33 textos para pai ausente que demonstram a dor pela ausência

Equipe editorial do Pensador
Equipe editorial do Pensador
Criado e revisado pelos nossos editores

Um pai ausente é aquele que não participa na vida do filho, seja por estar longe ou não estar emocionalmente presente. A ausência deixa dores difíceis de explicar. Para te ajudar a expressar os seus sentimentos de forma honesta e clara, escolha um texto para o pai ausente, como uma carta aberta que fala sobre a falta que ele faz na sua vida.

Pai, queria saber o que dizer sobre você. Não te conheço, sei pouco sobre a sua vida, e isso me causa uma dor sem tamanho. É como se uma parte de mim estivesse solta no mundo.

Pai, queria saber o que dizer sobre você. Não te conheço, sei pouco sobre a sua vida, e isso me causa uma dor sem tamanho. É como se uma parte de mim estivesse solta no mundo. Não vou mentir: você faz falta. Mas é uma ausência com a qual aprendi a lidar. A minha sorte é que nunca me faltou amor. Mas, vez ou outra, me pego pensando se você também pensa em mim. Se ainda existe jeito para nós em algum momento dessa vida. Pai, a sua ausência me ensinou o que nunca pretendo ser para um filho. Mas me ensinou também sobre esperança. Quem sabe um dia possamos ser pai e filho de verdade.

Pai, é difícil colocar em palavras a dor que sinto por não ter você. Eu queria ter crescido com um pai presente, e não ausente. Que pudesse me apoiar, me ensinar, guiar e proteger. Mas infelizmente isso não aconteceu para nós e não tive nem a chance de mudar a nossa relação. Afinal, nunca te conheci. Ainda assim, quero que saiba que eu o perdoo e que estou disposto a tentar construir uma relação com você. 

 Você é um pai ausente e isso eu nunca irei esconder de ninguém. Mas bem que a gente poderia tentar recomeçar e, quem sabe, curar as nossas feridas. 

O pai é o primeiro herói de qualquer criança. Quando menina, sonhava com o dia em que você chegaria com os braços abertos para me abraçar. Fui iludida por tantos anos, tive tantos planos para nós dois. Sua ausência deixou feridas que serão eternas. Não sei nada sobre você. Onde vive, se ainda está aqui ou se também pensa em mim. Você é um pai ausente e isso eu nunca irei esconder de ninguém. Mas bem que a gente poderia tentar recomeçar e, quem sabe, curar as nossas feridas. 

Pai, eu sei que você sempre foi ausente na minha vida. Isso ainda hoje me causa muita tristeza. Sinto falta de ter você, de poder dizer "pai" e de compartilhar os meus erros e acertos. Queria o seu apoio, a sua bronca, queria ter você aqui. Do fundo do meu coração, eu gostaria que tivéssemos uma relação mais próxima. Estou disposto a fazer isso, se você também estiver. A porta do meu coração ainda está aberta para você, pai. 

Todos nós erramos, isso é natural e faz parte da realidade de qualquer pessoa. Não te culpo por ter sido ausente até aqui, mas te culpo por ainda hoje não ter voltado. Preciso tão pouco de você. Cresci, amadureci e tudo o que eu gostaria era de ter a sua presença. Só queria ter o seu carinho, a sua atenção. Dinheiro, graças a Deus e à minha mãe, nunca foi um problema. Mas da sua presença eu sinto falta.  

 Pai, eu queria que você pensasse em mim como penso em você. Eu sinto a dor da sua ausência.

Pai, eu queria que você pensasse em mim como penso em você. Eu sinto a dor da sua ausência. Se um dia você reconhecer que falhou em não estar presente quando mais precisei de você, fique tranquilo. Superei tudo isso e a mágoa foi embora. Me machuca profundamente perceber os anos que perdemos juntos. Mas ainda tenho esperanças de um dia compartilhar momentos com você. Eu estou disposta a fazer o que for preciso para consertar o nosso relacionamento e construir novas memórias juntos.

Sinto falta de um pai nas memórias das minhas conquistas, nos meus dias de lutas e alegrias. Não queria você comigo só nas dificuldades. Pelo contrário, queria ser feliz com você, ter compartilhado mais momentos. Só que nada disso foi possível. Ainda assim, espero que você possa se tornar um pai presente agora ou em qualquer ciclo das nossas vidas. Torço para não ser tarde demais.

