Charles Baudelaire: As Flores do Mal - A que está sempre...

As Flores do Mal - A que está sempre alegre [...] Certa vez, num belo jardim, Ao arrastar minha atonia, Senti, como cruel ironia, O sol erguer-se contra mim; E ... Frase de Charles Baudelaire.

As Flores do Mal - A que está sempre alegre
[...]
Certa vez, num belo jardim,
Ao arrastar minha atonia,
Senti, como cruel ironia,
O sol erguer-se contra mim;

E humilhado pela beleza
Da primavera ébria de cor,
Ali castiguei numa flor
A insolência da Natureza.[...]

33 compartilhamentos
Inserida por MoniquePaixao