Julio Aukay: Não tenho com quem chorar as minhas...

Não tenho com quem chorar as minhas magoas, lutar sem guerras e querer a vitória sem lucidez;
Não sei armar minhas estupidez nem amar meu caminho de escombros insensíveis;
Minha alma está longe daqui sem saber o que pensou nem o que realmente quis;
mas com últimos suspiros de um tempo que não passou com um caminho perdido;

1 compartilhamento
Inserida por JULIOAUKAY