilma Lins

"O simples fato de pensar evita ações arbitrária. E é exatamente isso que nos difere dos macacos!"

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

"Ser feliz é não ter a visão limitada da própria vida e nem ter necessidade que os outros te vejam saltar de alegria. Ser feliz é simplesmente viver com criatividade!'

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

"Não há diferença entre homens e mulheres quando o assunto envolve sentimentos. Somos seres humanos."

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

"Aprendi que problemas são como malas. Alguns sem rodinhas e, outros nem mesmo com uma alça firme.
Enfim, reclamar não irá diminuir o peso, nem mesmo o tamanho."

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

"Dizem que eu sou brega, mas que nome dar a quem tem essa opinião e ainda assim me copia?'

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

"As pessoas costumam nos ver exatamente como elas querem e não necessariamente como nós somos"

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

"Bom caráter é algo de grande valor que não se compra, não se empresta e nem se ganha de herança."

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Não sei como nos dias de hoje as pessoas encontram tempo para criticar e se meter na vida alheia!

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Sou um livro velho de capa bela e sofisticada.
De folhas amareladas e manchadas pelo tempo,
de leitura surpreendente.
Sou romance, poesia. Sou ação, comédia.
Sou drama, ficção e fantasia, livro velho e empoeirado,
largado na estante da vida,
Velho, mas de linguagem compreensível.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Doce menino; em teus braços sinto uma paz quase angelical.
A tua voz é um mantra acalentando o meu espírito.
Os teus beijos me aquece e me faz delirar de paixão.
Tens o dom de me elevar ao mais alto grau de serenidade
e ainda despertar, o lado mais selvagem do meu ser.

Janilma Lins

Se alguém te olha como se estivesse lhe examinando, não precisa pirar.
As pessoas tem formas diferentes de admirar qualidades das outras.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

O pensamento pode te levar a lugares incríveis, você pode criar um mundo só seu e compartilhá-lo se assim desejar.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Seus olhos e o toque suave das suas mãos percorrendo cada detalhe do meu rosto, como se desejasse reproduzi-los em uma tela.
Seus lábios perfeitos e voz serena me falando de amor me conduzia ao mundo de fantasias com os nossos corações batendo na mesma freqüência.
Sua pele quente e o perfume se misturavam ao meu...
Enquanto da janela a lua parecia nos presentear, até que o sol claro, pudesse, me despertar de tão belo e doce sonho.

Janilma Lins

"Falo palavrões quado estou contente. Mantenho a língua guardada quando estou irada.
Por que é nessas horas que podemos ferir alguém e, palavra dita, não se apaga."

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Julgue um livro pela capa e jamais saberá sua história.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Adoro quando morde suavemente os lábios e fecha os olhos por alguns instante.
A leveza das tuas mãos forte quando me acaricia. A doçura em tua voz quando me diz que sou sua menina. A serenidade no olhar quando me fala das coisas da vida. Adoro tudo em ti, e o quanto me faz sentir grande e forte, ao mesmo tempo cabendo em suas mãos.

Janilma Lins

Há momentos em que as palavras são como lâminas afiadas e deveriam ser usadas com cautela.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Os primeiros raios de sol vem trazendo o som da mais bela orquestra e uma essência suave quase imperceptível;
O bule dança sobre as chamas espalhando um novo perfume enquanto novos sons surgem aos poucos abafando a beleza do primeiro.
A rotina chega e junto o esquecimento do milagre de acordar.

Janilma Lins

Nossos olhares se cruzam, os lábios se tocam.
O calor, o cheiro e fluidos se fundem a ponto de nos tornarmos um só, enquanto o ambiente se perfuma de amor ao som de dois tambores.
Respiração ofegante, um sorriso suave, nossos corpos suados e trêmulos largados lado à lado; exaustos mas ainda conectados pelos mesmos sentimentos.

Janilma Lins

Encosto meu rosto em seu peito e, sinto seu perfume levemente amadeirado.
Seus pêlos se movem ao ritmo da minha respiração e, com as pontas dos meus dedos em movimentos circulares​ e imperfeitos, descubro sua pele macia. O som da sua voz serena me envolve em seu corpo, enquanto sua mão, afaga meus cabelos. Carinhosamente beija minha testa.
Seu calor, a penumbra, o silêncio me conduz aos mais doces sonhos, onde mal algum pode me ferir enquanto durmo em seus braços.

Janilma Lins

Pingos de chuva escorrendo no vidro da janela do quarto.
Enquanto observo... Seus lábios, suavemente deslizam pelo meu pescoço e ombros.
Com uma das mãos, solta meus cabelos, enquanto com a outra, segura minha cintura.
Na vitrola a doce voz francesa de Piaf em La vien en rose.
Que momento perfeito. Chuva do lado de fora. Palavras, carícias e troca de olhares.
Apesar do tempo...O quarto é aquecido pelo amor.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Ascendo um cigarro e, a memória da noite passada parece se reproduzir na fumaça.
O cheiro dela... Se desfaz na lembrança de sua pele fresca junto ao aroma suave de alfazema que sinto nos lençóis.
A cada trago, lembro-me de seus beijos com sabor frutal do batom vermelho rubi. Parece que sinto a maciez dos teus lábios na minha pele.
Cinzeiro, cinzas e pontas de cigarro. Lembranças da cama desfeita, dos nossos corpos largados e exaustos de tanto fazer amor só por amar...

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Atendo ao teu chamado cheio de desejo e, beijo teus lábios com paixão. Sigo reproduzindo cada detalhe do teu corpo com lábios e carícias.
Enfim, misturo-me suavemente ao teu corpo, como um rio que se mistura ao mar.
Entrego-me a tua vontade por inteiro.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

O toque suave dos seus dedos e lábios redesenhando cada detalhe do meu corpo, provocando, arrepios que vão, além da pele em sintonia perfeita.
O cheiro delicado de canela nos lençóis, nossos perfumes, a pouca iluminação e os sons reproduzidos nesse momento, deixam explícitos desejo o prazer na forma mais doce entre dois seres.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins

Quando te fecharem uma porta, independente da intenção, estão dando-lhe a oportunidade de ver que há outras portas abertas e, lhe tornando capaz de vencer todos os novos obstáculos.

Janilma Lins
Inserida por JaneLins