Vanessa Schappo: Se apegue ao que vale a pena Desapego,...

Se apegue ao que vale a pena

Desapego, uma das minhas palavras preferidas. Meu lema? Desapega que a vida leva. Mas não desapegue de tudo. Apegue se ao carinho, a família e de tudo que te faz bem. Desapegue a obrigação, ao blá blá blá e da vida alheia. Se é pra fazer faça, se é pra rir ria, se é pra curti curta. Faça o que deve ser feito e no tempo certo, a final, tudo passa. Nossa vida é feita de fases e dela não se leva nada, só deixa. Deixa lembranças, deixa recordações deixa-se um legado. Aproveite as oportunidades da vida, mas, como sempre, cuidado. Não me refiro a oportunidade de trabalho, estudo e viagens. Essas também são importantes, mas são mais lembrada por todos. O mais importante é o cuidado com o que se fala ou deixa de falar. Não deixe para falar quando não é mais possível receber a resposta, um sorriso de orgulho ou um abraço apertado.
Tudo tem hora e local para acontecer. Hora de ser criança e brincar no parque, fazer piquenique, olhar o sol nascer na beira da praia. Hora de estudar, trabalhar, viajar e comprar. Hora para aprender a pescar e sem peixe comer os mariscos grudado nas pedras, andar de bicicleta na praia da Pinheira, desvendar as trilhas da Guarda, disputar caverna com os morcegos na praia do Maço, nadar com peixes, desviando do siri no chão. Passear de barco e ver as ilhas no meio do mar, aprender a dirigir mesmo se esticando para alcançar o pé no acelerador.
Aproveite os momentos enquanto são presentes, como a palavra mesmo já diz, presente. Quando virar passado vai ser apenas lembranças. Hoje pode ser até chato e meio cotidiano um abraço paterno na frente de todo mundo e ainda ficar na timidez. Pode ser só um almoço em família como todos os outros, mas quando não houver outro...
Se pode ser feito hoje, não deixe para amanhã. É preciso amar e demostrar seus sentimentos, e como disse Renato Russo, é preciso amar como se não houvesse amanhã, porque na verdade, não há. Lembre que não tem como fazer algo amanhã, nem ontem.
A saudade transformada em lágrima lembra dos bons momentos passados e agora, mais um aniversário sem o aniversariante e 3 anos na saudade.

1 compartilhamento
Inserida por ThayseSpindolla