Ezequiel Barros

1 - 25 do total de 40 pensamentos de Ezequiel Barros

O meu pensamento em te é a minha lanterna para a felicidade.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Já faz um tempo
Que pela estrada, estou,
Andando alem da calçada
Vivendo, o que a vida me tornou.

A cada dia estou bem perto
Tal como hoje, festivo e risonho,
Na mesma linha da conquista
Bem dado ali, no lado certo.

Do certo ou errado, tanto faz
Se a vida me quer esculpir,
Sairá de dentro pra fluir
O que por muito sou capaz,

Mais pra onde ira este eu sou?
A onde estará o que tanto almejo?
Visto que ando e mais longe eu vejo
Este pedaço, que na estrada me sobrou.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

EU FIQUEI FÃ 15/09/2017

Deu arebento
a esta colina,
uma vida florence
que mi facina,
não seria legal
se assim não foce,
esta vida humilde
sem corroua e sem palacio,
desta rainha guerreira, hooo! doce
mulher que a vida mi trouce.
fiquei fã de grade ancio
fiquei fã da docura
a mulher que bem mi quis
o Deus oferecer como companheira,
fiquei fã, e fã sou, e de tanto
sorri e sonhar, eu desejo
ser-te amigo para sempre.

Feliz anivessario Esmeraldina Gomes e Aixa Semedo.

Actor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, Vindo e Vivendo

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

A PROTECTORA 05/10/2017


Advogada das causa perdidas
imaculada, mãe das milhares
vidas sufocadas e sofridas,
aos das brasas, destes forasteiros pecadores.

Por mais que a vida acha-se
um Juiz ao Adolf Hitler,
coração nenhum guardeasse
um amor maior quanto ao seu.

Como a luz, a mim vem as tuas palavras
aqueles clamorosos conselhos,
"O caminho é estreito, mas a vitória é certa"
Lembrando-me das sagradas escrituras.

Por esta vida, vida á vida
rasgas-te os céus para ter
um mundo melhor pra viver,
onde, mais um ano te marca, nesta caminhada.

"Os céus e terra passará, mas a minhas palavras não"
Feliz Aniversario Tia, Serodia Soares

Autor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

ELA É UM AMOR DE MULHER 18/09/2017

Andei, pelo mundo
e tanto fiz pelo o que sou,
hoje, eu sou aquele miúdo
que por ela se apaixonou.

Ela é a personificação de mulher
a causadora, do indestrutível amor,
dando razão ao ventre que lhe formou
linda e surreal, a detentora do poder.

Bom, é o vento que por cá passou
e ai, menina cresceu e se formou,
mulher, um eclipse de Deusa e humano
aquela que causou em mim todo esse dano.

Meu pequeno relógio saltitante
que só thuc! thuc! thuc!, a cada instante,
mas não por hora ou por segundo
é de felicidade, por fazer parte do teu mundo.

hoje, és uma mãe incrível
que por lá onde vais, o amor transborda
imunda, tal como na minha vida é visível,
já agora, deu arrebento e a família tenho alargada.


Actor: Ezequiel Barros.
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

A VIDA ENSINA 17/11/2016.

A vida é um círculo binário
Onde não falta emoções tristes,
E lotada dos doces estantes alegres.
Alegres e tristes, um tal bizarro.
Procurei mistério na minha existência
Um sentimento, uma paixão, amor quente,
Quis a vida ser bondosa com fragrância
E trouxe o mirabolante ser deslumbrante.
Mas prá quê ser o que é,
E voltar prá estar, sendo o que eu não foi ?
Se por entre os dois lados eu fico,
Vivendo e revivendo o que no coração dói ?
Ah! agora eu sei, pois, já sei e muito bem
Que a vida só traz o que não tivemos,
E se trouxer de volta o que já tivemos, levará também
Tudo o quanto por muito almejamos.
Nessa vida de novo, ela se foi.

