Corrinha R. Rodrigues: Amor, acaba? Eu imagino que NÃO. Acabam...

Amor, acaba?

Eu imagino que NÃO.

Acabam os relacionamentos. Acontecem os afastamentos. Rompem-se os laços. Mas AMOR? O AMOR é infinito. Algumas vezes, ele só muda a direção.

Namoro acaba. Amizade acaba. Relacionamentos têm fim. As relações deixam de existir. A gente percebe nos detalhes...

Acaba na indiferença de não telefonar mais. Não falar. Não tocar. Não querer encontrar. Não aparecer. Não se interessar pela vida do outro (o que tem feito, onde tem estado, suas novas companhias, as conquistas...). Acaba quando o telefone toca, você visualiza o nome dele (a) chamando e simplesmente deixa o telefone tocar. Acaba quando as coisas que antes te arrancavam sorrisos, hoje 'perderam a graça.' Acaba quando o abraço se resume a dois braços que se unem e não mais o abrigo que preenche o teu mundo. Acaba quando você começa a NÃO SENTIR. Não sentir saudade. Não sentir vontade de estar junto. Não sentir desejo. Não sentir necessidade da presença. Não sentir alegria em estar perto. NÃO SENTIR NADA.

Talvez seja isso: Deixar de sentir e passar a não sentir. Aí sim, o relacionamento acaba. O AMOR? Jamais.

147 compartilhamentos
Inserida por CorrinhaRodrigues