Aline Cogitare: As vezes me perco para me encontrar....

As vezes me perco para me encontrar. Não me encontro. Encontro outras coisas. Outras pessoas. Encontro importâncias. E “desimportâncias” também.
Busco um sentido sem sentido, bom sentido e mau sentido pois os homens são todos assim, maS incrivelmente Bem sentido. Busco uma vida sem sentido, que é fácil de encontrar. Mas é difícil achar uma sem sentido, achando que tem de ter sentido. Isso, pra mim; simplesmente não tem sentido.
Eu finjo muitas coisas, mostro meu pior pra afastar as pessoas que querem porque querem se aproximar de mim. E não faço a mínima questão de recuperar pessoas perdidas. Pois não são peças perdidas. E também, não podem ser recuperadas.
Pessoas não são peças de um tabuleiro, então deveriam parar de agir feito tal. Assim como a vida não é um jogo, mas ainda não sei o que a vida é. E na primeira vez que me fiz essa pergunta, foi a primeira vez que duvidei de minha existência. Deus é vida? Porque sempre que indago sobre a vida, me vem Deus a mente. E quem é Deus? Parte disso é o não-sentido que quero. Fundamentalmente sem sentido.

1 compartilhamento
Inserida por AlineCogitare