Professor Hermogenes

Cerca de 18 frases e pensamentos: Professor Hermogenes

Lendo uma entrevista do professor Hermógenes, 86 anos, considerado o fundador da ioga no Brasil, ouvi uma palavra inventada por ele que me pareceu muito procedente: ele disse que o ser humano está sofrendo de normose, a doença de ser normal. Todo mundo quer se encaixar num padrão. Só que o padrão propagado não é exatamente fácil de alcançar. O sujeito "normal" é magro, alegre, belo, sociável, e bem-sucedido. Quem não se "normaliza" acaba adoecendo. A angústia de não ser o que os outros esperam de nós gera bulimias, depressões, síndromes do pânico e outras manifestações de não enquadramento. A pergunta a ser feita é: quem espera o que de nós? Quem são esses ditadores de comportamento a quem estamos outorgando tanto poder sobre nossas vidas?

Eles não existem. Nenhum João, Zé ou Ana bate à sua porta exigindo que você seja assim ou assado. Quem nos exige é uma coletividade abstrata que ganha "presença" através de modelos de comportamento amplamente divulgados. Só que não existe lei que obrigue você a ser do mesmo jeito que todos, seja lá quem for todos. Melhor se preocupar em ser você mesmo.

A normose não é brincadeira. Ela estimula a inveja, a auto-depreciação e a ânsia de querer o que não se precisa. Você precisa de quantos pares de sapato? Comparecer em quantas festas por mês? Pesar quantos quilos até o verão chegar?

Não é necessário fazer curso de nada para aprender a se desapegar de exigências fictícias. Um pouco de auto-estima basta. Pense nas pessoas que você mais admira: não são as que seguem todas as regras bovinamente, e sim aquelas que desenvolveram personalidade própria e arcaram com os riscos de viver uma vida a seu modo. Criaram o seu "normal" e jogaram fora a fórmula, não patentearam, não passaram adiante. O normal de cada um tem que ser original. Não adianta querer tomar para si as ilusões e desejos dos outros. É fraude. E uma vida fraudulenta faz sofrer demais.

Eu não sou filiada, seguidora, fiel, ou discípula de nenhuma religião ou crença, mas simpatizo cada vez mais com quem nos ajuda a remover obstáculos mentais e emocionais, e a viver de forma mais íntegra, simples e sincera. Por isso divulgo o alerta: a normose está doutrinando erradamente muitos homens e mulheres que poderiam, se quisessem, ser bem mais autênticos e felizes.

Martha Medeiros
317 compartilhamentos

"É nas quedas que o rio cria energia!"- Hermógenes

Professor Hermógenes
219 compartilhamentos

"Se te contentas com os frutos ainda verdes,
toma-os, leva-os, quantos quiseres.
Se o que desejas, no entanto, são os mais saborosos,
maduros, bonitos e suculentos,
deverás ter paciência.
Senta-te sem ansiedades.
Acalma-te, ama, perdoa, renuncia, medita e guarda silêncio.
Aguarda.
Os frutos vão amadurecer."

Professor Hermógenes
558 compartilhamentos

A canção do sabiá continua nas árvores...
Ele canta indiferente a que haja ouvidos sensíveis à sua beleza.
Se fosse esperar quem o escute, estaria até agora sem cantar.

Professor Hermógenes
244 compartilhamentos

Culto ao Uno

Pedi a bênção a Krishna
e o Cristo me abençoou,
orei ao Cristo
e foi Buda que me atendeu,
chamei por Buda
e Krishna me respondeu.

Professor Hermógenes
297 compartilhamentos

Poema de um Amor Divinizante

Somos um, embora dois.
Assim como a flor e o perfume são, em essência, eles mesmos, a mesma coisa.
Numa única essência cristalina nos fundimos e me sinto sem forma, indefinidamente vivendo o Abstrato que traz em si o Substrato... do Imperecível, do Imortal, do Eterno, do Absoluto.
A divindade desse Amor que nos une também é sem forma, tal como Deus.
Assim, me sinto vivendo em Deus, sendo Deus, amando Deus.
Deus em mim é Deus em você!
Somos Deuses!
Eu O encontrei em você!
Que delícia!
Eu encontrei você!

Professor Hermógenes
159 compartilhamentos

Você tem um desafio?
Aceite-o, enfrente-o, aproveite-o para sua evolução!
Aceite sua situação dificil não como uma desgraça, ou como algo que vai destruí-lo, mas como condição para desenvolver suas potencialidades.
É com fogo e martelada que um pedaço de ferro bruto é transformado num objeto de beleza ou utilidade...
A falta de pernas faz nascer asas no verdadeiro homem...
a violencia da poda torna a árvore ainda mais bonita e vitalizada...
a terra cujo lombo é rasgado pelas pás do arado ganha fertilidade...
Assim é com o ser humano, os desafios da desventura podem amadurecer a personalidade...
As lágrimas que derramamos na dor não são de lastimar, pois enriquecem os dias de experiência!!!
Quero que me apresentem alguém que se aperfeiçoou, se fortaleceu em obras, fez-se herói, santo ou sábio através do prazer e na ausência da dor.

