Gilmar Iendrick

Encontrados 5 pensamentos de Gilmar Iendrick

Caro Amigo

Fantástica narração dos últimos acontecidos, se eu já tinha uma grande admiração ( no bom sentido ), agora você é o meu herói. Significa pra mim o contemporâneo que não abdica dos seus sonhos, que persegue a felicidade a cada instante, que rejuvenesce com uma simples nova coloração nos cabelos, que sorri sempre que for possível, que faz sorrir, que encanta uma gazela.
Meu amigo, quantos comuns são infelizes tentando a burguesia.
Tão nobre é você que só que ser um comum,
A felicidade é assim, feita de poucos e bons momentos, feita de sonhos e ilusões.
Devemos todos seguir os seus ensinamentos e principalmente seus exemplos,
Meu grande e nobre mestre

Gilmar Iendrick
Inserida por gilmariendrick

REVOLTAS DE UM VELHO AMOR

Todos sabem do encantamento que tenho pela minha cidade natal e o quanto sou apaixonado por ela, por suas formas sedutoras, suas belezas extravagantes, pelo seu sorriso, pelo jeito de me olhar, afinal sou filho dela. Meu amor poderia ser natural, mas vai muito além disso, foi constuido dia-a-dia numa relação de troca desinteressada, mas natural.
A cerca de 10 anos atrás passei a ter um relacionamento também com a capital mineira, era só um relacionamento comercial, mas o ambiente era de muita alegria, chopp gelado, muita gente bonita que meu verdadeiro amor não entendeu, agourou tanto que o negócio não prosperou.
Desde 2007 tenho passado a semana santa, todos os anos, na casa de um generoso e elegante casal de amigos, próximo a Salvador.
Meu velho amor, nos anos anteriores, demonstrou por diversas formas seu inconformismo, é até compreensivel uma vez que muitos dos atributos da região de Salvador são muito semelhantes aos atributos do meu grande amor. Acontece que este ano meu velho amor jogou pesado, temendo que meu coração fique muito dividido, não me deixou dormir, um minuto sequer na noite de dia 4 pra dia 5, exatamente o dia do meu retorno.
Quando voltei saudoso no dia de ontem, o avião exatamente na hora de tocar o solo de meu grande amor, arremeteu de forma inesperada como quem por raiva ou ciumes não permitisse que eu entrasse de novo em casa, na sua enciumada loucura tentou me jogar nos seios de quem fleitei 10 anos atrás, que até me recebeu, me serviu um copo dágua, me deixou tomar um pouco de ar numa demonstração madura de respeito e amizade, mas não me deu abrigo, me enviando de volta a cidade maravilhosa.
Nada pior do que um coração magoado, me recebeu daquele jeito, abriu o portão mas da varanda não me deixou passar, não fez nada pra me agradar, me deixou perambulando até as 3 da manhã na varanda ( Aeroporto do Galeão ) sem me deixar entrar.
Depois me recebeu, aos prantos,
E até agora não parou de chorar.

Rio de Janeiro, 06 de abril de 2010. ( data em que fortes chuvas castigaram a cidade )

Gilmar Iendrick
Inserida por gilmariendrick
1 compartilhamento

A moda é a arte transformar coisas bonitas em feias ou coisas feias em bonitas em função do momento em que são apresentadas

Gilmar Iendrick

A felicidade é uma viagem que começa na infância

Gilmar Iendrick
Inserida por gilmariendrick

A mulher se casa na certeza que vai conseguir mudar o homem, enquanto o homem se casa acreditando que ela nunca irá mudar.

Gilmar Iendrick
Inserida por gilmariendrick