Débora Comis: Julho de 1896. O dia está chuvoso,...

Julho de 1896.

O dia está chuvoso,
Úmido e frio.
É julho de 1896, aqui no interior do Brasil,
Mais especificamente, no estado do Rio Grande do Sul, faz a mais fria das estações do ano.

Eu estou aqui, deitada na minha cama,
No meu quarto, escuro.
Aqui onde estou deitada só vejo, uma pequena lista de luz,
Que invade o meu quarto pelo vão da porta que ainda está entreaberta.

Longe da pessoa que mais amo, esse seria um dia perfeito para chorar na solidão.
Forte! Todos me falam para ser.
Ele me ama? Todos me falam que sim.
A distância vai atrapalhar a nossa relação? Todos dizem que não.

Mas hoje aqui nessa solidão,
Penso eu cá com meu coração.
Por que acreditar, no que os outros me falam,
E ficar em duvida no que sinto eu.

Solidão esta, não me serviu para chorar, para desabafar.
Mas certamente já me serviu para com que meu coração,
Entendesse que o meu amor,
Vale mais do que as palavras que as pessoas falam para me ajudar.

1 compartilhamento
Inserida por deboracomis