Prof. José Hermógenes
70 compartilhamentos

...tu és a semente da eternidade, do infinito... Hermógenes, Mergulho na paz. UM DOS CAMINHOS DA DIVINIZAÇÃO É REPETIR...HAM SA, SA HAM, ou seja Eu sou Ele, Ele é eu. É um mantran univewrsal que, à força de ser repetido com fé, convicção e tranquila inistência, acaba por realizar-se

Professor Hermógenes
18 compartilhamentos

É porque o Céu está tão distante que nossa alma sofre com saudade do Infinito.
Mas é por estar tão alto e afastado que pode caber na exiguidade de olhos acostumados a contemplá-lo.

Professor Hermógenes
27 compartilhamentos

Felizmente a luz da Lua não sabe mergulhar.
Fica em cima, prateando a baía...

Professor Hermógenes
20 compartilhamentos

Sei muito bem do
drama dos pássaros,
a disputar audiência
com os grandes ruídos do tráfego.

Professor Hermógenes
24 compartilhamentos

Se

Se, ao final desta existência,
Alguma ansiedade me restar
E conseguir me perturbar;
Se eu me debater aflito
No conflito, na discórdia…

Se ainda ocultar verdades
Para ocultar-me,
Para ofuscar-me com fantasias por mim criadas…
Se restar abatimento e revolta
Pelo que não consegui
Possuir, fazer, dizer e mesmo ser…

Se eu retiver um pouco mais
Do pouco que é necessário
E persistir indiferente ao grande pranto do mundo…
Se algum ressentimento,

Algum ferimento
Impedir-me do imenso alívio
Que é o irrestritamente perdoar,

E, mais ainda,
Se ainda não souber sinceramente orar
Por quem me agrediu e injustiçou…

Se continuar a mediocremente
Denunciar o cisco no olho do outro
Sem conseguir vencer a treva e a trave
Em meu próprio…

Prof. Hermógenes

Quando me tornei vegetariano, poupei dois seres, o outro e eu.

Professor Hermógenes

Os nossos erros são como professores universitários,ensinam - nos da pior forma...

Hermógenes Constantino
Inserida por hermoislove

Durante a prova os professores acham que quando perguntam:

Quem está a falar ai!?

O dito cujo irá responder o.O

Hermógenes Constantino
Inserida por hermoislove

Aluno:Concordo com a opiniao do colega :)
Professor:O que foi que o colega disse?
Aluno:Poker Face

Hermógenes Constantino
Inserida por hermoislove

Existem dois tipos de mulheres:

As que são bonitas e as que apenas tiraram pics com máquina profissional -.-"

Hermógenes Constantino
Inserida por hermoislove

“CAMELOS TAMBÉM CHORAM” – Um poema em forma de vídeo.
Queridos amigos: Trago pra este momento um convite de amor e beleza.

Este filme sobre uma comunidade de pastores de ovelhas e camelos, lá na Mongólia, no nos traz uma imagem singular. Mostram-nos um camelo chorando por ser rejeitado e sua mãe. Este belo texto que tento resumir aqui fora enviado por uma amiga: Vera Lúcia Porto Drumond e o texto de Affonso Romano de Sant’Anna “Eu tinha lido que, lá na Índia, elefantes olhando o crepúsculo, às vezes, choram. Mas agora está aí esse filme “Camelos também choram”.

Este vídeo em resumo nos traz uma cena diferenciada, temos um parto de um pequeno camelo branco. O parto é difícil ali no meio do deserto e a mãe “camela” para não dizer camelo. Esta mãe rejeita seu pequeno filhote. O filhote sem conseguir entender tenta, sem conseguir, se aproximar de sua mãe que, depois das dificuldades do parto, o rejeita. O filhote chora e se desespera por desejar ficar perto de sua mãe e conseguir mamar.

Depois de várias tentativas, a família mongol desiste de forçar a mãe “camela” a alimentar o filho. Fazer o quê diante do inusitado momento? Chamar o veterinário? Não, eles chamam o músico. Ele quando chega, se prepara enquanto é observado pelos amigos da família e pelos outros camelos ao redor.


[...] “Todos os camelos percebem uma música reordenando suavemente os sentidos. Erguem a cabeça, aguçam os ouvidos, e esperam. A seguir, o músico retoma seu instrumento e começa a tocá-lo, enquanto a dona da camela afaga o animal e canta. E enquanto cordas e voz soam, a mãe camela começa a acolher o filhote, empurrando-o docemente para suas tetas... E o filhote antes rejeitado e infeliz, vem e mama, mama, mama desesperadamente feliz. E enquanto ele mama e a música continua, a câmera mostra em primeiro plano que lágrimas desbordam umas após outras dos olhos da mãe camela, dando sinais de que a natureza se reencontrou a si mesma, a rejeição foi superada, o afeto reuniu num todo amoroso os apartados elementos. Nós, humanos, na plateia, olhamos aquilo estarrecidos. Maravilhados”.


Depois de assistir ao vídeo fiquei quieto como de costume, o silêncio e seus acrescentamentos, este é um grande valimento, saber fazer silêncio nas horas em que a nossa alma carece de uma oração ao tocar no coração do Universo. Sem medo de ser observado e visto como tolo pelos amigos, fechei meus olhos olhei bem para dentro de meu cerne e em silêncio, chorei, chorei pelo amor e pelas criaturas.
Miguel Hermógenes

Prof Miguel Hermógenes
Inserida por DraJaneCostaRebello
1 compartilhamento