Tanara Honorato Saturno: Eu quero ir embora. Quero ir pra longe...

Eu quero ir embora.
Quero ir pra longe da dor e da perspectiva do teu amor.
Eu quero o silêncio puro, sem os abscessos da saudade de ti que restam em mim.
Eu quero fugir.
Fugir desses espaços vazios que deixaste de preencher em mim.
Fugir desses abraços que me invadem o sono quando eu peço distância.
Eu quero entender o porquê me cercaste por todos os lados se não irias me amar.
Por que me tornaste dependente de ti, quando eu já sabia andar com os próprios pés?
Eu quero distância, antes mesmo que me machuques mais.
Desarme as armadilhas futuras nas quais planejaste que eu cairia.
Eu preciso voltar à superfície para busca ar.
Deixe-me livre para eu ainda ter por ti o mínimo de respeito.
Me ponhas no chão devagar e deixe-me seguir meu caminho.
Tu já viveste sem mim antes.
Deixe-me voltar a viver sem ti.
Isso, devagar.
Sem despedidas.
Já sinto minha primeira dose de oxigênio e meu pés tocarem algo sólido.
NÃO!
Me prendeste de novo a ti.
Quando é que deixarás que esse ciclo se desmanche?

1 compartilhamento
Inserida por tamarasaturno