Cleverson Plath

Encontrados 7 pensamentos de Cleverson Plath

Ter medo não é o fim, e também não é tão ruim assim. ter medo pode ser o começo de tudo, O medo é importante, e muitas vezes é o que nos faz continuar respirando. A partir do medo que me gera o respeito, o medo é inerente, mas pode ser divisível e transferível. O medo nos faz ter idéia da dimensão do perigo que estamos correndo. Pois é o medo de errar que me faz acertar.

Cleverson Plath
3 compartilhamentos

Quando você vai embora.

Quando você vai embora, minha boca diz adeus, querendo dizer, fica comigo...

Quando você vai embora, minha mão aperta a sua, querendo dizer, me abraça...

Quando você vai embora, meus olhos, olham nos seus, queremdo dizer, um dia te verei novamente..

Quando você vai embora, minhas pernas dão os primeiros passos sozinho, querendo dizer, queria caminhar contigo...

Quando você vai embora, Fico te olhando, até desaparecer no horizonte, querendo dizer, volta, fica mais um instante...

Então fecho os olhos, baixo minha fronte e penso que nada disso foi dito, quando os abro novamente, no horizonte eu ja tinha te perdido....

Com uma lagrima na face e um gesto meio contido, falo baixinho para mim mesmo, foi muito bom ter te conhecido.

Cleverson Plath
58 compartilhamentos

Chegou de repente, me deixou sem saída...
me fez sonhar novamente, me trouxe a vida...

Cleverson Plath
5 compartilhamentos

Por maior que seja o seu amor, ele não é suficiente quando se tem que amar por você e pela outra pessoa.

Cleverson Plath
3 compartilhamentos

Prefiro sentir saudades à arrependimentos, até que se provem o contrario, a vida é uma só.

Cleverson Plath
3 compartilhamentos

O tempo passa, mas na realidade as vezes a gente quer mesmo é que ele volte .

Cleverson Plath
4 compartilhamentos

Mulher encantadora


Passeando na calçada com toda a sua elegância ela chama a atenção de todos com sua auto confiança...

Sem ser vulgar com seu jeito de andar deixa alegria por onde passa, satisfaz o meu olhar...


Com seu jeito único, salto alto e vestido “flamejante” em seu corpo, vai deixando todo mundo deslumbrado e quase louco...


Seus olhos que dominam fixos no horizonte, sabendo aonde quer chegar, sempre com um sorriso discreto em seus lábios como se alguém estivesse a te esperar...


Ainda que fascine a todos, desde o molequinho ao idoso não se deixa levar pela soberba de estar sempre em evidencia, e assim segue passeando pela vida deixando talvez algumas pessoas tristes pela sua ausência ...


Mas Fazendo todos os dias o mesmo caminho, a tristeza passa logo, quando ao fim da tarde ela retorna e a todos novamente ela contenta...


As pessoas saem nas portas... o barbeiro interrompe por alguns segundos o seu ofício para dizer boa tarde a jovem senhora que passa...


O ciclista se desconcentra com uma mão segura o chapéu e com um balançar de cabeça a cumprimenta...


E assim nesse vai e vem... Eu que não sou bobo espero ela também... espio bem quietinho pra vê – la só um pouquinho passando devagarinho...

E se eu estiver de sorte nesse dia posso ganhar até um “bom dia” Se ela passar e me notar, ah meu Deus quanta alegria, e quando já ta lá distante, sonhei mais um instante... Um dia eu ganho essa guria.

Cleverson Plath
Inserida por cleversonplath
1 compartilhamento