Diogo Crescenti (Don)

Encontrados 6 pensamentos de Diogo Crescenti (Don)

Não é certo fazer
da sua palavra, o meu ser
Da sua voz,
o meu desejo
Não é certo, querer somente
o que seus olhos veem
Não é certo, querer e fazer
somente sua vontade
Esquecendo assim,
a minha liberdade
Deixa-me te amar,
como sou
Encher tua boca
com meu beijo
Satisfazer assim,
todos os desejos
E te amar

Diogo Crescenti (Don)
Inserida por don2005

Que sou eu

Nao quero ser julgado por circunstâncias
Não quero ser amado pelo que possa ter
Se quer saber quem sou, me conheça de verdade
Não busque quem sou nos outros, em palavras ditas
com a razão, pelo momento, pela raiva ou interesse.

Não me veja com os olhos do orgulho, nem do desamor.

Há "Diogos" em mim que eu proprio não conheço,
Morreram "Diogos" em mim que jamais os reconheceria
Na busca do amor e compreensão, me transformei.
Como pode alguem me julgar sem saber quem sou hoje.

Para crescer a cada dia
e acreditar que podemos nos transformar
Devemos a cada dia, amar!
Experimentando o amor incondicional
Não ter auto-piedade
Devemos buscar a Luz Divina
Temos que perdoar, compreender e amar
Amar sem medo, sem rancor
Esquecermos da soberba que nos cega
Compreendermos que temos o livre arbítrio
e a cada respirar, temos diferentes caminhos
a seguir.
Cabe a nós escolhermos e arcar com a escolha feita
Lembrando que a cada respirar, temos oportunidade
de fazer novas escolhas.
Assim temos a certeza que podemos nos transformar
a cada segundo de nossas vidas.

Diogo Crescenti (Don)
Inserida por don2005
1 compartilhamento

Ainda há tempo

Se quando olha para tras,
ve que sua vida nao valeu
Que gostaria de reescrever sua história
lembre-se que o passado não muda
O presente esta sendo vivido,
seu futuro te pertence.
E a partir de agora, poderá reescrever
sua historia, partindo de sua nova vida.
Se quiser abraçar um amigo,
Andar descalço
Refazer seu amor
Ainda há tempo, estas vivo.

Diogo Crescenti (Don)
Inserida por don2005

Meu Mundo

De repente, me vejo num planeta,
um planeta que criei longamente
No mundo dos abraços
No mundo dos teus braços,
nao tem lua nem estrela
Não tem eira, nao tem beira
Não sei se é amor se é paixao,
que confusão
É meu mundo, minha namorada,
terra estranha, por mim habitada
Meu planeta, minha namorada
Terra estranha por mim habitada
É o começo, meu fim, meu meio
Perco minha vida
e me enterro no seu seio
É meu mundo, minha namorada
Terra estranha por mim habitada
Um planeta, sem lua nem estrela
Um planeta, não tem eira, nao tem beira
Neste mundo
Finquei minha bandeira
Meu planeta, minha namorada
Terra estranha,
por mim habitada

Diogo Crescenti (Don)
Inserida por don2005

Algo mais

A vida que leva
O Nada leva a nada
A Incoerência de seus atos, adormece sua busca
Deixando marginalizado seu puro desejo
A incoerência de seus atos, alimenta seu égo,
Adormece sua mente.
Viver é algo mais que possuir.
Ela não ama a vida que leva, que a nada leva.
Na fruição de seu corpo., ele te possui
e quando sua mente dele necessita, se nega.
A busca esta dormente, a incoerência de seus atos
adormece sua busca e a nada leva.

Diogo Crescenti (Don)
Inserida por don2005

Refazer-se

Tem certas coisas, que a gente sente,
E não sabe dizer o porquê.
Mudar tudo que sinto e não sentir você.
Onde estão as promessas?
Onde estão os desejos?
Onde esta você, onde esta você?

Falsa promessa de vida
E eu que gostava da vida
Onde esta você?
Onde estão os porquês?
Tem certas coisas que a gente diz.
Sem entender o porquê
Refazer o que sinto e não sentir você.
Onde estão as promessas?
Onde estão os desejos?
Onde esta você?
Tem certas coisas que a gente sente
Sem entender o porquê.

Voa meu pensamento.
Voa meu sentimento.

Diogo Crescenti (Don)
Inserida por don2005