AmandaB.: Entre barulhos, gritos, músicas... Eu...

Entre barulhos, gritos, músicas... Eu ainda escuto sua voz como se ela estivesse ao meu lado, me sussurrando baixo algo que eu me nego a ouvir! Ela parece estar tão perto, e você fala tão profundamente que meus ouvidos ficam de certo modo sensíveis. Talvez eu me recuse a ouvir, porque eu não quero correr o risco de acreditar em mais uma mentira, não quero ouvir algo que eu sei que de verdadeiro não tem nada. Pernas bambas, mão suada, respiração ofegante e o coração na boca. O que uma voz não pode causar em uma pessoa não é mesmo?! Dias que ficaram pra traz, sempre atormentam minha mente com pequenas lembranças, pequenos gestos. Mas que de tão pequenos são como um grão de areia em uma ostra; ela fica tão perturbada em te-lo dentro de si que acaba o deixando crescer, sentindo dor claro... Mas com a esperança de que vire uma grande pérola. Esperança tal qual eu não recomendo que tenhamos, não podemos viver na esperança de uma volta, de uma ida, de uma vinda. O que nos resta agora é apenas esse momento, o agora, o hoje e talvez o amanhã se você viver pra contar.

1 compartilhamento
Inserida por AmandaBonoto