Sempre quis escrever um texto para o meu pai ausente. Não sei qual é a sua cara. Mas penso que tudo o que não reconheço no rosto da minha mãe pode ter vindo de você. Penso em como seria ter você por perto, se você realmente seria capaz de me amar e me dar carinho. Você nunca esteve em nenhuma festinha da escola de Dia dos Pais e, agora que meu avô se foi, me sinto ainda mais desamparado. Não vou mendigar a sua atenção e nem sei se um dia você vai ler tudo isso. Gostaria que pudéssemos conversar e tentar entender melhor um ao outro. 

Pai, não é fácil crescer sem um modelo masculino presente na vida. Faltou você, mesmo que a mamãe tenha feito de tudo para eu não sentir tanto a sua ausência. Reconheço todos os esforços dela, mas um pai ausente deixa um buraco sem tamanho. Sinto que perdi muitas coisas por não ter você por perto. Gostaria que pudéssemos criar pelo menos algumas memórias juntos. Não sei o que você pensa disso, mas sigo por aqui, à sua espera. 

Sua ausência me machuca muito. Você fez tão pouco por mim. Só agora que também sou pai consigo enxergar como tudo poderia ter sido diferente na minha vida. Mas, sabe, pior do que tudo é ter ao lado uma pessoa que não deseja estar. Talvez, se você estivesse comigo sem querer ser o meu pai, meu sofrimento seria ainda maior. Respeito a sua decisão, e os seus erros me ensinam a não ser um pai ausente. Se um dia precisar de mim, estou por aqui. Mas não vejo mais razão para ir em busca de você. Afinal de contas, foi isso o que fiz a vida toda. Agora que tenho a minha família, nem sei o que dizer sobre você. Sinta-se convidado a se apresentar quando bem entender. 

Pai ausente, quero agradecer por tudo o que você fez por mim, mesmo que tenha sido pouco. Me deu a vida, mas nunca esteve presente nela. Quero que saiba que, se você tiver feito algo que o afastou de mim, eu te perdoo. Não tenho mais mágoas. Ainda estou disposta a construir um relacionamento melhor com você, se um dia você quiser. 

Pai, eu sei que nem sempre é fácil assumir as responsabilidades pelos nossos erros. Aprendi isso com a minha mãe. Ela também me ensinou que nunca é tarde para tentar de novo, para ser melhor e recomeçar. Acredito nisso e acho que é hora de falarmos abertamente sobre o que aconteceu entre nós. Sinto que muita coisa ficou mal resolvida e que ainda há muitas emoções reprimidas. Gostaria que a gente pudesse conversar, sem cobrança ou julgamento. Quero seguir em frente, com ou sem você ao meu lado. Se um dia topar não ser mais um pai ausente, saiba que o seu filho virou homem e está aqui para te receber. 

Pai, se é que posso te chamar assim. Procurei mil maneiras de expressar o que eu sinto e dizer o impacto que um pai ausente teve na minha vida. Vivi muitas experiências com a esperança de que, de algum lugar, você me observava de longe. Coisa de criança, sabe? Quando cresci, percebi que você estava muito mais distante do que eu gostaria. Em muitos momentos eu senti a sua falta, mas não sei dizer o que é sentir a sua presença, já que nunca estivemos juntos. Queria dizer que te amo, que ainda quero ter você por perto, mas nem isso eu consigo mais. Eu só espero que você se sinta bem com as escolhas que fez. Se um dia se arrepender, espero ainda estar aqui. 

Pai, a sua ausência deixou um vazio e uma dor profunda que ainda hoje sinto. Eu queria ter tido a oportunidade de conhecer você, de chorar no seu colo, te abraçar e sentir o seu apoio. Mesmo na distância que existe entre nós, sei que tinha algo para aprender com você. Eu tive um pai ausente e hoje me tornei um pai amoroso. Não quero que o meu filho sinta a mesma falta, dor e ausência. Agora, mais do que nunca, quero superar o passado e, quem sabe, até te ensinar a ser um pai de verdade. 

Carta aberta para um pai ausente

No dia da minha formatura, olhei para aquela multidão e quis acreditar que você estava ali. Sei que o convite chegou até você. Esperei que, em algum momento, você chegasse de surpresa e dissesse: "meu filho, eu estou aqui com você!". Passei a vida toda esperando por isso, mesmo que a minha mãe tentasse me fazer seguir, sem esperar. Só agora caiu a ficha. Dói saber que você está vivo e que nem assim quer saber de mim. Queria muito ter compartilhado coisas incríveis com você e até te ajudar com os seus problemas. Mas, sabe, hoje eu só quero ser feliz. Esta carta é apenas para expressar os meus sentimentos e te dizer que você, pai ausente, fez muita falta. Mas, a partir de agora, não fará mais. Eu escolhi viver sem você. 

