Victor Motta: DIA DA CRIANÇA LUZES NAS RUAS, RISOS,...

DIA DA CRIANÇA

LUZES NAS RUAS, RISOS, CORES,
BRILHO DAS VITRINES EM FESTA.
UM CARRO, VESTIDO NOVO, UM TREM.
GENTE QUE PASSA E NÃO PRESTA
ATENÇÃO NOS QUE FICAM À MARGEM
DO ENCANTO DAS LUZES,
NO ESPANTO DO MENINO
QUE ERRA SOZINHO,
PERDIDO NA CIDADE.
QUE FERE, MALTRATA
E DESTROI COM MALDADE
OS SONHOS DE CRIANÇA.
QUE ROUBA NO BERÇO
O CARINHO DA MÃE,
QUE CEDO LEVANTA
E TANTO TRABALHA,
ESCRAVA SUBMISSA
DO ASFALTO,
ALHEIO E SEM DÓ
DE SEU FILHO, TÃO TRISTE
E TÃO SÓ.
COM SUA VOZINHA, FRACA,
E CANSADA,
FICA NAS RUAS PERDIDO
A PEDIR POR PRESENTE
APENAS UM DIA SÓ SEU;
POIS NÃO SABE, AFINAL, DISTINGUIR,
COMO ALGUÉM, QUE COM FOME
CRESCEU,
NOS ANUNCIOS DAS LOJAS
QUE GRITAM E PROCLAMAM
QUE ELE TAMBÉM É CRIANÇA
E ESSE DIA É O SEU.

49 compartilhamentos
Inserida por Papagena