Moacir Proença Morais: Soneto de Amor Verdadeiro Amo-te tanto...

Soneto de Amor Verdadeiro Amo-te tanto que lhe entrego a outro, Sem ciúmes e sem sofrer. Amo-te tanto que te deixo ai sorrindo, Ainda que, este deixar, te leve ... Frase de Moacir Proença Morais.

Soneto de Amor Verdadeiro

Amo-te tanto que lhe entrego a outro,
Sem ciúmes e sem sofrer.
Amo-te tanto que te deixo ai sorrindo,
Ainda que, este deixar, te leve a me esquecer.

Amo-te tanto que levo de ti um pedacinho,
Um sorriso uma lembrança e teu cheirinho.
Amo-te tanto, que de tanto amar,
Juro nunca mais te procurar.

Pois amar é uma coisa apenas,
É flor que brota na fenda da rocha,
E te escrevo porque te amo, de verdade...

Porquanto que, não sendo nosso amor um dilema,
Sabes que te amarei de verso em prosa,
Em liras que vão comigo; até a eternidade.

67 compartilhamentos
Inserida por Mdorociaki