Larissa Daiane Pujol Corsino dos Santos: Era uma vez em suas mãos: dizia-lhe o...

Era uma vez em suas mãos: dizia-lhe o irmão que o amor era a espada macia da morte. Destituída face em talhos de beijos perdidos. Vago regaço perdido no maior dos seus rios. Nada lhe foi oferecido, nada foi aproveitado de sua pálida e doentia carne.

1 compartilhamento
Inserida por paisagemleitura