Tamie Angela: Dia da saudade... Por alguns minutos...

Dia da saudade... Por alguns minutos refleti e pensei no que mais tenho saudade... Dos dias da infância em que subia em árvores, batia peneira no rio, jogava bolinha de gude, armava arapuca só para soltar os passarinhos depois, andava de bicicleta sem direção e sem hora para voltar? Da roupa suja de terra e do cabelo embaraçado pelo vento? Da chuva morna que escorria pelo meu rosto, e me fazia girar como se fosse um catavento imaginário? Dos anos dourados que as primeiras emoções do amor se afloraram em meu mundo, e os hormônios explodiam por todos os poros? Dos sonhos que cultivei e a maioria não se realizaram? Dos amores (que jurei, seriam eternos) e se acabaram? Do nascimento de minhas filhas, em que fiquei em espírito de paz suprema? Dos amigos que partilharam da minha vida, alguns intensos, outros tão passageiros como a brisa? De meus pais que se foram, e me deixaram com a sensação que devia ter dito mais vezes que os amava? Saudade é uma palavra que pode causar um "mundaréu" de emoções... Alguns que nos fazem sorrir e nos transportar para um pedacinho particular em que os perfumes, o calor, os arrepios, felicidade e aquele instante, se repetir docemente bem na nossa frente... Outros, que nos dão a sensação de vazio... da falta, da ingrata certeza que nunca mais terá volta. Sejam eles, bons ou ruins, uma certeza é evidente: Saudade só sente, quem viveu e sabe que já valeu a pena ter sentido!

1 compartilhamento
Inserida por TamieAngie