Frases de Amir Klink

Cerca de 19 frases de Amir Klink

Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só.

Amyr Klink
Livro: Cem dias entre céu e mar

Não espero socorro de Deus. Deus não existe para ficar tirando a gente de apuros. É para dividir prazeres e alegrias.

Pior que não terminar uma viagem é nunca partir.

Um dia é preciso parar de sonhar e, de algum modo, partir.

Descobri como é bom chegar quando se tem paciência. E para se chegar, onde quer que seja, aprendi que não é preciso dominar a força, mas a razão. É preciso, antes de mais nada, querer.

O mar não é um obstáculo: é um caminho.

Um homem precisa viajar, por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros e tevês, precisa viajar, por si, com os olhos e pés, para entender o que é seu...

Porque um dia é preciso parar de
sonhar, tirar os planos das gavetas
e, de algum modo, começar...

É preciso, antes de mais nada, querer.

O pior naufrágio é não partir.

Nada de sacrifícios extremos ou esforços impossíveis. Nada de grandes sofrimentos. Ao contrário, basta apenas o simples, minúsculo e indolor esforço de decidir.

Ao se encaminhar para um objetivo, sobretudo um grande e distante objetivo, as menores coisas se tornam fundamentais. Uma hora perdida é uma hora perdida, e quando não se tem um rumo definido é muito fácil perder horas, dias ou anos, sem dar conta disso.

Detesto a palavra sucesso. Por mim, queimava todos os livros de autoajuda.

Para se chegar onde quer, não é preciso força, basta controlar a razão.

... quando se tem um barco nas mãos, que obedece a cada um dos dedos, e um oceano em cada direção, sonhar é perder tempo. É melhor tomar um caminho.

⁠Pois nada é mais certo do que a chegada do bom tempo após uma tempestade que parece interminável.

Amyr Klink
Cem dias entre céu e mar. São Paulo: Companhia de Bolso, 2005.

⁠...mesmo preocupado, adormeci.

Amyr Klink
Cem dias entre céu e mar. São Paulo: Companhia de Bolso, 2005.
Inserida por Marialigirao

⁠Feliz por ter partido.

Amyr Klink
Cem dias entre céu e mar. São Paulo: Companhia de Bolso, 2005.
Inserida por Marialigirao

Às vezes dava graças a Deus por estar só e, num momento difícil, poder decidir com calma e sem pressões. Assim como nas boas horas o lado positivo das pessoas se soma, nas horas negras o lado negativo se multiplica, criando pânico e trazendo às vezes perigo maior do que a própria situação.

Amyr Klink
Livro: Cem Dias Entre Céu e o Mar