Eduardo Vila Nova: O BEM, MEU ÁRBITRO Guiarei minha vida...

O BEM, MEU ÁRBITRO Guiarei minha vida em ternura Fazendo, assim, ao bem me limitar, Daí, então, hei de conhecer O alcance que glorioso se fará. Domarei os enigm... Frase de Eduardo Vila Nova.

O BEM, MEU ÁRBITRO

Guiarei minha vida em ternura
Fazendo, assim, ao bem me limitar,
Daí, então, hei de conhecer
O alcance que glorioso se fará.

Domarei os enigmas propositados,
Que hão de lançá-los em meu destino,
E que por si se fará a pedra
Para contrastar o meu caminho.

A força a qual me guarda e me exila,
Que me faz sobrepor em consciência,
Arbitrará o meu tempo em vida e minha essência.

Na terra construirei o purgatório,
Para os pecados que influencia a mim tentarão,
Fazendo, assim, por bem, de mim uma exceção.

1 compartilhamento
Inserida por demedeiros