Biografia de George Eliot

George Eliot

George Eliot nasceu em Chilvers Coton, Warwickshire, Reino Unido, no dia 22 de novembro de 1819. Com 17 anos, após a morte da mãe, mudou-se com o pai para Conventry. Em 1844 realizou seu primeiro trabalho com a tradução do livro “A Vida de Jesus” de David Strauss.

Em 1949, após a morte do pai, viajou para a Europa, onde conseguiu um emprego como editora na Westminster Review, que se tornou o centro de um círculo literário e tinha como membro o filósofo e crítico literário George Henry Lewes, que mais tarde se tornou seu companheiro. Lewes era casado e sua esposa recusava assinar o divórcio.

A escritora adotou o pseudônimo masculino para manter sua privacidade e por ter certeza que os trabalhos masculinos eram levados a sério. Em 1854 o casal se muda para a Alemanha. Em 1858, Eliot publicou sua primeira coletânea de contos, “Scenes from Clerical Life”. Em sua vasta obra estão alguns dos mais importantes romances ingleses do século XIX, entre eles: “The Millon the Floss” (1860), “Felix Holt, the Radical” (1866) e “Middlemarch” (1871-1872). Eliot faleceu em Chelsea, Londres, Inglaterra, no dia 22 de dezembro de 1880.

Acervo: 25 frases e pensamentos de George Eliot.

Frases e Pensamentos de George Eliot

A amizade é o conforto indescritível de nos sentirmos seguros com uma pessoa, sem ser preciso pesar o que se pensa, nem medir o que se diz.

George Eliot
11 mil compartilhamentos

Talvez as melhores amizades sejam aquelas em que haja muita discussão, muita disputa e mesmo assim muito afeto.

George Eliot
1016 compartilhamentos

Os animais são amigos tão agradáveis: não fazem perguntas, não criticam.

George Eliot
442 compartilhamentos

Em cada despedida existe a imagem da morte.

George Eliot
678 compartilhamentos

Abençoado o homem que, não tendo nada a dizer, abstém-se de dar provas do fato com palavras.

George Eliot
129 compartilhamentos