Gabi Fontoura: Faltando um pedaço... Eu andava, andava...

Faltando um pedaço...
Eu andava, andava e não chegava.
Olhava e não via.
Vi tantas pessoas, velhas, novas, amigos, conhecidos, estranhos...
Vi homens lindos, de dar água na boca.
Aqueles de novela, que até me olhavam, mas eu não via.
Cheguei no lugar, mas não tinha sentido.
Nada ali fazia sentido. Tava tudo tão fora de órbita.
Bebi o primeiro copo, desceu quadrado...a bebida também tava errada, não bebi mais.
A comida horrível, as músicas chatas, o povo feio.
Até o frio tava estranho.
Comecei a ficar desconfiada...E fui pra casa.
Ai lembrei de você, e ai tudo parecia tá mesmo errado, por que você não tava lá.
Descobri que na verdade, tava tudo certo, tudo em seu devido lugar, quem tava torta e fora de órbita era eu, que tô viciada em te ver por toda parte, e sentir que você uma hora ou outra vai vir falar comigo.
Eu tava tendo uma crise de abstinência, eu tava sóbria sem você.
Sem minha dose diária desse sentimento masoquista e doentio.
Eu me senti feliz, por que apesar dessa loucura toda, eu tô bem, tô viva e sei que vou continuar viva. E que aos poucos, vou sentir menos e lembrar menos de você, por que como dizia minha vó:
O que não é visto não é lembrado, longe dos olhos, longe do coração.

1 compartilhamento
Inserida por GabiFontoura