Frases de João Cabral de Melo Neto

Cerca de 12 frases de João Cabral de Melo Neto

Mesmo sem querer fala em verso
Quem fala a partir da emoção

João Cabral de Melo Neto
146 compartilhamentos

A vida não se resolve com palavras.

João Cabral de Melo Neto
112 compartilhamentos

Bola de futebol... é um utensílio semivivo,
de reações próprias como bicho,
e que, como bicho, é mister
(mais que bicho, como mulher)
usar com malícia e atenção
dando aos pés astúcias de mãos.

João Cabral de Melo Neto
99 compartilhamentos

Como aceitara ir
no meu destino de mar,
preferi essa estrada,
para lá chegar,
que dizem da ribeira
e à costa vai dar,
que deste mar de cinza
vai a um mar de mar;
preferi essa estrada
de muito dobrar,
estrada bem segura
que não tem errar
pois é a que toda a gente
costuma tomar
(na gente que regressa
sente-se cheiro de mar).

João Cabral de Melo Neto
50 compartilhamentos

Cultivar o deserto
como um pomar às avessas:

então, nada mais
destila; evapora;
onde foi maçã
resta uma fome

onde foi palavra
(potros ou touros
contidos) resta a severa
forma do vazio

João Cabral de Melo Neto
31 compartilhamentos

E se somos Severinos
iguais em tudo na vida,
morremos de morte igual,
mesma morte severina:
que é a morte de que se morre
de velhice antes dos trinta,
de emboscada antes dos vinte
de fome um pouco por dia

João Cabral de Melo Neto
13 compartilhamentos

Tu és a antecipação do último filme que assistirei.

João Cabral de Melo Neto

E somos Severinos,
iguais em tudo na vida.
Morremos de morte igual,
da mesma morte Severina,
que é a morte de que se morre
de velhice antes dos trinta,
de emboscada antes dos vinte,
de fome um pouco por dia.
(Morte e Vida Severina)

João Cabral de Melo Neto
Inserida por Epena

Decerto a gente daqui
Jamais envelhece aos trinta
Nem sabe da morte em vida,
Vida em morte, severina;
e aquele cemitério ali,
branco e verde na colina,
decerto pouco funciona
e poucas covas aninha.

João Cabral de Melo Neto
Inserida por Redsakura

Tu não representas as 24 horas de um dia.

João Cabral de Melo Neto
Inserida por sanathy

Morte que se morre
de velhice antes dos trinta,
de emboscada antes dos vinte
de fome um pouco por dia
(de fraqueza e de doença
é que a morte severina
ataca em qualquer idade,
e até gente não nascida).

João Cabral de Melo Neto
Inserida por GabiPratezzi

O amor comeu minha identidade

João Cabral de Melo Neto
Inserida por fabiano_franco