Éd Brambilla

Encontrados 18 pensamentos de Éd Brambilla

Mergulhar no profundo do que se é e buscar o que verdadeiramente se quer, exige esforço de uma retidão precisa.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

A sorte, muitas vezes, é de uma sordidez de dar nó na garganta. Ela é quem faz as escolhas, apesar de todo livre arbítrio que se julga ter.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

A solidão mais triste é aquela que, mesmo cercado por uma multidão, habita na alma com uma inconsciente vontade do que se quer. E o invisível do que se quer prolonga-se em flagelo de punição.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

... a crueldade do tempo consiste no fato de não voltar atrás. É uma regra necessária para que toda história não se torne repetitiva demais. Cada um que se preocupe em cuidar do próprio tempo.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

Acontece que nem tudo o que se quer acontece como se quer, o que pode ser uma deliciosa surpresa.

Éd Brambilla

Saudade tem gosto de restinho de mel no fundo do pote; dá até desespero jogar o pote fora; quem já fez acrobacias para lamber esse restinho de sonho, sabe do que estou falando.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

Confiança tem gosto cítrico de fruta que precisa ser comida com cautela, como o abacaxi, que, quando comido além do necessário, machuca os lábios e faz sangrar.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

A palavra verdade é pesada, tem gosto de metal frio; talvez seja essa a razão pela qual é tão temida, principalmente pelos mentirosos.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

Experimentar o gosto do que é abstrato é um exercício de fé; e fé tem gosto de tudo o que é sagrado para cada um. Eu tenho fé.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

A amizade é de essência flutuante, é um gosto que se capta no ar; não é fácil, há que se ter paladar apurado para saboreá-lo em diversas formas.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

Na brevidade do tempo, somos estrelas com tempo contado.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

É mágico o amor em suas diversas facetas, assim como são facetas os momentos tantos em que sentimos necessidades quase surreais de expressão de entrega.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

Aos que morrem de tanto ciúmes, melhor para quem fica. Para os que morrem de inveja, já vão tarde.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

A velhice tira das pessoas tudo quanto é direito que se leva uma vida inteira para conseguir.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

A mente pode ser o pior cárcere para um condenamento sutil: o corpo caminha livre para todas as direções, porém, por dentro, enxerga-se através de grades.

Éd Brambilla

Solidão é ausência de sonhos próprios.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

Muito do que ficou para trás não era importante, não encontrou verdade que lhe atestasse porque não era essencial.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla

O depois é matéria-prima da não-matéria, é coisa de adivinhação.

Éd Brambilla
Inserida por edbrambilla