Ezequiel Barros.
Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

O IMPERIADOR

Nasceu no ninho dos deuses
E dentre os imperadores cresceu,
Cumpriu como um rei, regras e deveres
Mas humilde e modesto viveu.

Por outros reinos andou
Percorreu o mundo sozinho,
Deixando na lembraça um vida
Ampla, lavrada por um história,
Que sozinho nunca viveu.

Eis! a água fria corrente,
Que de longe percorre,
Os rijos, e os longos anos
Nas veias destes sere.

A beira da estrada
Passo, a passo a vida,
Neste estreito talho do dia
O imperador erguera a coroa,
Onde um novo reino selar
A era do Cruznel o gladiador.

Actor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

O MEU REFLEXO 13-06-2017


Marquei a minha infância
como todas em comum,
com brincadeiras, brigas e danças
num lugar perto de sitio nenhum.

O meu reflexo, era toda esta vida
lado a lado, ao mesmo andar,
desta existência espamparada,
claramente vir aval ao amanhecer.

O meu reflexo, é esta amizade doentia
ferros, peculiar, e mirabolante compartia,
O meu reflexo é esta história, que vida!
de lutas, esforços, conquistas e vitórias.

O meu reflexo és tu meu amigo
companheiro das guerras sanguinárias,
o irmão inesquecível deste reino, o antigo
da hera do Edjelson Whaity, o ILUSTRE.

Ator: Ezequiel Barros
Indo, vido e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

TÃO PERTO DE TE 30/05/2018

Foi um dia de sol
um tal mirabolante
naquele instante, achei graças em te
uma luz divina, um sentimento.

Háaa! sombras, que desgosto
alma perdida no vazio deste esgoto
que por muito te quis sem duvida
trazendo a liberdade a esta vida.

Hoje, já és o meu firme solo
espelhando a vontade de Deus no ar
algo que me traz tanto consolo
pois se Deus quer, o Homem pode sonhar.

Cá estamos nós, juntos e prontos
sendo eu o teu e tu a minha,
formando um só reino
sendo tu a minha rainha.


Autor: Ezequiel Barroz
Estilo: Indo, vindo e vivendo

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

O PAPAMANO 05/05/2017

Na luz que trilhou a vida
rasgando os dias sofridos,
nossos, os mocinhos maltrapilhos,
ensopados pela existência molhada.

Lá, na era do pijama
chilola, do carro de garrafa
a zazá, e do sete ás dezoito, a cama.
nasceu um sentimento, o papamano.

Papamano, foi o pai das causas perdidas
o remédio das doenças sem curas,
foi o companheiro dos heróis solitários
foi os olhos, as mãos, a cabeça e a mente.

Papamano, és tu cuidando de mim
sentido as minhas dores, e sendo forte,
exprimindo lá do fundo a mesma sorte,
papamano, és tu meu irmão.

Autor: EZEQUIEL BARROS.
Estilo: Indo, vindo e vivendo

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

SÓ EM TE

Andei pelo mundo fora
Nas águas claras reluzentes,
Desta vida sugada, pura,
Varida, rasgada a dentes.

Já vi gentes ruins e boas
Que amam, que cuidam,
Gentes posturadas, e amadas
E também gente que andam
Como tu, pelas estradas da vida.

És tu, Mãe, irmã, amiga, e filha
Otimista, gentil, solidaria e família,
Graciosa, conselheira a estrela guia,
É quando falta palavras, és uma maravilha.

Pedia a Deus protecção
Pedi que me desse alegrias
Resumidamente ele meu deu a tua mão
Os teu cuidados todos os dias.

Actor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

TRISTE 19/06/2018

Ondas de vento
me embalam o pensamento,
a cabeça fervendo em dor
de joelho clamo, clamo, por favor.

Triste, triste, bem triste
estou sofrendo fora do tempo,
lamentando, na estrada ora escolhida
indo bem longe da terra, do lar, e da vida.

hooo! tédio, dor, ódio, rancor
coração enorme neste peito atarracado,
de quem já foi e permanece parado
nesta lar de nunca, que ganhou em suor.

