Bruno M. Tôp: Isso aqui é apenas uma tentativa de...

Isso aqui é apenas uma tentativa de simplificar um ponto final, para você que sempre busca a esperança quando ela já morreu há tempos.

É bem simples, não peço a você que aceite simplesmente, espero apenas racionalidade, como você sempre teve, os acontecimentos mais conturbados, nada mais são que bem simples.

Eu estou indo, e isso não é apenas um adeus. É um 'ponto final'. A nossa estrada foi engolida pelo oceano, e agora nós dificilmente respíramos.

Você sempre soube que iria acabar assim, eu nunca fui seu completamente, sua intuição dizia isso, e agora estou sumindo, como anunciei previamente que o faria. É até estranho, pois naturalmente, as pessoas só se vão para longe de mim, não aguentam meu gelo, porém você quis se arriscar... Não deu muito certo não é verdade?

Amaldiçoe meus inimigos pela eternidade, a culpa deve ser deles, pois agora, estamos destruindo algo lindo. O desespero que preenche seus olhos me enche de alegria, com luzes sumindo que nos levam adiante dos corações que já destruímos. Você pode até negar para si, mas aquele palpite negativo, sempre esteve certo.

Escuto você chorar, um choro por redenção, minhas mãos estão atadas, não posso mais te dar aquele abraço especial. Escuto você sussurrar nossos versos de amor, mas minha boca está cerrada, a língua está sangrando, tanto a falar, mas o silencio agora é o melhor jeito de te afastar.

Por mais que eu diga que é simples, não é. Sou volúvel demais, uma exceção única; e você sabe bem disso. Apesar de dizer que não te quero, que chegamos ao nosso limite, você percebe uma certa incerteza na minha palavra. Odeio que você conheça cada vício meu.

Então procure por uma desculpa, é a única dica que posso te dar. Procure por quem acredite em você, quem sabe nos camarins desconhecidos você não ache um sorriso mais enebriante que o meu?

Eu me vou. Já tenho seu coração no bolso, agora vou pendurá-lo na estante; já supri minhas vontades egoístas, então pra que me perpetuar em alguém que nem me faz mais tão bem? Num alguém que nem ao menos me atrai tanto... Agora, por favor, me deixe ir.

Só quero te dizer só mais algumas palavras. Eu te amo, mas o nosso amor nunca foi o suficiente, para ficarmos juntos, para que eu quisesse apenas você.

1 compartilhamento
Inserida por brunomtop