Suzanne Leal: Eu sinto, eu sei. Luzes piscam lá no...

Eu sinto, eu sei. Luzes piscam lá no fundo como vagalumes insistentes no escuro. Essa forma de calar é cobrir os olhos, a pele, a vida. Acalentar a alma, acalma... Frase de Suzanne Leal.

Eu sinto, eu sei. Luzes piscam lá no fundo como vagalumes insistentes no escuro.
Essa forma de calar é cobrir os olhos, a pele, a vida.
Acalentar a alma, acalmar o coração, é um risco... é eu sei, eu sinto.
Cartas duplas, viradas, uma história, escolhida, acomodada.
Tocar as luzes, soltar as rédeas, permitir a dor de um novo nascer.
Não toco, mas vejo... é eu sei, eu sinto.
Imobilidade, ombros amarrados, rosto fechado.
Esperar o dilema, adiar a cicatriz, é eu sei... tudo está aí, sentindo-se, remexendo-se, revirando-se.
Que o mistério tenha fim.
Que o sonho seja real.

2 compartilhamentos
Inserida por suzanneleal