Airton Ferreira: Desgraça! Certa vez vi aquela criança...

Desgraça!
Certa vez vi aquela criança chorando no chão,
Implorando apenas por um pedaço de pão,
Vendo o céu negro e sentido o prazer da falsa ilusão,
Enquanto isso o inferno se apodera do meu coração,
Mentes poderosas mim cerca por todo lugar,
Apenas mim observando para tentar me tomar,
Queria morrer sonhando, para não vê o sangue pelo chão se espalhando,
Humilhado e desesperado, apenas fracassando, vivendo correndo
e sempre chorando,
Queria te expulsar, virar aquela página que controla o meu olhar,
Saber o que o sol reservou pra mim, antes de subir, antes de falar pra Deus que eu sou apenas um caso sem fim...
Penetrarei na minha própria alma afim de uma esperança encontrar,
A fim de esperar a morte, e um dia ressuscitar,
Colocar os pecados em segundo lugar,
Sangrar para vê a dor, e lembra-se de viver sem ter tempo para pensar,
Guardar apenas o necessário para um novo inicio recomeçar,
É hora de reescrever o que novamente virá ,
E observar o novo sol no horizonte,
Sozinho, quente e que nunca se apagará !

1 compartilhamento
Inserida por Aiirton