Triste, seguindo a mesma linha
rumo a arena do destino medonho,
levando cravada a tatuada pátria minha
a uma vida incerta que me venho em sonho.


Autor: Ezequiel Barros
Estilo; Indo, cindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

O teu corpo quente em mim, é o meu inferno psicológico. Ezbnd/ideias.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Dias apóis dias 03/08/2014

Dias apóis dias
E noites claras em formas de ideias,
Trago a este mundo belos sonhos
E uma vida vivida ao medonho.

Tracei o meu futuro ao crescer
E tive o medo de regar ao seco a minha existência
Mas o destino no meu caminho avores fez crescer
Que só dá frutos de trirar a paciencia.

Lambosei-me em cada colheta amorosa
E depois, mendiguei por longos messes sem colher
Graças a bendita Dona Rosa
Que tudo deita no lixo atá a filha Julieta.

Hoje, sou policial desta realidade atual
Trago-voz leis e ideias sobre o bem e o mal
Sofrendo assim as inflações deste animais
Que também tocaram nas peles dos imortais.

Vagabundei neste mundo triste
Rasgando cada canto com lei-ser,
Deste olhar vazio e doente
De quem vive o sonho e sonha na vida.

Autor: Ezeqeuiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Não sei se digo 24/06/2015

Não sei se digo
Tudo quanto eu sinto,
Ou se simplesmente mendigo,
Por dizer, tudo o quanto eu penso.

“Novos tempos, novos ventos”
Novas luzes, novas ideias,
Quis a vida me encostar nos cantos
Por isso sobrevivo-me das doces lágrimas.

Não foi por ter me calado
Ou por sentir o que eu não podia dizer,
Foi por dizer o que sinto e ter guardado
As minhas doces palavras nestes poemas.

Haaa! Se eu pudesse revelar
Se os centavos me bastassem para poder editar,
A alma de Nelson Bandela, descansaria em paz
E as palavras de Alda culminariam, eu sou capaz.

“Há tempo para tudo. “
Sim! Só não há um tempo para o tempo,
Por tanto esperar fiquei mudo
Então, eu não posso dizer, eu vou escrever.

Autor: Ezeqeuiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Não sei se errei 01/07/2014


Tudo quanto eu tive
Tudo o quanto eu fui,
Me tornou neste patife
O medonho representante do Rui.

Outrora esta vida falhada
No cordão da Baía de Ana Chaves,
Trouxe-me a tristeza, que balada
Foste tu, hooo! Vida vivida por amores.

Sondada pela imporesa
Da satisfação iludida,
Pelo amor com génio de alteza
Este mal feito mais que bem faz a vida.

Não era para que ter
Tudo o quanto eu tive que viver
Se o que sou, foi porque errei,
Então, errei por viver o que eu sou, um ser.


Autor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

O meu lamento 27/09/2013

Lamento por ser o que sou
E por tudo que a vida me roubou,
Por não ser o filho que ela sonhou,
Sendo eu o motivo de tanta dor.

A fúria do inimigo me debela
De regresso estou na decepção,
Trago a tristeza de sobra na mala
Para essa guerra emocional sem razão.

Lamento, tanto tempo nesta liça
A procura da paz e de compaixão,
Tenho furos na cabeça
Resultantes da explosiva depressão.

Eu quis ser um de vós
Um idealista intelectual,
Com ousadias e opiniões
Foi o que me fez em um anormal.

Hoje, me convem ser burro
E saber o selo com perfeição,
Do que ser um inteligente goleá
Desconhecendo o uso da razão.

Autor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Um tempo mais 26/11/2015

Cheguei a abismo
Desta vida iludida,
Com os olhos de quem mi viu
Vindo de longe, lá do nada.

