Fernandha Franklin

26 - 50 do total de 176 pensamentos de Fernandha Franklin

Conversa com a chuva
(Fernandha Franklin)

Fiquei horas e horas ali,
debaixo daquela marquise
esperando a chuva passar.
Meu Deus, como eu amo chuva.

O pensamento vago é sempre inevitável,
assim como é inevitável o cheiro das
gotas que tocam o chão.
Eu estava ali, mas minha razão não...
e quem precisa de razão quando a chuva lava a alma?

Um raio me trouxe de volta pra vida real.
Olhei no visor do celular.
Quinze pras oito da noite,
e eu só precisava atravessar um quarteirão
e já estaria em casa.

Se preferi ficar ali esse tempo todo, era só para observar a chuva de perto, mas sem me envolver.
Mas já estava tarde; e agora eu iria me jogar em meio aos pingos constantes, e foi caminhando sem pressa que cheguei em casa.

A roupa estava encharcada,a vida estava lavada e agora uma vontade de viver tudo o que planejei me invadia; afinal mais um ano começa a se despedir, e o banho de chuva me trouxe uma enxurrada de lembranças das coisas que prometi à mim mesma e ainda não cumpri.

Dos planos que fiz...mal lembro quais eu realmente quis.
Das pessoas que me empenhei em conhecer...nenhuma realmente se conhecia.
Dos projetos que arquitetei...nenhum saiu do papel.
Dos amores que pensei que teria... nenhum poderia ser pausa no meu dia a dia.
Da fé que quis fortificar...tropecei mil vezes para tentar levantar.
Só dos lugares que desejei conhecer por fim,um deles realizei: o de viajar em mim!!

Como pode né?
Uma chuva "qualquer" conversar tão bem com a gente?

Fernandha Franklin
1 compartilhamento

Há quem seja de sol...
Há quem seja de lua...
E há quem seja de chuva e vive de alma lavada.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Brincava de contar histórias, e enquanto contava escrevia a sua...

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Carta para *Carlos

Eu sei que o seu sentimento é segredo.
Por isso finjo que não sei que sente.
Talvez assim seja melhor.
Talvez o melhor sentimento seja mesmo esse.
O sentir sagrado, o sentido medroso. .. o gostar em segredo.
Eu te observo tão profundamente.
No elevador, na garagem, no corredor e até pelo vidro da janela enquanto tenta me olhar disfarçadamente.
Eu gosto do seu jeito de gostar.

Mas não me fale de sentimentos por que em breve passará...
Sempre passa.

Queria dizer que você tem um baita bom gosto por gostar de alguém como eu, mas a verdade é que não sou normal o suficiente para você. Eu sou louca, estranha, não durmo a noite, me penduro na janela do sétimo andar para olhar nuvens, eu faço bolinhos de arroz as quatro da manhã...eu também falo com plantas e animais. Você não merece alguém assim na sua vida sensata de negócios e máscaras sociais... Minha loucura não faria bem para sua imagem.
É melhor que continue assim, bem como está.
Não tente afinar laços e nem facilitar pistas para eu adivinhar que é você.
Eu não quero lidar com essa verdade.
Não me mande flores nem bombons com bilhetes anônimos e sua letra inconfundível.
Eu gosto do seu gostar; bem desse jeito.
Em segredo!!!!

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin
1 compartilhamento

Metades/

Metades não se completam necessariamente como pregam os ditados.
Uma laranja por exemplo nasce inteira, depois de cortada e dividida em duas partes, não será mais inteira, será metades!
Sobre amores, não temos outras metade, como as laranjas.
Todos nascem inteiros, e temos a opção de continuarmos inteiros sozinhos ou ter nossa inteireza transbordava por outra pessoa. Erro é penhorar sua felicidade buscando completar-se no outro, afinal não somos feitos de pedaços... mas despedaçar-se pode ser consequência de falta de preparo emocional. Normalmente quem busca completar-se, quer na verdade preencher seu vazio... e não faz muito sentido chamar isso de amor.
É normal e humano desejar algo ou alguém causando inquietude em quem somos. Alguém que nos ative e remova nosso sono, mas é fundamental que essa pessoa jamais seja nosso amor maior. Você deve ser seu primeiro e mais intenso amor.
Não compre a filosofia da metade, pois é por causa das metades que o mundo anda tão incompleto.
A vida pede mais gente inteira transbordando umas as outras.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin
1 compartilhamento

Cortinas fechadas

Sinto tanto por quem não sente. ..
Por quem tem ausência de sintomas de alegria.

