Larissa Rosolen: A gente reclama da falta de tanta...

A gente reclama da falta de tanta coisa...
Falta de dinheiro, falta de tempo, falta de trabalho, falta de amigos de verdade, a falta de amor.
Reclamamos da falta de sentimentos, a de um companheiro e de infinitas coisas.
Mas a falta que para mim mais machuca e tortura, é a falta de alguém querido, que amo muito e que está em um outro plano. Que não vai mais voltar.
É a saudade que não tem cura e que sufoca.
É a falta que tenho que aprender a lidar e a conviver, sem sofrer duas vezes.
É a vontade de abraçar, de conversar, dar risadas e passar meu tempo junto.
É a falta da presença, do calor humano.
Alguém em quem eu depositaria minha vida inteira, e faria do possível ao impossível que pudesse, para mantê-lo ao meu lado.
É a falta de ouvir aquela voz dizendo bom dia no café da manhã e boa noite quando ia se deitar. Até mesmo a voz forte e dura quando se sentia irritado.
As gargalhadas, que às vezes até eram seguidas por uma imensa falta de ar, de tanto que ria.
A maneira mais desajeitada e ao mesmo tempo tão calorosa de me pegar no colo, de me jogar para cima e sorrir.
A falta de ouvi-lo tocar e o mundo parar para ouvir.
A imensa falta de o ver dormir, ver balançar a perna durante um jogo do Palmeiras, e da maneira como adorava ser teimoso.
A falta de sentir seu cuidado e preocupação. De ter sua atenção.
Me falta tanto dele, me dói. Mas ao mesmo tempo, ao lembrar de uma maneira tão boa e gostosa, isso aquece meu coração.
Quem já perdeu alguém que ama muito, que é uma grande parte de si, entende que todas as outras coisas, pessoas ou sentimentos que nos faltam não são nada se comparados a isso.
O quanto temos, todos os dias aprender a dosagem certa para sentir saudade, para não enlouquecermos aos poucos.
Eu me sinto feliz por ter uma lembrança tão intacta de alguém que eu amo tanto.
Olhe ao seu redor, e veja o que te faz falta de verdade ao invés de reclamar daquilo que você pode mudar ou então correr atrás.

1 compartilhamento
Inserida por Larissarosolen