Sempre me perguntei por que você não esteve presente e quais foram as razões que te levaram para longe de mim. Cresci e agora percebo que nunca foi sobre mim, mas sim sobre você. Uma criança nos chama para a responsabilidade, nos faz crescer. Não é fácil mesmo! Cuidar, amar, guiar e ensinar é uma tarefa para os fortes de verdade. Pai ausente, não posso dizer que te amo, mas reconheço a falta que você sempre fez. O passado já foi, mas apesar das dores que ficaram, quero que saiba que agora eu vivo em paz. Espero que você também se sinta assim. 

Depois de muitos anos, meu pai ausente resolveu dar as caras. Mas sabe aquela coisa de conhecer o grande ídolo e se decepcionar? De perceber que ele é uma pessoa tão cheia de defeitos quanto você e que, sem o amor que deveria ter sido cultivado, ele se tornou mais uma pessoa qualquer? Pois é! Dói reconhecer isso. Mas a ausência do meu pai levou todo o amor que um dia tive por ele. Mesmo quando ele esteve perto, eu não o sentia presente. Meu sonho era ter uma relação saudável, de carinho, amor. Queria, de verdade, reconstruir a relação pai-filho. Mas o tempo passou rápido demais e ele demorou a perceber. Agora, mesmo aqui, você ainda é o meu pai ausente. 

O pai ausente não é só o vazio físico de uma figura que não tivemos. Às vezes é também alguém que, mesmo estando, não soube ou não quis exercer o seu papel. É uma ausência psicológica capaz de criar em uma criança diversas feridas emocionais.

Carta do filho ao pai ausente.
Pai, quero que saiba que, com o dinheiro da pensão, eu não posso comprar amor e carinho no mercado, muito menos tapar os buracos que a sua ausência tem me causado.
Pai, alguém que para mim só serve para colocar o nome nos documentos (isso quando assume), que só existe mesmo na papelada, porque amor de pai mesmo eu nunca tive nada.
Querido pai, como eu queria que o senhor soubesse todas as coisas que eu tenho sofrido pela falta de um pai comprometido. Queria que soubesse de todos os Dias dos Pais que passei chorando ou de quando meu aniversário se tornava um dia de decepção, porque, "coincidentemente", você sempre estava ocupado demais.
O senhor pensa que, com um único encontro, uma simples conversa, tudo se tornou automaticamente resolvido? Que as feridas foram tapadas, os traumas foram superados, as lágrimas foram secas e o passado simplesmente esquecido?
E até poderia ter sido, se você tivesse mudado, se começasse a se importar verdadeiramente, se demonstrasse amor, se tivesse comprometimento e se não tivesse achado que, com o seu total desinteresse, já estava tudo perdoado.

Desejo todo amor e carinho para aqueles com um pai ausente. Não a ausência pelo falecimento, mas sim de uma existência apenas nominal, sem carinho, amor ou afeto. Isso é o que mais afeta o emocional de alguém. São conturbações e marcas que sempre estarão ali.

Falha como pai quando mente desemprego na audiência de pensão depois de 3 anos sem dar um centavo para ajudar a sustentar o filho e oferece R$ 60,00 de pensão para suprir as necessidades.
Falha como pai quando não cumpre o acordo de visita quinzenal para não gastar R$ 10,00 com passagem e mais R$ 20,00 com a alimentação da criança durante o final de semana.
Falha como pai quando mente para todo mundo que a mãe não deixa você ver a criança, para justificar sua ausência, mas pega ela uma vez por ano para tirar fotos e postar nas redes sociais durante o ano seguinte.
Falha como pai quando maltrata o filho porque a mãe dele não quis mais nada com você.
Falha como pai e como homem quando é um fracassado que não consegue nem assumir para o mundo que não está nem aí para o filho, que o abandonou e que é uma mulher que sustenta sozinha a sua responsabilidade, porque você não teve um pai e nem uma mãe para te ensinarem que a obrigação de um pai é sagrada.
Sabe quem não falhou como pai?
A mãe do seu filho, a avó dele, a tia dele e todos que sabem que você como pai nunca existiu, não passa de material biológico da pior qualidade, pois como ser humano é uma peça descartável, que jamais teve ou será um pai.