Lá na inocência do Monge
Fazendo do sorriso o Buda,
Regalando o meu alto estima
Na face daquela gente que comigo foge
Desta guerra emocional, que se aproxima.

Mais um tempo
Para o meu tempo,
Mais uma vivencia
Para a minha inocência.

Eu quero levar o meu tempo
De tempo a tempo, ao andar do tempo,
E trazer a este novo tempo, bons momentos
Dando ao amor um tempo mais.


Autor: Ezequiel Barros
Estilo: Indo, vindo e vivendo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Independência. 12/07/2018

Foi pela liberdade
Que a rebeldia surgiu,
Um selo marcado nesta cidade
onde a escravidão sucumbiu.

Uma história escrita com sangue
A memória dos negros quilombolas.
Um batalhão com Machim e cassetete
De armadura negra, tatuada e reluzente.

A independência se constrói
Gritos de liberdade arrastados pelo vento,
Das cinzas, nasce a esperança do povo
Robusto, vitalício, uma nação de heróis.

Com gritos e dor, se faz a história
História de uma povo sofredor,
Cada tiro, um machina sem dó
Espalha sangue, deixa macha na mata.

Ainda hoje ouvisse gritos lânguidos
Gritos e gritas, gritos de liberdade.

Autores: Ezequiel Barros / Lisinaite Vaz
Estilo: Ezbnd/ideias.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Eu lamento

Ter estragado
todos encantos
dos meus sonhos
sem antes ter acordado.

Lamento,
ter cido o que fui
e por não ter a honrá
de ser-te homem, e tanto,
pois eu nunca á merece.

Lamento ainda,
olhar pra trás e ver que lutei,
esforcei e mudei
por um amor maior,
e não soube onde procur-lo.

Serei a te grato
por ter mi dado
este horizonte, sendo
tu, o rio que atravrsa o ociano.

Serei grato,
porque em te encontrei
a essiencia do amor,
e nunca ter cido amante.

Eu lamento em dor
por aquilo que não fiz,
e por tudo que fiz
em prol do nosso amor,

Hoje eu sei o que amor
é o íman que me atrai, pra você.
Me perdoi por te amar.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Te conhecer me fez viajar em teu universo, procurando o ideoma ideal pra descrever o amor.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

A esperança o vento de soprá do norte de tempo em tempo.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

O que intenso fica na intensidade, e passa.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

Tu és o luar

Tu és o luar
No qual,
Eu pode selecionar
Na mente,
Os grão de alegrias
Que eu vivi.
Te encotrei
Numa noite clara
Onde eu pude
Achar a luz o astro
Que em mim
Reflete o amor.

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros

DOUTOR

Doutor,
Tenho duas espinhas na alma
Pois sou africano,
Percorri o a escravidão
Cheguei a independência
E agora durmo ali no chão,
Coberto por racismo
E a minha vida com certeza
Esta é amante do sofrimento.
E olha pra estes meninos
São meus por tristeza,
Esta mais nova é São Tomé
Não conseguiu andar
E contenta-se no leve-leve
Empurrada pelos irmãos e amigos
Nem sei se um dia estará em pé,
E a Nigéria, a justiceira
Ela corta os seus dedos
Por serem diferentes, a todos
E diz ser Boko Haram,
E ainda chora,
A mais chorona é a Etiópia
Depois Mali, Sudão e Quênia
Dói-lhes o estômago por fome
Sabes essa doença, o come-come?
Os gritos recentes
Foram de Moçambique
O seu rosto imundou-se
E ela chora amargas lágrimas
Pois a chuva que lhe tocou
Era de gotas ácidas e quentes.
– Mas vocês ainda são sorridentes
E andas, não te incomodas?
A esperança me ajudou
Me trouxe o poço da fé "Jesus"
E nele eu bebo águas de alegrias.
Doutor, sabias que pra estas doenças
Tristeza e sofrimento
Um dia acharemos curas?

Ezequiel Barros
Inserida por EzequielBarros