Álvares de Azevedo: Amo-te como o vinho e como o sono, Tu...

Amo-te como o vinho e como o sono, Tu és meu copo e amoroso leito... Mas teu néctar de amor jamais se esgota, Travesseiro não há como teu peito.... Frase de Álvares de Azevedo.

Amo-te como o vinho e como o sono,
Tu és meu copo e amoroso leito...
Mas teu néctar de amor jamais se esgota,
Travesseiro não há como teu peito.

Nota: Trecho do poema "A Lagartixa"

127 compartilhamentos
Inserida por LucyaneSchneider