Não deu certo com a minha mãe, né. Mas isso é tão comum, já reparou? Eu tive um monte de colegas com pais separados. Mas, felizmente, poucos com o pai ausente. Às vezes, quando vou jantar fora e vejo o pai sozinho com as crianças, tenho vontade de ir lá perguntar o que fez ele ficar. Assim como queria te perguntar, um dia, o que te fez ir.

Minha mãe foi tão maravilhosa na minha educação que nem consigo criticar meu pai ausente.

Algumas pessoas desconhecem os sacrifícios que as mães fazem, querem sempre mais. Não veem ela acordar cedo e voltar tarde, não veem ela gastar tudo que tem para pagar o aluguel, comprar comida, pagar as contas, vestir, calçar, educar, etc.
Algumas pessoas endeusam o pai ausente que nunca se preocupou com nada disso. O pai que não se deu nem o trabalho de ligar para dizer parabéns no dia do aniversário, naquele dia em que a mãe gastou até o que não tinha para fazer uma festa, reunir seus amiguinhos e comprar seu presente.
Para algumas pessoas, não importa se a mãe não tinha o que vestir, o que calçar ou o que comer na hora do almoço em seu dia de trabalho.
Só importa as vezes em que ela disse "não" para uma futilidade, quando ela perdeu a cabeça e gritou porque não aguentava mais falar e não ser escutada.
Para algumas pessoas, não importa quanto sacrifício você faça por elas, elas sempre vão dar valor a quem nunca fez nada.
Que bom que nem todos são assim, que bom que muitos sabem reconhecer os sacrifícios que suas mães fazem diariamente!

Pai presente é o pai herói, que o futuro constrói. Planta o amor e colhe gratidão. Pai ausente é o vilão, que não tem alma e não tem coração. Planta discórdia e colhe solidão.

Essa carta é para você, pai ausente.
Talvez você até se ausente de receber essa mensagem, mas eu gostaria de tentar, mesmo assim.
Talvez você saiba como é crescer sem pai. Talvez você tenha vivência dessa ausência e se recorde do gosto amargo disso.
Mas talvez você não saiba que, por trás de uma decisão tão fácil para o homem que é decidir não estar, moram efeitos devastadores.
A criança não amada.
A mulher sobrecarregada que precisa dar conta de tudo, mas não porque ela é forte como uma heroína. E sim porque não há outra forma.
Mas existe algo que você também não sabe. Que essa criança terá filhos.
Se for um menino, ele será pai. E não existe sensação mais angustiante do que ser pai sem ter um pai.
Então, esse menino não terá um pai para conversar sobre seus dilemas de paternidade.
E tudo isso porque você não quis. Você não pôde. Você esteve ocupado. Você achou que não era sua responsabilidade.
A responsabilidade é sua. Você deve ter a iniciativa.
Corra atrás dos seus erros, construa o seu futuro de forma ativa e responsável. Nunca é tarde.
Não espere seu filho crescer, cresça com ele.
Agora.

Inserida por pensador

Eu queria você e você não aparecia, mesmo indo me buscar. Eu não conseguia sentir a sua presença, mesmo abraçando a sua pele fugidia. Eu não tinha você, e nunca soube dizer o que era pior, se a sua ausência em corpo ausente ou em corpo presente.

Alexandre Coimbra Amaral
Carta de um filho adulto ao seu pai ausente. Lunetas, 07 ago. 2018.

Pai, que estranho falar essa palavra. Eu não sei se já disse ela algum dia, mas devo ter dito, porque tenho uma ou duas memórias nossa. Eu sinto muito por você, pelo que a vida nos pregou. Pelas escolhas que um dia não foram as melhores. Eu sinto muito por você não ter me visto linda no vestido de formatura da escola. Por não sentir ciúmes do meu primeiro namorado. Por não pular de alegria junto comigo no dia em que passei na faculdade. Sinto muito por você não ter me acompanhado até o altar um dia. E por você nunca ter conhecido sua neta.

