A Paciência Paciência não se resume... Camila Santana

A Paciência

Paciência não se resume apenas a uma palavra, seu sublime significado vai além do que costumamos pensar. É um exercício árduo, que se observarmos bem exige de nós certa desenvoltura de caráter. No mundo que vivemos atualmente é necessário lutar para ter paciência, por isso olha bem o exemplo simples que eu vou passar, que foi uma pessoa muito querida e simples que me transmitiu, mas que eu achei interessantíssimo : Você acorda todo santo dia no mesmo horário às seis da manhã, acorda com sono e sai correndo muitas vezes nem conseguindo comer nada, mas tudo bem mais um dia, faz uma boa caminhada para chegar ao ponto de ônibus e pensa consigo mesmo, caminhar faz bem para saúde ! Chega no ponto de ônibus e está uma tremenda confusão pra conseguir entrar em um ônibus, tamanho é a quantidade de pessoas e poucos são os ônibus naquele horário de pico, enfim um ônibus chega e finalmente consegue entrar, e vai embora como uma sardinha na lata, espremidooo só na ponta do pé e ainda tem um monte de pessoas de mau humor dispostas a arrumar briga por causa de algum empurrãozinho à essa hora da manhã, mas você vai todo feliz e contente pensando em não estragar logo cedo com essas coisas. Você chega no serviço todo amassado e suado, mas satisfeito, pois no primeiro instante do seu dia você fez uso da paciência, preservando a si mesmo de embaraços e de passar o resto do dia aborrecido. Desde que escutei parei pra refletir e busco sempre que possível exercitar minha paciência logo pela manhã. Muitos acidentes de trânsitos bestas poderiam ser evitados se as pessoas fossem mais pacientes consigo e com o próximo. Quem não tem paciência não sabe relevar, paciência é saber relevar, é saber pedir desculpas quando se esbarra em alguém, é saber sorrir quando as pessoas tentam ser agressivas com você. A sua conduta pode servir de espelho para muitos a sua volta, você talvez possa mudar o mundo com a sua conduta. A caridade e a paciência são irmãs, uma não vive sem a outra e o importante em primeiro lugar é ser paciente com você mesmo, se você não praticar isso com você não conseguirá praticar com outra pessoa. A caridade ao contrário do que muitos pensam, não consiste apenas em doar coisas materiais,vai muito além disso, a caridade está presente quando observamos que uma pessoa está nervosa e não alimentamos ainda mais esse nervosismo dentro dela, quando uma pessoa aparece desesperada na nossa frente precisando de uma palavra de apoio ou de afeto, se estamos ali naquele momento e temos condições de falar por que não falarmos né? Muitas pessoas de fome de alimento, entretanto outras tem fome do pão da palavra.

2 compartilhamentos
Inserida por santana289