Karla Moreno: Ei! Não olhe pra mim como se meus olhos...

Ei! Não olhe pra mim como se meus olhos carregassem a sua felicidade, aquela que sempre procurou e eu sempre duvidei que existisse. Não me abrace como se meus braços fizessem você se esquecer dos problemas que a vida nos oferece. Não encoste seus lábios nos meus como se o encaixe fosse perfeito, já que a reciprocidade não é instantânea. Ei! Não fale comigo nesse tom, não me mime, nem me dê apelidos românticos. Não me ligue de madrugada querendo ouvir minha voz, nunca diga que está com saudades, nem peça pra eu retornar quando for pra falar como foi meu dia. Não me dê bronca quando eu esquecer algo importante, nem cuide de mim como se eu fosse de porcelana. Não me dê flores numa terça-feira qualquer, e quando o dia for nosso nem faça questão de lembrar. Não ouça músicas pensando em mim, achando que eu possa fazer o mesmo. Não conte os dias da semana, ansioso, querendo me ver. Não me ame de um jeito que eu não faça por merecer. Não imagine um futuro ao meu lado como se eu tivesse a mesma capacidade de planejar algo com você. Ei! Não faça de conta que não compreende o que eu falo. Compreenda de fato. Preste atenção! Apenas tire das frases todos os advérbios de negação.

11 compartilhamentos
Inserida por KarlaMoreno