Larissa Rosolen: Passado é um tempo chato, que por mais...

Passado é um tempo chato, que por mais que já tenha ido, às vezes machuca tanto.
Tente não pensar em um passado recente, não naquele que te machuca por dentro – seja ele por uma perda, um amor que ainda dói, ou qualquer que seja - pense naquele que foi gostoso.
Nas risadas que deu com uma amiga num momento fora de si, causado por talvez um excesso de álcool, ou por algum motivo bobo, que porém o mais engraçado.
Um tombo. Uma piada. Uma viagem. Um momento bizarro.
Lembre como se vestiam, de como se portavam no passado. Olhe para você, veja que a mudança não é pouca.
Lembre casinhos no colégio, no quanto já sofreu e jurava ser amor por aquele garoto mais cobiçado de todos.
Ou por aquele cafajeste que já lhe tirou noites de sono.
Tempestades feitas em copo d’água. Intrigas bobas, que hoje ao pensar, você ache graça.
Aquela música brega que era sensação do momento, e la estava você e seus amigos, em passinhos sincronizados.
Algo que já doeu no passado, hoje virou aprendizado e é engraçado.
Não concordo em dizer que “relembrar o passado é sofrer duas vezes.’
Permita-se lembrar coisas boas. Vê se ri um pouco.
Passado não é nenhum monstro, a não ser que você transforme o seu em um.
É uma vida inteira. É história. É nostalgia!
Se não tivesse vivido nem por metade das coisas ruins que lhe aconteceram, você não seria nada dessa pessoa que é hoje.
Se estiver lendo isso, é por que está ai vivinho da silva, não é mesmo!?
Então pare com o drama.
‘Não cai nenhuma folha de uma árvore sem que seja a vontade de Deus.’

1 compartilhamento
Inserida por Larissarosolen