Sinceramente, entre a gente tem tanta gente sem nostálgia.

Sinto muito...
Sinto até o sentido do que "sentido nem faz". Sentimentos de vida, sintomas de paz.

Cá estou, seguindo um sentido único. "Uma só direção". Na certeza de que a verdadeira felicidade está de caso sério com a minha emoção.
Sinto por quem não sente, e mente que está sentido. ..
Sinto por quem finge amores que necessitam de platéia aplaudindo.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

O pássaro e o menino

O menino ao léu cantarolava.
O pássaro em seu ninho se perguntava:"de onde vem esse som que muito me agrada?"
Seguiu a sonoridade, e chegou até uma janela.
Nela o menino brincava.
E como quem não quer nada,
o pássaro se aproximou.
Chegou junto ao menino, e em sua perna assentou.
Começou a cantarolar nos intervalos que o menino não completou.
O pequenino fascinado ficou.
Oras. Estava fazendo dueto com uma ave que pousou!
Um som magnífico soava.
E ao longe a música era ainda mais bela, pois tinha o eco do espaço adornando aquela A'cappella.

O pouso...
A pausa...
A canção.
O pássaro e o menino cantavam ao coração.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Um homem, só se torna realmente um HOMEM, quando compreende a extrema importância que é Ser um Menino.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Silenciar a alma nem sempre acalma

E quantas vezes você segurou o choro, a opinião e tudo o que te magoava?
Quantas vezes deixou acumular detalhes que te incomodavam numa relação? Não disse o que pensava, muito menos o que sentia por medo de ocasionar problemas maiores?
Quantas vezes você pensou que o silêncio fosse a melhor decisão?
As vezes o silêncio é uma burrice, ele aborta explicações, clareza. Acumula mágoas e rancores, ele fere e adoece emocionalmente muita gente.
O Silêncio é um remédio que controla a doença, mas ele não evita acidentes.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

No espetáculo da vida todo mundo é artista. Alguns escrevem seus próprios roteiros, outros improvisam em cena... E o improviso é um talento, onde até o desatento ganha atenção.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Quanto de verdade existe na sua mentira?

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

ACAL'MAR
(F.Franklin)

Eu que sempre tive medo de "navegar".
Deveria saber que o mesmo infinito que assusta a alma, é o oceano que o espírito acalma.
E nesse risco de tempestade em alto mar, meu medo real é o de se derramar ao me aventurar nos mistérios do a'mar.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Terra
(F.Franklin)

Eu sou alma literal da TERRA.
Símbolo sagrado da transformação.
Terra que em minha infância
Fez parte de todo meu chão.
Que nunca me fez esquecer que nessa vida, não vale qualquer coisa para "sobreviver".
A Terra que um dia grudou em meus pés
Me mostrou a beleza da mudança de quem acredita.
De quem tem fé!

E nessa insanidade humana...
A Terra ensina que de poeira a lama
Posso ser ambas, em uma só.
Basta não me esquecer que em essência; não sou mais do que mero pó.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Passarela
(F.Franklin)

Pessoas...
Passos...
Peneiras.
Sucesso...
Fama...
Dinheiro... Os contrastes sociais
São cores diversas misturadas numa aquarela.
São diferenças gritantes...
Num desfile bizarro na passarela.
E nesse desfile da vida,
O sucesso é sempre distorcido.
Felicidade tem preço, o poder tem certeza, e o amor é sempre indeciso.
Nessa passarela absurda.
A imprudência é gritante... Até a justiça é cega e surda.
Mulheres se jogam na busca pela beleza perfeita. ..
Homens se entregam a busca por poder descabido.
Jovens ostentam o vento...
E todos nós, nos achamos "sabidos". Donos da razão. ..
da nossa própria "verdade". Aceitamos consumir lixo, e vomitamos futilidade.
Passam os anos...
Passam os dias...
E a gente acaba fazendo o que disse que não faria.
Nos vendemos aos poucos para aquilo que não deveria, e reclamamos das conquistas "vazias". Cada passo dado, deveria nos levar a evolução, mas a gente se distrai com o supérfluo fulgás, e até com as mentiras da televisão.
Vida sem pausa, sem pensamento, sem reflexão e sem auto conhecimento...
É vida na passarela da ilusão.
E nesse desfile de ego,
O agora se faz insano. ..
Todos vivem sem sonhos...
sem brilho nos olhos e sem planos.
Uma vitrine da ausência de "Ser".
Onde o ser humano. .. não se empenha para o "saber", e como resultado se afogam na falsa felicidade de apenas "ter".

