Beatrize Franco: Eu poderia gritar, pular, soltar fogos....

Eu poderia gritar, pular, soltar fogos. Mais isso não seria eu, por isso me resguardo no meu silêncio minha cara emburrada escutando o meu silêncio, escutando mais sobre mim, escutando a mim mesma, sendo eu mesma, e sofrendo por mim e internamente e intensamente por mim.

1 compartilhamento
Inserida por adramatica