Ely Antonio: FIM DE NOITE No fim de noite, andando em...

FIM DE NOITE

No fim de noite, andando em vão
Por becos e bares, lugares vazios,
Sobras de vida, de solidão
Tentam em vão vencer desafios.

Tentam fugir do sol da manhã,
Tentam esquecer o tempo perdido,
Fogem do sol, preferem o breu
Que um dia foi meu
Num copo abastecido.

Mágoas de vida, lembranças do medo,
Tantos segredos cunhados no ser,
Guerras travadas no campo da alma,
Sem uma ajuda , sem amanhecer...
Ely

1 compartilhamento
Inserida por elyantonio