Allan Roberto Regis

Encontrados 14 pensamentos de Allan Roberto Regis

Deixe vir, mas também deixe ir...

Deixe que as pessoas venham até você e lhe mostrem aquilo em que acreditam. Que elas ajam de acordo com seu próprio intimo, segundo a própria índole.
Deixe-as transbordar...

Deixe que cada uma lhe ensine, e seja grato por isto!

Algumas lhe farão sentir enlevo.
Ensinarão sobre virtudes, não com palavras, mas com ações.
Irão lhe fazer reconhecer o significado de respeito, dedicação, amizade, companheirismo, altruísmo.... amor... e tudo isto através de seu singelo modo de viver. São seres humanos apenas, mas com a essencial diferença de estarem vivos!

Deixe que cada um destes seres humanos lhe ensine, e seja grato por isto!

Alguns lhe farão sentir nojo e profunda repulsa.
Ensinarão sobre fraquezas, não com palavras, mas com ações.

Irão lhe fazer reconhecer o significado do desrespeito, da negligência, do egoísmo, da mentira, da falsidade.... da malícia nas ações, das palavras vazias e tudo isto através de seu singular modo de existir.

São seres humanos apenas, mas com a essencial diferença de não lembrarem disto!

Cada um, a seu modo, ajuda a modelar os tijolos de nossa compreensão. Não são bons nem ruins, são úteis e necessários ao desenvolvimento. Parcelas do caminho evolutivo.

Enquanto uns ensinam o que é nobre, outros ensinam o que não é, pois é necessário distinguir as diferenças. E cada um dá de acordo com aquilo que tem!

Deixe que cada um destes seres humanos lhe ensine, e seja grato por isto!

Que transbordem!

Deixe vir o que engrandece e desenvolve,
e deixe ir o que constrange e retarda.

Allan Roberto Regis
2 compartilhamentos

A margem da sabedoria...

Atravessa o mundo um rio tormentoso...

Suas ondas são agitadas... sua correnteza... poderosa...
Da margem em que estamos, ansiamos atravessá-lo... mas temos medo e, o medo paralisa...

Respiramos de modo profundo e pacífico... e nos lançamos na água... Queremos chegar a outra margem...

Entulhos na correnteza nos machucam mas, seguimos atentamente nosso objetivo...

A luta é dura, porém, vencida... chegamos a outra margem...

Partimos de um ponto em que podíamos observar as dificuldades da vida, placidamente, e nos lançamos contra elas... Na batalha contra o rio da ignorância alcançamos a outra margem...

A margem da sabedoria...

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Sê rigoroso e descobre uma causa pela qual vale a pena lutar... E segue em frente!

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Amigos são uma possibilidade do caminho, não o objetivo da caminhada!

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Ainda que por algum tempo a gente tente e queira, do melhor modo possível, ajudar em um ou outro momento e situação, aos poucos cada um de nós aprende a reconhecer o valor das próprias forças e, de certa forma, se torna "econômico".

A vontade e possibilidade de ajudar pode até ser mantida, mas é equilibrada com o genuíno interesse do outro na busca pelo melhor para si mesmo.

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Lágrimas pelo caminho apenas ajudam na limpeza do próprio caminho!

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Enxergar a crueza da realidade é a única maneira de conseguir encontrar soluções, oportunidades!

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

"Nada melhor do que deixar de lado uma mala carregada de coisas que não nos servem mais..."

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Vamos considerar o outro por aquilo que ele objetivamente é e tem a oferecer! Ser feliz é possível, basta apenas querer verdadeiramente!

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Basta um olhar diferente pra enxergar possibilidades.

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

A armadilha através da qual a autopiedade constantemente tenta nos enganar, de fato, nem tem tanta força assim... Só parece ser tão forte por nossa força de vontade, em geral, ser vacilante...

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Como ao menos um pouquinho de curiosidade deixa o mundo pequeno.

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

Essa mensagem é realmente interessante. Embora não se possa negar um pouco da verdade que ela trás, me parece útil ampliar um pouquinho a reflexão.

É totalmente natural que a medida em que eu trilho um novo caminho, aos poucos, obtenha mais e melhores impressões, informações, reconhecimentos, enfim, me torne consciente do que eu devo ou não fazer, sabendo, agora, coisas que no início da caminhada eu desconhecia.

Sendo assim, por qual razão eu deveria me prender aqueles desejos iniciais que motivaram uma ação qualquer? Desejos fundados, na maior parte, em uma visão muito diferente das coisas.

É importante distinguir entre um momento e outro, pois aí cada um de nós ganha uma espécie de chave para decodificar os significados de "teimosia" e "persistência".

Não vejo problema nenhum eu desistir de algo (muitas relações que chegam ao fim mostram o valor do "desistir"), acho que o problema real é cada um não se dedicar à saber exatamente o que quer. É desse desconhecimento que surgem desejos, fantasias; é nesse desconhecimento que se firma o medo da autoafirmação.

Não devemos ter o medo de tentar, mas também não devemos ter o medo de desistir. Só não devemos nos esconder atrás de desculpas que, por um lado, nos fazem desistir de qualquer coisa ao menor sinal de dificuldade e, por outro, nos fazem permanecer em um caminho notadamente fútil.

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis

A mais longa caminhada nada mais é que uma sequência de pequenos passos.

Allan Roberto Regis
Inserida por Allanregis