Fernandha Franklin
1 compartilhamento

Poesia da Alma
(F.Franklin)

Poesia nunca foi só texto.
Nunca foi só rima.
Nunca foi só palavra e tema.
Poesia é arte...
textos são poemas!
A poesia é intrínseca
é íntima...
Ela é sempre a heroína
Nunca a vítima.
Do jogo de palavras de menina à sagacidade e tormento do poeta.
A Poesia as vezes se conclui!
mas quando é intensa
Ela é sempre incompleta...
Poesia é a arte profunda,
de quem não deixa de acreditar.
É a fé absurda de todos os capazes de "esperar". A Poesia é a arte inocente
escondida no segredo, no sagrado,
no subliminar.
É a maturidade envolvente de quem ama o pássaro e o deixa voar.
Por que Poesia também é a confiança que a ave ira voltar.

A Poesia não é só isso.
Não é só um contexto periférico.
Ela pulsa, e salta dos quadros, platéias, canções, silêncio e de toda cena abstrata.

A Poesia sempre grita, sempre fala.
olhe a Poesia em todo lugar.
Eis divina ou maldita!
Por fim a Poesia é sempre a essência que se usa para enxergar além da escrita.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin
1 compartilhamento

O sol
(F.Franklin)

Eu sou apaixonada pelo atrevimento do sol.
Sou enfeitiçada pela forma como ele invade os lugares mais incomuns.

Quase sempre ele é "Bem vindo", mas ainda há quem use cortinas escuras para bloquear sua entrada.
Cortinas do medo!! Bloqueiam o toque do sol igual quem não se permite ser tocado por outra alma.

Mas como bem se sabe...
Existem também os lugares onde o sol não pode chegar, e são esses os lugares onde seus raios são esperados, desejados. .. quiçá até venerados.

E essa é a grande ironia da vida: Valorizar o que não é possuído.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Quadros
(F.Franklin)

Lá estava ele, pendurado numa parede imóvel, o enfeite na sala de estar.
Mas afinal, de onde veio?
A imagem tingida, as cores entrelaçadas...
A harmonia, e o conceito. ..Não surgiram do nada.

Antes de carregar uma história, antes de se tornar vivo, uma imagem animada ou triste, o quadro nasceu no interior do artista.

E alma de artista é sempre pulsante e inteligente.
Sonham, criam situações e cores, cenas surreais e cenas de amores... depois tudo se materializa.

Eu ganhei um quadro em grafite, mas minha'alma o via colorido!!!

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

"Saciaguar"
Definição: Deliciosa sensação de matar a sede exclusivamente com água.

[Fernandha Franklin]

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Quando o fim pode ser começo
(F.Franklin)

Ele jamais poderia fazer ideia que sua vida mudaria no dia 18 do mês 03 do ano de 2014 logo após uma das reuniões de negócios mais importantes que já participou. A reunião que definia seu novo rumo profissional. Mas nem mesmo um salário significativamente mais alto, o cargo mais cobiçado e a nova promoção puderam mudar a importância que a vida passaria a ter.

De um dia para o outro recebeu o diagnóstico de uma doença terminal.
Foi avisado que sem tratamento morreria em menos de 9 meses.
A terapia era forte, e seria inevitável o enfraquecimento e desgaste físico em todo seu corpo.
Ele não estava disposto a isso, mesmo sabendo os riscos que corria.
Abriu mão do tratamento e foi apenas viver. .. como se estivesse nascendo sabendo quais coisas deveria valorizar.
Quando se sabe que a vida está curta, os dias são mais intensos.
Decidiu então, montar uma lista das coisas que iria fazer; e fez (exceto a última).
Nas primeiras linhas escreveu:
-Se amar mais.
-Dizer e demonstrar a família o quanto os ama.
-Observar o por do sol, o brilho da lua refletido nas ondas do mar. -Reencontrar "aquela" que um dia ele não soube como amar.
Uma lista de desejos simples era sua existência.
Em pensar que num dia ele corria atrás só do sucesso e da razão...se entregava a problemas que lhe tapavam a saída. .. E na ironia dos fatos, num flash, foi a morte quem lhe devolvia o sentido da vida.

