Maria Luíza Alexandrino: Quando procuro olhar cada detalhe nas...

Quando procuro olhar cada detalhe nas minhas entrelinhas, percebo que ela só tem encaixe junto a tua. O melhor para vida e você somos nós dois juntos.
Sei que possuis um cardápio vasto dos meus receios e defeitos, mas foi assim que consegui despertar o melhor sentimento que mora dentro de ti sem prazo de validade algum. O teu amor.
Por você aprendi acordar cedo sem reclamar do mundo e consequentemente não fazer do meu cenário um drama sem fim, a entender e admirar os sorrisos dos apaixonados quando pensam longe e se distraem do perto, - sem os condenarem por isso - . A escrever textos românticos apenas com os olhos. Com o beijo. Com o nosso toque.
Por você. Eu realizo tudo que Roberto Frejat escreveu em sua canção.
Às vezes me pego risonha e percebo que te lembro e logo em seguida me pego desenhando ao vento os ponto estratégico que me prendem ao contorno bem feito do teu rosto, são sinuosos. Refletem e preenchem os meus pontos cardeais. Abrandei teu ritmo junto ao meu e, quebrei de uma vez esse enfado dos compromissados com a infelicidade que tanto me cercavam antes de te conhecer, rezo todas as noites para poder ter distância do triste para receber em forma de casulo - o meu eu em você- . Entrei de cabeça e mergulhei sem coletes de salva-vidas, pois o mar que me ofereces é fundo, mas seguro pelas nossas emoções. Minuciosamente ao teu lado tive o prazer de conhecer o universo dos que amam verdadeiramente sem temer o acaso da desilusão, desde então me igualei dentro das normas do mundo que é tão sem regra, “o amor é simples” e hoje vivemos de mãos dadas com o presente que se concretiza e construimos pontes para o nosso futuro.
Você próprio se fez tinta para rabiscar de forma sutil as minhas singelas linhas, desafiando a mim mesma que tanto me coloquei sujeita a placa “Mantenha distância”.
Depois de conhecer o mundo o qual me pertenço hoje, percebo que burrice seria não viver o que Deus me propôs como presente: Você.
E por todas essas razões e outras mais valiosas, eu te amo tanto. - de verdade- sei que não preciso te provar nada, porque mesmo em distância física você consegue decifrar e sentir o que carrego de você em mim, me dei como sua até o fim, sem deixar faltar qualquer pedaço, somos o somatório de todas as forças precisas como fundo de luz que tem como vida brilhar para ser reflexo nítido aos olhos dos cegos que não conseguem enxergar de forma inefável o amor.

1 compartilhamento
Inserida por luizaalexandrino