Moisés Bentes: Primavera de Viena Já tive um punhado...

Primavera de Viena Já tive um punhado de sentimentos, De tormentos, dividendos, mas que pena Não soube combiná-los, Desmembrá-los, apagá-los de cena E perdi a a... Frase de Moisés Bentes.

Primavera de Viena


Já tive um punhado de sentimentos,
De tormentos, dividendos, mas que pena
Não soube combiná-los,
Desmembrá-los, apagá-los de cena
E perdi a amena primavera de Viena.

No olhar ficou, o cansaço brotou
E roubou a tristeza que valia a pena
Deixando na cabeça a gota serena
Um vadio coração vazio de luar.

E esperei até cansar...
Esperei tanto que já nem sei
O quanto era fácil ser um sujeito malácio,
Esquecer que apenas não passo
De um possível vicio devasso.

1 compartilhamento
Inserida por moisesbentes