Iara Vécio

1 - 25 do total de 26 pensamentos de Iara Vécio

A consciência de si que surge a partir da fé, independe da dificuldade e impulsiona subir cada degrau.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

TUA COR É MINHA COR

Menina da pele morena
Teu nome é de princesa,
Onde terei de te encontrar?

Menina da pele aveludada
Grandes olhos amendoados,
Te procuro em todo lugar.

Menina da pele de chocolate
Corpo de manequim,
A passarela da vida espera por ti.

Menina da pele macia
Não tenhas receio da passarela,
Lá, estarei para aplaudir.

Menina da pele igual a minha
Quando te encontrar,
Quero te abraçar.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Suportar estigmas e chaga, pisaduras inexplicáveis, é aniquilar o vencido e dominar inferências do insuportável.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Administre o florir dos campos que a consciência plantou, aguardando as diferentes voltas imperceptíveis da complexidade dos raros perfumes.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Busque o Astro da essência sensorial do seu mundo, e desobscureça ao existir inimaginável da Luz no alvorecer.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

POLTRONA DE COURO AMARELO

Sinto falta daquela menina
Tranquila, serena, protegida,
Sentada na poltrona de couro
Lendo literaturas e enciclopédias.
Sentia-se feliz e ciente não era
Das recordações que teria,
Dos momentos com teu pai,
E saudade sentiria.
Como gostaria de voltar,
A sentar naquela poltrona...
Não tinhas o que tens hoje,
Tampouco sorria,
De forma lapidada
O silêncio continua,
Relembrando de tua infância.
Desejava que o tempo parasse
Em cada página que lia,
Mas, consciente que noutro dia,
Com teu papai estaria.
A Fé brotou...
No coração daquela menina.
Não existe mais a poltrona
Nem teu pai se encontra,
Dando alpiste aos passarinhos:
Pardais que pousavam,
Na calçada do escritório.
O passado não retorna...
No presente memórias valiosas
Ao recordar da poltrona,
Querendo nela sentar,
Lendo os livros do teu pai,
Vendo-o em sua prancha trabalhar,
Ciografia com esmero executar.
Saudades da poltrona amarela,
Dos livros... que ainda pode ler,
E do teu pai...
Que outrora irá encontrar.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio
1 compartilhamento

Ó FORTALEZA RESISTENTE

Pássaros cantam no alto das igrejas,
Enquanto o Velho Chico passa com sutileza,
Nas margens o brilho colonial vislumbra ao olhar,
Entrelaçando os contos e encantos nos barcos a navegar;
Dourando crenças e sonhos encravados na resistente rocha,
Outrora glamorosos, ressurgindo no presente.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Reage, compreenda o palpitar efêmero e contemple o contentamento presumível da fé, com teu coração redivivo.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Memórias lapidam o aprendizado e a construção de sua inteligência influencia na expectativa do seu querer.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Aceite a crítica de forma compensatória imbuído de fé, e favoreça a sociabilidade construtiva do seu interior.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

TEUS OLHOS SÃO OS MEUS

Menino dos olhos castanhos
Em quanto tempo viverás...
Não devo, nem vou pensar,
Viverei a cada luar,
Velando o teu pensar.

Menino dos olhos de mel
Cresceste e tão forte ficou,
Mais uma vez lembro...
Foi bom não pensar
O tempo que viverás!

Menino dos olhos amarelados
Os meus olhos também são assim,
Olhe no espelho e verás
Nossos olhos se encontrar...
Vai me ver ao te olhar.

Menino dos olhos de girassol,
Será que vou alcançar
Quando velho estiver,
Seguindo a direção do poente
E teus olhos azulados ficarem?

Menino teus olhos não vão ter cor,
Quanto isso acontecer...
Os meus também assim vão ficar,
Não tenhas medo da escuridão,
Vigiando estarei pegando tua mão.

Menino quando partires
Já deixaste tua semente,
Para florescer e frutificar,
Teus descendentes irão lembrar
Pois, alguns, teus olhos terá.

Menino nós temos que partir,
Áureas abriram para o infinito seguir
E num lugar florido encontrar
A cor transparente dos nossos olhos,
Que esperando, vai estar.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Influencie a polemista cidade que te desprezou, e creia nas contingências das mudanças significativas do teu mundo externo.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

A Luz reflete os padrões do teu interior, e clama por ser acesa a cada mover do teu pensar.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Anule imperfeições do teu mundo, renovando tua vida com o cheiro suave do Amor Celestial.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Olhe o firmamento com fé, e concretize as respostas dos sonhos e das ideias fluentes do teu pensamento.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Transfunda o amor doado a tua vida, e experimente a vitória do preço inimaginável do aroma de Cristo Jesus na tua consciência.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Aprecie o meditar, interagindo com o amor Divino, e suavize tua estrada refletindo a Luz no teu caminhar.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Permita à fé ressurgir na tua vida com a vida vivida em vida, vivendo na expectativa da vinda singular de Jesus.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Supere o ocaso, e descubra os padrões surpreendentes das indubitáveis evidências do amor divinal.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Fortifique teu baluarte, tua essência, tua independência no teu reino que é teu pensamento, e compartilhe o amor brotado em ti.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Alcance o céu adornando tua casa nos parâmetros do amor, e creia na dádiva surreal da livre escolha.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Quando a lágrima se funde com o olhar e despeja sentimentos profundos, surge nova imagem alegrando o âmago amargurado.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

A fé estabiliza o ponto central do autocontrole, e sustenta a esperança de vencer os labirintos com perseverança.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

A fraqueza não é um ponto de abate, mas a espera do florir e o tempo de solidificar o escolhido.

Iara Vécio
Inserida por Iaravecio

Embarque seguindo o perfeito amor, e constate a primorosa projeção do Pai Celestial reluzindo na terra, no mar e no ser pensante.

Iara Vécio