Ele não tinha "muito tempo", mas tinha sede por viver, e saciava-se nas coisas mais simples.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin
1 compartilhamento

Louco
(F.Franklin)

Um medo de cada vez.
Menos explicação sobre a conduta.
Mais Beijos e abraços durante a luta.
Menos desprendimento e menos culpa.
Vai com calma "senhor Cortês"
A vida tem reviravolta...
Sei que a preferência é por mais ousadia e menos sensatez.
Afinal tudo é um espetáculo ao longo do dia.
A gente só dá certo quando assume mais riscos e menos rebeldia.
Mais doideira e menos poesia.
Pelos menos nessa tarde vazia ou em madrugadas longas e frias.
A distância é detalhe, é pura magia. Dá leveza pra alma, e mesmo sem contato arrepia.
Eu ando sendo insanidade, brincadeira, diversão, raridade e alegria.
Se quer participar, entre!
Mas entre sabendo que sua existência não faz a menor diferença para a minha companhia.
Compremos a loucura, e nos tornemos
loucos que brincam de pique esconde em plena luz do dia.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

O homem sem face
(F.Franklin)

Sabe quando você se olha no espelho e seu reflexo denúncia suas belezas e falhas?
Pois é!
O homem dessa história, não se refletia... Ele tinha corpo, mas não se via.
Ele tinha espírito, mas não o sentia.
Ele era um rei, e sequer o reinado exercia.
Ele era manipulado, por uma hipócrita e sanguinária aristocracia.
Ele parecia astuto. ..
Mas nem percebia que aos poucos seu brilho e sua verdadeira nobreza se esmorecia.

O homem sem face
Se olhava nas águas claras do lago da vida...
Mas não se sentia.
O homem sem face
Nem sempre foi assim.
Naquele reino encantado
Um feitiço foi lançado
Para que somente ele não pudesse mais se ver.

O homem sem face então. ..
Deixou de ter vida para "sobreviver".
A face...
A foice...
A regeneração.
O homem sem face só precisava encontrar um amor verdadeiro para anular a maldição.
E esse amor não era
Aquele da princesa encantada
Aquele romance utópico...
O homem sem face, só precisava encontrar novamente. ..
O seu amor próprio.

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin
1 compartilhamento

Mentiras de verdade
(F.Franklin)

Mente...
Todo mundo mente (Lúcida ou inconscientemente)

A questão é que quase não nos importamos com as mentiras que contamos. Não as julgamos insolentes.
Só nos incomodamos com as mentiras que contam pra gente.
Mas sabe!
Toda mentira tem um pouco de verdade.
Afinal, tudo aquilo que se inventa. ..carrega um desejo de realidade.
Deixar escorrer segredos, entre a alma...
Entre os dedos.
Tem mentira do mal,
Mas tem mentira que é só medo.

Passou o tempo que tinha que passar.
Chega-se o tão esperado dia.
Você inventa formas de se proteger com ações que antes nunca faria. .. A mentira nasce espontânea no "Tudo bem", no "não foi nada não", no "que cabelo lindo", ou no "eu não quero isso". É lamentável, mas mentir se tornou natural, quase como o ar de quem respira. ...
Por isso antes de julgar prefiro te perguntar: Quanto de verdade tem na sua mentira?

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Me perguntou qual o dia mais importante da minha vida.
Respondi: -Hoje!!!
Ele questionou: "Mas o que tem de tão importante hoje? "
Conclui:-Todas as oportunidade do mundo!
(F.Franklin)

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

Havia barulhos no porão, e todos temiam que fossem fantasmas.
Eu que sou alérgica, temia que os fantasmas fossem gatos.
O medo é tão relativo...A coragem também!
[Fernandha Franklin]

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin

As pessoas consideradas "fisicamente" bonitas, e que possuem o ego elevado por conta disso, deveriam entender o quanto de ilusão há nisso. Por mais que despertem atenção e atraiam olhares de admiração... esses olhares não podem chegar na alma.
Sábios os que não se enganam pelo reflexo do espelho, pois sabem que a velhice é a moeda de igualdade.

Um dia "feios" e "bonitos" usufruirão da mesma aparência.

Não há beleza mais "bela" que a essência, e nem encanto maior que a humanidade.

Fernandha Franklin

Fernandha Franklin
Inserida por nandhafranklin