Não é para o colo de vocês que o seu filho vai correr quando precisar chorar. Ufa, né? Não é o carinho dele que vocês vão sentir depois de tomar várias rasteiras da vida. Não são aquelas mãozinhas pequenas que vocês vão segurar depois de um dia daqueles no trabalho.
Felizmente, você não terá nenhuma preocupação, afinal tem alguém cuidando muito bem da sua criança por você. Felizmente, você não vai perder o sono quando seu filho for para a balada. Você não terá vontade de socar a parede quando a criança faz birra. Você não terá cabelos brancos antes da hora. Não vai dormir exausto depois de ajudar na lição, levar na natação, no balé, no inglês. Não vai chorar ao ver seu filho chorar também.
É uma pena, caros homens que só são pais em uma certidão de nascimento - às vezes, nem isso -, que vocês não possam ter nada disso. Nem a parte boa, nem a ruim. Vocês não saberão o que é amor incondicional. O que é ter um companheiro para o resto da vida que vai te amar com todas as forças que ele tem. Mas, sabem, fiquem tranquilos. Seus filhos crescerão saudáveis, inteligentes, com alguns traumas, mas nada que vá fazê-los se tornarem pessoas fracas. Muito pelo contrário. Porque vocês deixaram seus bebês com mães. Mães de verdade. Que às vezes sentem vontade de fugir, se trancam no banheiro para chorar, ficam exaustas e irritadas com os choros, as manhas, as malcriações. Essas mães conseguem ter os mais variados sentimentos e ainda assim amar tanto seus filhos e se tornarem a mulher-maravilha por eles.

Inserida por pensador

⁠O vazio deixado por um pai ausente traz consequências para uma vida toda.

Reciprocidade. As pessoas querem reciprocidade, mas a maioria não é recíproco.
Um pai ausente espera que no dia de seu aniversário, Páscoa, Natal, Ano Novo receba de seus filhos votos de boas festas e muitas felicitações. Porém, nunca faz com seus filhos nenhuma dessas coisas.
E fica cheio de ódio e vive amargurado por não receber atenção alguma de seus filhos.
Mas esquece que tudo começa por ele, pai ausente. A reciprocidade é como você trata ou outros e não como os outros te tratam. O que você recebe é reflexo do que você tem sido.

Inserida por zelia_gamel


Carta de um filho para um pai ausente.

Olha pai como eu cresci forte e saudável sem você.
Olha só como minha mãe cuida bem de mim.
Eu até já sei andar...
E se às vez eu caio, a mão protetora da minha mãe me ajuda a levantar.

Sabe pai? Às vezes eu não durmo direito a noite; tenho febre, sinto dor quando me nascem os dentinhos...
Eminha mãe fica sempre ao meu lado, enquanto você dorme tranquilo sem preocupação nenhuma comigo.

Sabia Pai? Minha mãe parou de comprar muitas coisas pra ela, pra poder me vestir me alimentar, me educar e me comprar brinquedos...tenho muitos brinquedos!

Pai, você nem sabe, amo carrinhos...
Claro que não sabe, e nem pode saber, não faço parte da sua vida e nem da vida da sua família.

Sabe pai? Quando eu for grande vou tentar proteger a minha mãe de gente como você. Mas sou grato, por você ter me dado essa mãe tão batalhadora e maravilhosa que faz tudo pra me ver feliz, egraças a Deus não precisamos de você!

Espero que você esteja bem porque apesar de tudo não te guardo rancor, cada um dá o que tem, e você nada tem ou teve pra me dar.

Espero sinceramente que se sinta feliz por eu não fazer parte dos seus projetos de vida.
E se em algum momento você pensar em pensar em mim, não se preocupe, você me deixou em muito boas mãos.

Eu tenho mãe, a minha mãe tem pai e mãe, eu tenho tio, tenho amiguinhos, tenho madrinhas, padrinho, tenho tanta gente ao meu redor...tenho tanto e muito amor!

Ah, ganhei um Papai e vou ganhar um irmãozinho.

-Sou uma criança muito feliz!

Benício Gabriel Vieira Coutinho
24.10.2023

Inserida por HareditaAngel

Faça seu papel ou poderá um dia ver seu sonho chamando outro homem de pai.

Não tive um pai presente, ao contrário, ausente. Porém, dei meu máximo por algo tão belo que vários homens desse planeta já perderam, que é o título e privilégio, merecido e reconhecido, de ser chamado de pai por um ser humano seu, que você trouxe ao mundo, e o seu sobrenome ele honrará, não importando o significado da palavra.

Inserida por Geopensador
Equipe editorial do Pensador
Equipe editorial do Pensador
O Pensador.com conta com uma equipe de escritores, editores, especialistas e entusiastas para produzir, organizar e revisar os conteúdos.