Gustavo Candido

Encontrados 20 pensamentos de Gustavo Candido

Tenho medo, medo de aranha, de agulha. Mas, como o de perder você, é insuportável. É claro que confio em ti, só não confio nos outros.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

De que adianta, Se um dia vai acabar? Por um tempo, para que? Para ser feliz? A unica felicidade que me importa é a sua. E para que todo esse desejo de ter você? Não sei.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

O oposto do amor não é o ódio e nem a indiferença, aliás, o amor não tem oposto, é unico.

Gustavo Candido

Não te amo pelo que você é; Eu te amo além do que você é.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

[...]E se por acaso algum dia eu lhe disser que não te amo mais, é mentira minha.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Você não tem poderes, você pode.

Gustavo Candido

O amor não é medido pelo tempo sobrevivído, e sim por sua capacidade de sobreviver até o ultimo momento da vida; Sua infinidade temporal.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Estudioso é quem estuda; ser inteligente não significa estudar, mais sim adquirir conhecimento por si mesmo.

Gustavo Candido
45 compartilhamentos

A paz de alguns é chamada de violência por outros. Do mesmo jeito que a justiça de um, pode não ser a justiça de outros; Por isso existe a lei.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Apenas por viver, nós machucamos os outros na tentativa de não sermos feridos.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Eu só quero te protejer, te fazer feliz, te amar. Não importa que espécie de dor eu tenha que suportar.

Gustavo Candido

O amor tudo lhe dá, mas tudo lhe tira.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Para conhecer a verdadeira alegria, primeiramente, terás que ver a verdadeira tristeza.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Sinto-me como se eu estivesse à busca, em um oceano, de uma agulha que não existe.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

E a quem devemos ser, de tudo que já foi?
Somos alguém. Somos ninguém. Uma raça superiormente distinta dos valores dados: do eu, do seu, do nosso breu; da criatura que vive e chora, cheira e namora. Somos todos nós, mas de nós um pouco de nenhum.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Egos flamejantes,
Antes,
Domados p'histeria,
Ria,
O jovem sonhador,
Dor,
Q'uera como antes.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Quiçá, de alguma forma,
coração à parte,
feito um mártir,
caia em mim.

E enquanto eu sonegava,
esperava,
recuava,
flor caía em meu jardim.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

E que o caso da perigosa estrada que intermedia teu corpo e interditava meus lábios, nostalgicamente não recrudesça.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Talvez a melhor maneira
de esquecer uma dor
seja transcrevendo-a,
vendo-a

sendo-a cor, mirando o amor
virar folha, vide flor
que o colibri sinta o odor,
mas não sentindo-a

e que o caso das amêndoas
que seu corpo cheirava,
pairava

não saia do papel,
sim, erra-me o céu,
mas ,em questão, adorava.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido

Estava
Ele para o
Verso, assim
Como ela para o averso.

Gustavo Candido
Inserida por GustavoCandido