Daniel Carvalho de Oliveira

Encontrados 3 pensamentos de Daniel Carvalho de Oliveira

Mudanças são necessárias. Reciclagem não é só no meio ambiente, mas também no ambiente do nosso ser.

Daniel Carvalho de Oliveira
31 compartilhamentos

"Infelizmente, há pessoas que não criam sua identidade, dependem da opinião dos outros, pois não têm sua própria. São influenciados, pois a ignorância dentro deles exala. A ignorância nos impede de questionar, de refletir e criar nosso próprio ideal. Mudam de repente seu círculo de amizades, e mudam também suas opiniões e seus conceitos. Literalmente, eles não têm identidade, usam uma "falsa identidade" para esconder o mar de tristeza dentro de si próprio. Falando o português claro: são "Maria-vai-com-as-outras". Esses são a decepção da sociedade!"

Daniel Carvalho de Oliveira

Amar ao próximo não é apenas dizer com todas as letras que possui respeito pela diferença dos outros. Amar ao próximo não é apenas pensar que tudo está bem, já fiz minha parte, tudo bem e tudo certo! Não, não, amar ao próximo vai muito além do que pensamos, o amor é sentimento imensurável, nenhuma matemática poderá calcular o seu peso e importância nas nossas vidas. E não há outro modo de conectar as pessoas e deixá-las em uma só frequência se não houver amor, respeito, honestidade e com extrema sinceridade.
Amar não é simplesmente ser o bom profissional, nem o bom aluno. Amar é ir além de tudo, não apenas ser o bom, porém sempre buscar fazer o melhor, sem se preocupar em ser bom e reconhecido por todos. A questão é fazer o melhor e não ser o melhor! Aquele que faz o melhor é bem sucedido, com a graça de Deus tem seus passos guiados pelo Salvador Jesus Cristo. Quem faz o melhor é amado pelas pessoas, pode até possuir uns inimigos e desafetos, mas até estes reconhecem que és uma luz que transmite paz, amor, sabedoria, que és um iluminado, onde a escuridão não entra, pois você é um canal que transmite a solidariedade e a harmonia diante de uma sociedade fria, rude, que apenas se preocupa em ser rápida, objetiva, que transformou os homens em números que se combatem nas batalhas do dia a dia por brigas de ego, ocasionadas por uma suposta ascensão do orgulho infeliz às suas cabeças.
Não estamos aqui para fazer parte do jogo dos egos, não estamos aqui para sermos números, estamos aqui para fazer a diferença, não precisamos de pessoas para seguir e praticar o falso respeito mostrado pela sociedade. Precisamos de pessoas que façam a diferença, que se mostrem o canal do verdadeiro respeito, do verdadeiro amor, o amor onde não temos ambição. O amor que a cada dia leva-nos a querer, mais e mais a fazer o melhor, para todos, sem a intenção de ser o melhor. Com humildade, amor, respeito e solidariedade são possíveis conectar milhares de pessoas lutando por um mundo melhor, mas não podemos esquecer por onde isto começa: de nós mesmos!

Daniel Carvalho de Oliveira
2 compartilhamentos