Frases Conhecidas de Sociólogos

Cerca de 202 frases Conhecidas de Sociólogos

É preciso sentir a necessidade da experiência, da observação, ou seja, a necessidade de sair de nós próprios para aceder à escola das coisas, se as queremos conhecer e compreender.

Nosso egoísmo é, em grande parte, produto da sociedade.

O homem não teria alcançado o possível se, repetidas vezes, não tivesse tentado o impossível.

Neutro é quem já se decidiu pelo mais forte.

Sem um fim social o saber será a maior das futilidades.

Não é a moeda forte que faz o país. O país é que faz a moeda forte.

Os brasileiros são caipiras, desconhecem o outro lado, e, quando conhecem, encantam-se.

Poder é toda a chance, seja ela qual for, de impor a própria vontade numa relação social, mesmo contra a relutância dos outros.

A idade não é decisiva; o que é decisivo é a inflexibilidade em ver as realidades da vida, e a capacidade de enfrentar essas realidades e corresponder a elas interiormente.

Regra é, em primeiro lugar, gestão da vida quotidiana.

A palavra política significa elevação para a participação no poder ou para a influência na sua repartição, seja entre os Estados, seja no interior de um Estado ou entre os grupos humanos que nele existem.

A angústia é parte da condição humana. Não se pode deixar que a angústia da morte nos paralise. A resposta está no convívio com os outros. Não se vive sem amizade, sem amor, sem adversidade.

Da cunhã é que nos veio o melhor da cultura indígena. O asseio pessoal. A higiene do corpo. O milho. O caju. O mingau. O brasileiro de hoje, amante do banho e sempre de pente e espelhinho no bolso, o cabelo brilhante de loção ou de óleo de coco, reflete a influência de tão remotas avós.

(...) Quase nenhum sócios-seja qual for o sistema cultural a que ele pertença está inteiramente dentro de uma época ou de um momento cultural.

Nem o presidente nem os ministros são acrobatas de circo para fazer piruetas, receber aplausos e desaparecer nos bastidores.

Chega dessa república do nhem-nhem-nhem.

A psicologia nunca poderá dizer a verdade sobre a loucura, pois é a loucura que detém a verdade da psicologia.

De homem a homem verdadeiro, o caminho passa pelo homem louco.

A liberdade é o direito de fazer o próprio dever.

A moral consiste em fazer prevalecer os instintos simpáticos sobre os impulsos egoístas.