Vanessa Ribeiro: Estou desabando, preciso desabar....

Estou desabando, preciso desabar.
Preciso soltar cada lágrima que tenho impedido firmente a dias que caiam. Cada gota é um adeus, um chigamento, quanto mal mais você será capaz de me causar? Quantas promessas há de quebrar.
Aliás, deve haver alguma diferença no nosso vocabulário, no meu dicionário para sempre, é por toda vida. No seu deve ser amanhã! Estou errada. Corrija-me então.
'Nunca mais te magoarei!'
'Nunca mais te tratarei deste jeito!'
'Nunca mais vou te deixar!'
'Nunca vou te fazer sofrer!'
'Nunca mais sairei sem você!'
'Nunca mais farei nada sem pedir sua opinião!!!'
'Nunca mais mentirei.'
'Nunca mais esconderei nada de você!'
Sem contar das frases: 'Você é a mulher da minha vida!'
'Não me imagino com ninguém além de você?'
Quantas mais existem de mim que você não é capaz de dar valor?
Quantos mais vão te pisotear?
Quantas vezes terei que fingir que não imagina que fariam isso? Sempre, todos são bonzinhos!
Quantas vezes mais terei que ouvir perdões?
Quantos arrependimentos e quantos tropeços terá até confiar nas minhas palavras?
É tão fácil dar ouvis aqueles que se dizem amigos, e é tão difícil assim dar ouvidos àqueles que dizem nos amar?
Quantos anos mais terá que completar até acabarem suas fases irracionais?
Você nunca enxergará não é? Nunca verá o sentimento que carrego comigo, e nunca cumprirá suas promessas!
Quantos mais? Quantas vezes você quebrará a cara até encontrar o caminho certo?
Meus olhos estão vazios, até as lágirmas me deixaram, elas cansaram de cair po você.
Infelizmente só você me conhece, cada anseio que tenho dentro de mim você sabe, cada desejo e vontade. Eu não sei se contei mas tenho medo do escuro, medo que fica tão medíocre e impotente quando comparado ao medo de estarmos longes um do outro. Tenho mais medo dessa dor que me consome, todas as noites, retorna com mais força, relembrando todas as promessas perdidas, todas as vezes que você se foi, me magoando e cavando mais fundo a ferida.
Acreditei fielmente em todas as promessas e todas as vezes. Confiei, me enganei em todas.
Você não é o cara quem conheci, muito menos o que cumprirá todas esses 'Nunca mais', realmente não é.
Você não me completa mais, e eu já não tenho mais o dom de colocar teus pés nos chão ou de opiniar em qualquer situação. Talvez nunca tenha tido.
Tenho tanto medo quanto você de te perder para sempre, mas fazer o quê. Longes nos valorizamos, pertos apenas nos magoamos. É melhor sentir a falta do que sentir a mágoa.
Sentir a falta do bem que me fazia estar contigo do que sentir a mágoa dos teus atos ao estar comigo.
Continuemos mentindo, errando, sentindo ciúmes e percebendo que não nos pertencemos mais.
Nossa história já era, vamos colocar um ponto finaç, chega de palavras em vão. Chega de acreditar em todas as bobagens e achar que ainda conseguiremos nos reerguer.
Vamos acordar, eu te amo, talvez não tanto assim, mas está decidido, com você me machuco muito mais do que com você, agora me faça uma promessa verdadeira, prometa nunca mais me procurar e isso sim será nunca mais me magoar. Vamos usar aquela frase clichê: 'Durou o tempo necessário para se tornar inesquecível', guardemos tudo conosco e que as coisas ruins sirvam de aprendizados.

3 compartilhamentos
Inserida por nessaribeiro