Emmaneul Mounier: “Tantos inocentes dilacerados, tantas...

“Tantos inocentes dilacerados, tantas inocências calçadas; esta criancinha, no dia a dia imolada, era talvez a nossa presença ao horror do tempo. Não podemos so... Frase de Emmaneul Mounier.

“Tantos inocentes dilacerados, tantas inocências calçadas; esta criancinha, no dia a dia imolada, era talvez a nossa presença ao horror do tempo. Não podemos somente escrever livros. É preciso que a vida nos arranque periodicamente das artimanhas do pensamento.”

1 compartilhamento
Inserida por lailsoncastanha